Abrir menu principal

A Promessa (filme de 1972)

filme de 1973 dirigido por António de Macedo
(Redirecionado de A Promessa (filme))
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Promessa
A Promessa (PRT)
Portugal Portugal
1972 •  cor •  102 min 
Direção António de Macedo
Elenco Guida Maria
Sinde Filipe
João Mota
Género drama
Distribuição Marfilmes
Idioma portugues
Página no IMDb (em inglês)

A Promessa (1972) é um filme português de António de Macedo, uma das obras representativas do Novo Cinema dos anos setenta[1]. O filme estreou em Lisboa, no Cinema Condes, a 21 de Janeiro de 1974. O filme foi rodado na freguesia da Tocha, concelho de Cantanhede e na atual Praia da Tocha, na época denominada de "Palheiros da Tocha".
É baseado na peça teatral A Promessa de Bernardo Santareno.

Ficha sumáriaEditar

SinopseEditar

Maria do Mar e o seu marido, o José, são jovens recém-casados que vivem numa aldeia de pescadores, Palheiros de Tocha, entre Aveiro e Figueira da Foz. A sua intimidade é no entanto perturbada por um voto de castidade que fizeram em consequência de uma tempestade que provocou o naufrágio do barco do pai do José, que consegui salvar-se, ficando aleijado de uma perna. Ambos vivem em permanente tensão, originada pela presença do Labareda, um cigano recolhido pelo casal, na sequência de uma disputa em que foi esfaqueado.

ElencoEditar

  • Guida Maria – Maria do Mar[2]
  • Sinde Filipe – Labareda
  • João Mota – José
  • Luís Santos – Pai
  • Maria – Joaquina
  • José Rodrigues Carvalho – Mário
  • Fernando Loureiro – Cigano
  • Francisco Machado – Padre Couto
  • Celeste Alves – Intriguista
  • Luís Barradas – Cigano
  • Fernanda Coimbra
  • Grece de Castro
  • Agostinho Alves
  • João Lourenço
  • António Maia

FestivaisEditar

  • Festival de Santarém (Novembro, 1972)
  • Festival de Cannes, 1973 (selecção oficial)
  • Festival de Cartagena – prémio Mujol de Oro, 1974
  • Festival de Teerão – prémio especial, 1974

Ver tambémEditar

Referências