Arthur C. Clarke

Arthur C. Clarke
Clarke em Colombo, Sri Lanka,
28 de março de 2005.
Nascimento 16 de dezembro de 1917
Minehead
Morte 19 de março de 2008 (90 anos)
Colombo
Residência Sri Lanka
Cidadania Reino Unido, Sri Lanka
Etnia ingleses
Alma mater King's College de Londres
Ocupação inventor, roteirista, engenheiro, romancista, escritor de ficção científica, explorador, cientista
Prêmios Comandante da Ordem do Império Britânico, Prêmio Nebula de Melhor Romance, Medalha Stuart Ballantine, Prêmio Kalinga, Prêmio Marconi, Prêmio Grão-Mestre Damon Knight Memorial, Prêmio Nebula de Melhor Romance, prêmio Hugo de Melhor Romance, prêmio Hugo de Melhor Romance, Knight Bachelor, Hall da Fama de Ficção Científica e Fantasia, Ordem do Império Britânico
Magnum opus Encontro com Rama, 2001: A Space Odyssey
Movimento estético ateísmo
Religião ateísmo
Causa da morte Insuficiência cardíaca
Página oficial
http://arthurcclarke.org, https://www.clarkefoundation.org
Assinatura
Сэр Артур Кларк (автограф).png

Arthur Charles Clarke, mais conhecido como Arthur C. Clarke (Minehead, Somerset, Inglaterra, 16 de dezembro de 1917Colombo, Sri Lanka, 19 de março de 2008) foi um escritor e inventor britânico radicado no Sri Lanka, autor de obras de divulgação científica e de ficção científica como o conto The Sentinel, que deu origem ao filme 2001: Uma Odisseia no Espaço e o premiado Encontro com Rama.

BiografiaEditar

Desde pequeno mostrou sua fascinação pela astronomia, a ponto de, utilizando um telescópio caseiro, desenhar um mapa da Lua. Durante a Segunda Guerra Mundial, serviu na Royal Air Force (Força Aérea Real britânica) como especialista em radares, envolvendo-se no desenvolvimento de um sistema de defesa por radar, sendo uma peça importante do êxito na batalha da Inglaterra. Depois, estudou Física e Matemática no King's College de Londres.

Talvez sua contribuição de maior importância seja o conceito de satélite geoestacionário como futura ferramenta para desenvolver as telecomunicações. Ele propôs essa ideia em um artigo científico intitulado "Can Rocket Stations Give Worldwide Radio Coverage?", publicado na revista Wireless World em outubro de 1945. A órbita geoestacionária também é conhecida, desde então, como órbita Clarke.

 
Clarke, em 1º de outubro de 1956, na 14ª World Science Fiction Convention.

Em 1956 mudou a sua residência para Colombo, no Sri Lanka (antigo Ceilão), em parte devido a seu interesse pela fotografia e exploração submarina, onde permaneceu até à sua morte em 2008.

Teve dois de seus romances levados ao cinema, 2001: Odisseia no Espaço, dirigido por Stanley Kubrick (1968) e 2010: O Ano do Contacto (pt) dirigido por Peter Hyams (1984), sendo o primeiro considerado um ícone importante da ficção científica mundial, aclamado por muitos como um dos melhores filmes já feitos em todos os tempos. Especialistas lhe atribuem forte influência sobre a maioria dos filmes do gênero que lhe sucederam.

Também em reconhecimento a Clarke, o asteroide 4923 Clarke foi designado com seu nome, assim como uma espécie de dinossauro Ceratopsiano, o Serendipaceratops arthurclarkei, descoberto em Inverloch, Austrália.

Em 1998 Arthur Clarke foi descrito pelo tabloide inglês Sunday Mirror como um octogenário fortemente atraído por crianças. Na época, Clarke morava no Sri Lanka, país famoso pela complacência diante da exploração sexual de menores, e onde morou até morrer. A denúncia, publicada um dia antes da chegada do príncipe Charles ao país, que foi colônia britânica, jamais ficou provada. Ainda assim, Arthur Clarke, que seria condecorado com o título de cavaleiro do império, solicitou que a homenagem fosse suspensa até o esclarecimento da questão.[1] A acusação foi investigada e posteriormente desfeita. Durante as investigações a polícia de Colombo solicitou as fitas em que o Mirror baseou sua reportagem, mas elas jamais foram entregues ou exibidas. Segundo o Daily Telegraph [2] o Sunday Mirror publicou um pedido público de desculpas ao escritor em maio de 2000. O direito ao título de cavaleiro da ordem do Império Britânico foi devidamente restabelecido e concedido.

O compositor francês Jean Michel Jarre realizou em 2001, um concerto intitulado 2001: A Rendez-Vous In Space em homenagem a obra 2001: Uma Odisseia no Espaço. Clarke inclusive fez uma participação especial em algumas partes do show.

   
Revista Urania,
de outubro de
1952, trazendo
o seu romance
Areias de Marte.
Em fevereiro de 1965,
nos bastidores de
2001: Odisseia no Espaço.
Vídeo de 1974, onde "profetiza"
o PC e a Internet.

Bibliografia parcialEditar

RomancesEditar

Omnibus editionsEditar

ContosEditar

Não-ficçãoEditar

  • Interplanetary Flight; an introduction to astronautics. London: Temple Press, 1950
  • The Exploration of Space. New York: Harper, 1951
  • The Coast of Coral. New York: Harper, 1957 — Volume 1 of the Blue planet trilogy
  • The Reefs of Taprobane; Underwater Adventures around Ceylon. New York: Harper, 1957 — Volume 2 of the Blue planet trilogy
  • The Making of a Moon: the Story of the Earth Satellite Program. New York: Harper, 1957
  • Boy beneath the sea, Photos by Mike Wilson. Text by Arthur C. Clarke. New York: Harper, 1958
  • The Challenge of the Space Ship: Previews of Tomorrow’s World. New York: Harper, 1959
  • The Challenge of the Sea. New York: Holt, Rinehart and Winston, 1960
  • Profiles of the Future; an Inquiry into the Limits of the Possible. New York: Harper & Row, 1962
  • The Treasure of the Great Reef. New York: Harper & Row, 1964 — Volume 3 of the Blue planet trilogy
  • Voices from the Sky: Previews of the Coming Space Age. New York: Harper & Row, 1965
  • The Promise of Space. New York: Harper, 1968
  • Into Space: a Young Person’s Guide to Space, by Arthur C. Clarke and Robert Silverberg. New York: Harper & Row, 1971
  • Report on Planet Three and Other Speculations. New York: Harper & Row, 1972
  • The Lost Worlds of 2001. London: Sidgwick and Jackson, 1972
  • Voice Across the Sea. HarperCollins, 1975
  • The View from Serendip. Random House, 1977
  • The Odyssey File. Email correspondence with Peter Hyams. London: Panther Books, 1984
  • 1984, Spring: a Choice of Futures. New York: Ballantine Books, 1984
  • Ascent to Orbit, a Scientific Autobiography: The Technical Writings of Arthur C. Clarke. New York: John Wiley & Sons, 1984
  • Astounding Days: A Science Fictional Autobiography. London: Gollancz, 1989
  • How the World Was One: Beyond the Global Village. New York : Bantam Books, 1992 — A history and survey of the communications revolution
  • By Space Possessed. London: Gollancz, 1993
  • The Snows of Olympus - A Garden on Mars (1994, picture album with comments)
  • An Encyclopedia of Claims, Frauds, and Hoaxes of the Occult and Supernatural, 1995, St. Martin's Press ISBN 0-312-15119-5 (Online Version)
  • Fractals: The Colors of Infinity (1997, narrator)
  • Greetings, Carbon-Based Bipeds! : Collected Works 1934-1988. New York: St. Martin’s Press, 1999
  • Profiles of the Future; an Inquiry into the Limits of the Possible (updated edition). New York: Harper & Row, 1999, ISBN 0-575-06790-X, ISBN 978-0-575-06790-5
  • From Narnia to a Space Odyssey: The War of Letters Between Arthur C. Clarke and C. S. Lewis (2003) with C. S. Lewis
  • The Coming of the Space Age; famous accounts of man's probing of the universe, selected and edited by Arthur C. Clarke.

Referências

Ver tambémEditar

O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Morre Arthur C. Clarke no Sri Lanka
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Arthur Charles Clarke

Ligações externasEditar


  Este(a) artigo sobre um(a) escritor(a) de ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.