Abrir menu principal
A órbita lunar ao redor da Terra.
Animação exibindo um satélite em órbita geossíncrona da Terra.

Uma órbita é considerada geossíncrona quando a sua rotação acompanha exatamente a rotação da Terra. Ao contrário da órbita geoestacionária, a órbita pode ter inclinação e excentricidade diferentes de zero.[1][2]

Quando o combustível de um satélite artificial de comunicações está acabando, costuma-se deixar de controlar a sua inclinação orbital, de forma que sua órbita se torna geossíncrona, a chamada órbita cemitério.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. V. Chobotov, ed., (1996) Orbital Mechanics, 2nd edition, AIAA Education Series, p. 304.
  2. C. D. Brown (1998), Spacecraft Mission Design, 2nd Edition, AIAA Education Series, p. 81
  3. «FCC Enters Orbital Debris Debate». Arquivado do original em 8 de março de 2005 

Ligações externasEditar