365 Dni (no Brasil, 365 DNI - Portugal, 365 Dias) é um filme erótico romântico polonês baseado no livro homônimo da autora Blanka Lipińska.[3][4][5] A produção segue a história de uma jovem polonesa que é sequestrada por um italiano mafioso dominador a fim de conquistá-la em 365 dias. O filme é estrelado por Michele Morrone como Don Massimo Torricelli e Anna-Maria Sieklucka como Laura Biel. O filme foi lançado nos cinemas na Polônia em 7 de fevereiro de 2020 e mais tarde foi disponibilizado na Netflix, ganhando rapidamente atenção global.[4][6][7]

365 Dni
365 Dias (PRT)
365 DNI (BRA)
 Polónia
2020 •  cor •  114 min 
Direção Barbara Białowąs[1]
Codireção Tomasz Mandes
Produção Maciej Kawulski
Ewa Lewandowska
Tomasz Mandes
Roteiro Tomasz Klimala
Barbara Białowąs
Tomasz Mandes
Blanka Lipińska
Baseado em 365 Dni, de Blanka Lipińska
Elenco Anna-Maria Sieklucka
Michele Morrone
Bronisław Wrocławski
Otar Saralidze
Magdalena Lamparska
Natasza Urbańska
Gênero drama
erótico
romance
Música Michał Sarapata
Mateusz Sarapata
Michele Morrone
Cinematografia Mateusz Cierlica
Edição Marcin Drewnowski
Companhia(s) produtora(s) Ekipa Sp. z o.o.
Future Space
Next Film
TVN
Distribuição Next Film
Netflix (global)
Lançamento Polónia 7 de fevereiro de 2020
Idioma polonês
inglês
italiano
Receita US$ 9.458.590[2]

SinopseEditar

Após uma reunião entre a família criminosa da máfia siciliana de Torricelli e os traficantes do mercado negro, Massimo Torricelli observa uma linda mulher na praia. Seu pai, líder da família da máfia siciliana, é morto a tiros, ferindo Massimo também.

Cinco anos depois, Massimo agora é um líder cruel e violento que assumiu a família do crime de Torricelli. Em Varsóvia, Laura Biel, uma executiva inflamada, está infeliz em seu relacionamento com o namorado Martin, que a rejeita quando ela tenta iniciar o sexo. Laura comemora seu aniversário de 29 anos na Itália com amigos, mas depois que Martin a envergonha, ela sai para passear e se depara com Massimo que a sequestra.

Em sua casa, Massimo revela a Laura que ela era a mulher na praia há cinco anos e que, quando ele foi ferido, tudo em que ele conseguia pensar era nela. Depois de procurar por anos e finalmente avistá-la no aeroporto, ele teve que tê-la e pretende mantê-la prisioneira por 365 dias até que ela se apaixone por ele, prometendo uma vida de luxo sem fim. Quando ela tenta escapar, ele ameaça sua família, mostra suas fotografias da infidelidade de Martin e diz que uma carta de separação foi entregue a Martin em seu nome. Ele a assegura de que não a tocará sem o consentimento dela, mesmo que ele a toque. Sem meios de escapar, Laura cede.

Enquanto eles passam algum tempo juntos, uma Laura vingativa e zangada o provoca usando lingerie e revelando vestidos. No entanto, ela lentamente começa a fazê-lo se abrir sobre sua vida pessoal. Em um hotel em Roma, ela brinca com ele novamente e ele a algema na cama. Ela é forçada a assistir Massimo receber sexo oral de outra mulher. Depois, ele acaricia o corpo de Laura e ela parece ceder. No entanto, ele para, a libera e ordena que ela se vista para um clube.

No clube, Laura se exibe para Massimo e seus amigos, irritando-o. Quando ela começa a flertar com um homem da família rival da máfia, o homem a apalpa contra sua vontade. Massimo e os outros sacam suas armas enquanto Laura é retirada do clube. Na manhã seguinte, ela acorda em um iate para Massimo e seu colega mafioso, Mario, discutindo. Durante a noite, Massimo atirou no homem que tateara Laura, incitando uma guerra da máfia entre as duas famílias. Mario insiste que Massimo precisa se livrar de Laura, mas ele se recusa. Laura tenta se desculpar, mas Massimo a culpa pelo incidente. Enquanto discutem, Laura cai na água e Massimo pula para salvá-la. Quando ela acorda, ele admite que estava com medo de que ela não conseguisse e não quer perdê-la. Eles passam horas fazendo sexo.

Massimo permite que Laura visite sua família em Varsóvia. Ele diz que a ama e se juntará a ela depois de terminar os negócios. Em Varsóvia, Laura espera Massimo por dias sem contato. Ela se reconecta com Olga e eles vão para a balada. Ela encontra Martin, que diz que ele a procurou para pedir desculpas e explicar as fotografias. Ele tenta convencê-la a se reconciliar e a segue de volta ao apartamento, onde Massimo está esperando inesperadamente. Ele diz a Martin para ir. Com raiva de ser abandonada, Laura dá um tapa em Massimo. Enquanto faz sexo, ela abre a camisa para ver feridas da guerra da máfia. Ela confessa a ele que o ama. Na manhã seguinte, Massimo propõe casamento e ela aceita. No entanto, ela pede que ele mantenha sua "ocupação" em segredo de seus pais.

De volta à Itália, Mario informa Massimo sobre o aumento das tensões. Laura menciona sentir-se mal, mas deixa de procurar um médico. Eles discutem o casamento que sua família não tem permissão para participar, pois ela não quer que eles descubram o que Massimo faz. No entanto, Massimo permite que Olga seja a dama de honra de Laura. Quando Olga visita, Laura revela que está grávida. Olga pede que ela conte a Massimo sobre a gravidez. Enquanto isso, Mario recebe um telefonema de um informante de Torricelli de que a família máfia rival está prestes a matar Laura. O carro de Laura entra em um túnel, mas não sai do outro lado. Mario corre para encontrar Massimo no momento em que a ligação de Laura cai. Percebendo as implicações, Massimo quebra, enquanto um carro da polícia explode na entrada do túnel.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

As cenas do filme foram filmadas principalmente na Polônia (Varsóvia, Cracóvia e Niepołomice) e na Itália (Sanremo).[9]

Trilha sonoraEditar

A música-tema do filme "Feel It",[10] junto com as músicas "Watch Me burn", "Dark Room" e "Hard for me" são cantadas por Morrone. As músicas "I See Red", "Give Em Hell" e "Wicked Ways" são cantadas por Everybody Loves an Outlaw, também conhecido como Bonnie e Taylor Sims.[carece de fontes?] "I See Red" chegou ao número um nas listas dos EUA, Reino Unido e Global Spotify.[carece de fontes?]

LançamentoEditar

365 Dni foi lançado na Polônia em 7 de fevereiro de 2020, arrecadando US$9 milhões.[2] No Reino Unido, o filme recebeu um lançamento limitado nos cinemas em 14 de fevereiro de 2020 e arrecadou US$494,181,[2] antes de estrear na Netflix em junho de 2020.[11]

O filme fez os três principais itens mais vistos na Netflix em vários territórios, incluindo Alemanha, Arábia Saudita, Líbano, Lituânia, Suíça, Holanda, Bélgica, Turquia, Suécia, Áustria, República Tcheca, Eslováquia, Grécia, Romênia, África do Sul, Portugal, Paquistão, Bangladesh, Índia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido, Maurício, Canadá, Israel, Nova Zelândia, Malásia e Estados Unidos.[12][13]

RecepçãoEditar

365 Dni traçou paralelos com o drama erótico de 2015 Fifty Shades of Grey, mas foi elogiado por suas cenas de sexo mais ousadas.[14][11][15][16] Foi, no entanto, criticado por romantizar o sequestro e estupro.[17][18][19][20] No site Rotten Tomatoes, o filme mantém um índice de aprovação de 0% com base em 12 comentários, com uma classificação média de 1,58/10.[21][22][23]

SequênciaEditar

A produção de uma sequência está planejado, mas foi adiado pela pandemia de COVID-19.[24]

ReferênciasEditar

  1. Marcelo Hessel (16 de junho de 2020). «Crítica de 365 Dias, filme erótico da Netflix». Omelete . Acessado em 16 de junho de 2020.
  2. a b c «365 Days (2020)». Box Office Mojo. Consultado em 12 de junho de 2020 
  3. «365 dni». Lubimyczytać.pl. Consultado em 21 de março de 2020 
  4. a b Sharma, Dhruv (21 de maio de 2020). «Will There be a 365 Dni Sequel?». The Cinemaholic 
  5. «How Does '365 dni' on Netflix Compare to the Book?». 9 de junho de 2020 
  6. https://www.nytimes.com/2020/07/02/movies/365-days-netflix.html
  7. https://www.theguardian.com/media/2020/jul/04/netflix-stands-by-hit-film-365-days-despite-duffys-sex-trafficking-criticism
  8. «365 Dni». www.filmweb.pl . Acessado em 16 de junho de 2020.
  9. Sharma, Dhruv (1 de junho de 2020). «Where Was 365 Days Filmed? Netflix's 365 Dni Filming Locations» 
  10. https://www.youtube.com/watch?v=WnIL4o6_D8M
  11. a b Finnis, Alex (9 de junho de 2020). «365 DNI: why the obscure Polish erotic book adaptation is causing a stir on Netflix UK». i 
  12. «"365 dni" hitem Netflixa na świecie! Blanka Lipińska po angielsku dziękuje swoim zagranicznym fanom». Tele Magazyn (em Polish) 
  13. Roweles, Dustin (14 de junho de 2020). «Box Office: 'The King of Staten Island' & The Most-Watched Movies At Home This Weekend». Uproxx. Consultado em 16 de junho de 2020 
  14. «Viewers shocked by graphic sex scenes in new Netflix movie». NewsComAu. 9 de junho de 2020 
  15. https://www.newsweek.com/365-dni-netflix-sex-scenes-polish-movie-michele-morrone-anna-maria-sieklucka-1509705
  16. «Polish '50 Shades of Grey' 365 Dni is coming to Netflix UK». Evening Standard. 26 de maio de 2020 
  17. https://www.pinkvilla.com/entertainment/hollywood/365-dni-viewers-criticise-erotic-drama-film-romanticising-kidnapping-and-stockholm-syndrome-539926?
  18. Żelazko, Basia (9 de junho de 2020). «Zagraniczni widzowie znaleźli "365 dni" na Netfliksie. Ich komentarze nie zostawiają złudzeń». film.wp.pl 
  19. «Erotic Netflix thriller slammed for 'romanticising Stockholm syndrome'». The Independent. 10 de junho de 2020 
  20. Tangcay, Jazz; Tangcay, Jazz (11 de junho de 2020). «How the '365 Days' DP Shot Those Authentic-Looking Sex Scenes in Netflix's Steamy Drama» 
  21. «365 Days (365 dni) (2020)» (em inglês). Consultado em 29 de junho de 2020 
  22. https://www.bbc.com/news/entertainment-arts-53269124
  23. https://deadline.com/2020/07/singer-duffy-writes-reed-hastings-netflix-controversial-polish-film-365-days-glamorizes-rape-1202976002/
  24. «Zdjęcia do drugiej części filmu "365 dni" przełożone na przyszły rok». Onet Kultura. 28 de maio de 2020 

Ligações externasEditar