Abrir menu principal

A Thousand and One Nights

filme de 1945 dirigido por Alfred E. Green
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Thousand and One Nights
Aladim e a Princesa de Bagdad[1] (BRA)
 Estados Unidos
1945 •  cor •  93 min 
Direção Alfred E. Green
Produção Samuel Bischoff
Roteiro Wilfred H. Petitt
Richard English
Jack Henley
Elenco Cornel Wilde
Evelyn Keyes
Phil Silvers
Adele Jergens
Gênero Aventura
Música Marlin Skiles
Direção de arte Stephen Goosson
Rudolph Sternad
Direção de fotografia Ray Rennahan
Efeitos especiais Lawrence W. Butler
Figurino Jean Louis
Edição Gene Havlick
Companhia(s) produtora(s) Columbia Pictures
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 20 de julho de 1945
Portugal 11 de outubro de 1947
Idioma língua inglesa

A Thousand and One Nights (br Aladim e a Princesa de Bagdad) é um filme norte-americano de 1945, do gênero aventura, dirigido por Alfred E. Green e estrelado por Cornel Wilde e Evelyn Keyes. Henry Corden

Índice

Notas sobre a produçãoEditar

O filme é uma divertida sátira tanto às histórias das Mil e Uma Noites,[2] quanto aos épicos da Universal Pictures estrelados por Jon Hall e Maria Montez,[3] sem esquecer as aventuras de Bob Hope, Bing Crosby e Dorothy Lamour na série "Road to...", da Paramount Pictures.[4]

O comediante Phil Silvers interpreta Abdulá, o amigo anacrônico do herói Aladim, com seus óculos, gírias e expressões típicas da época da produção. Em suas próprias palavras, ele teria "nascido dois mil anos à frente de seu tempo"...[3]

Rex Ingram repete desnecessariamente[5] o papel do gênio gigante que havia feito em The Thief of Bagdad.

Shelley Winters, sem ser creditada, aparece rapidamente como uma criada. Ela se tornaria conhecida apenas a partir de A Double Life (1947).

Para os padrões da Columbia Pictures, a produção é bastante luxuosa.[4] A Academia premiou-a com indicações ao Oscar para os efeitos especiais e os cenários.

SinopseEditar

Aladim, com a ajuda do amigo trapalhão Abdulá e do gênio de sua lâmpada mágica, corteja a princesa Armina. Mas ele tem de enfrentar a ira do usurpador sultão Hadji, tio da moça, que o atira no calabouço. Com execução marcada, Aladim consegue fugir para o deserto, onde, cansado e faminto após escapar de vários perigos, atira longe a lâmpada. Para sua surpresa, surge outro gênio, a bela e espevitada ruiva Babs. Apaixonada, tudo que Babs não deseja é que ele se una à princesa Armina.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Direção de Arte (em cores)
Melhores Efeitos Especiais
Indicado
Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Cornel Wilde Aladim
Evelyn Keyes Babs
Phil Silvers Abdulá
Adele Jergens Princesa Armina
Dusty Anderson Novira
Dennis Hoey Sultão Kamar Al-Kir / Príncipe Hadji
Philip Van Zandt Grão-Vizir Abu Hassan
Gus Schilling Jafar
Nestor Paiva Kahim
Rex Ingram Gigante da lâmpada
Richard Hale Kofir
John Abbott Ali
Henry Corden "costureiro"
  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. EWALD FILHO, Rubens (1975). Os filmes de hoje na TV. São Paulo (Brasil): Global Editora. p. 21 
  2. Hirschhorn, Clive (1989). The Columbia Story (em inglês). Londres: Pyramid Books. ISBN 1871307872 
  3. a b Erickson, Hal. «A Thousand and One Nights» (em inglês). AllMovie. Consultado em 24 de novembro de 2016 
  4. a b Butler, Craig. «A Thousand and One Nights» (em inglês). AllMovie. Consultado em 24 de novembro de 2016 
  5. Maltin, Leonard (2010). Leonard Maltin's Movie Guide - 2011 Edition (em inglês). Nova Iorque: New American Library. ISBN 9780451230874 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.