Abadia de Nossa Senhora da Santa Cruz

Abadia de Nossa Senhora da Santa Cruz
Mosteiro Cisterciense
Estilo dominante Neorromânico
Arquiteto Albert Boßlet
Religião Católica
Diocese Diocese de Itapeva
Website https://abadiaitaporanga.org.br
Geografia
País Brasil
Cidade Itaporanga, SP

A Abadia de Nossa Senhora da Santa Cruz (Abadia de Itaporanga) é um mosteiro da Ordem Cisterciense situado em Itaporanga (também Igreja Matriz de Itaporanga cuja Paróquia é dedicada a São João Batista), no estado de São Paulo, Brasil, fundado no dia 5 de agosto de 1936 por monges alemães provenientes da Abadia de Himmerod[1]


HistóriaEditar

A história do Mosteiro tem suas origens na Abadia de Himmerod, na Alemanha, quando em 1935 o Abade Dom

Carlos Münz envia Pe. Atanásio Merkle para os Estados Unidos, a fim de encontrar lugares propícios para uma possível transferência de sua comunidade monástica, a qual estava sendo perseguida pelo regime nazista, vigente no país na época, uma vez que o mesmo era um grande oponente das ideologias propagadas por esse regime. Pe. Atanásio Merkle, não as encontrando porém, dirige-se para o Brasil na esperança de encontrar terras próximas às colônias alemãs de Santa Catarina.[2]

A escolha de Itaporanga, situada no estado de São Paulo, deu-se, primeiramente, graças à indicação do Abade do Mosteiro de São Bento de São Paulo, Dom Domingos de Silos Schelhorn, sobre as terras doadas pelo Barão de Antonina, João da Silva Machado, à Arquidiocese de Sorocaba para a missão capuchinha de catequização indígena, tal qual como havia sucedido nos derredores de Faxina (hoje Itapeva - SP), levada à cabo pelo italiano Frei Pacífico de Montefalco na metade do século XIX.

Tais terras, então denominadas "Patrimônio de São João Batista" foram assim cedidas pelo arcebispo de Sorocaba, Dom José Carlos de Aguirre, aos cistercienses no dia 29 de junho de 1936[3], com a condição de que se encarregassem do cuidado pastoral das paróquias de Itaporanga e de Ribeirão Vermelho do Sul (hoje Riversul).[4]

Até a primeira metade do século XX a comunidade cisterciense era composta em sua maioria por monges alemães,[5] os quais não apenas consolidaram a fundação do mosteiro, mas também reestruturaram a paróquia de São João Batista, legado de Frei Pacífico de Montefalco, sobretudo com a consagração da Igreja Abacial e Paroquial em 1967, uma vez que a própria matriz havia sido demolida em 1936 por ordem diocesana.[6]

Os monges cistercienses também passaram a exercer trabalhos agrícolas e pecuários para a subsistência da comunidade desde o início de sua fundação, num local situado a 6 km do Mosteiro, denominado "Mosteirinho de São José", que até meados da década de 1970 funcionava como um priorado dependente do Mosteiro de Nossa Senhora da Santa Cruz. Tal trabalho manual, herança autêntica da Regra de São Bento, continua sendo, juntamente com o cuidado pastoral das referidas paróquias, as duas principais atividades exercidas pela comunidade monástica.

Desde sua fundação em 1936 até 1948, o Mosteiro de Nossa Senhora da Santa Cruz estava ligado à Abadia de Himmerod como priorado dependente, sendo o Abade Dom Vitus Recke seu pater imediatus. Em 1948, porém, o Mosteiro torna-se priorado sui juris, de modo que adquire autonomia jurídica em relação à abadia fundadora. E em 1950, então, por decisão do Capítulo Geral da Ordem, o priorado foi elevado à Abadia, sendo Pe. Atanásio Merkle eleito como seu primeiro Abade, tendo sua bênção abacial ocorrida no dia 12 de dezembro do mesmo ano na Catedral de Sorocaba, ministrada por Dom José Carlos de Aguirre.

Superiores desde a restauração de HimmerodEditar

Função e Dignidade Abade Período
"Prior" do início da restauração trapista

de Himmerod

Pe. Athanasius Plein 1919 - 1922
Prior Administrativo Dom Carlos Münz 1922 - 1925
Abade de Himmerod 1925 - 1936
Subprior e Prior de Himmerod Dom Vitus Recke 1919 - 1937
Abade de Himmerod e

Pater Imediatus de Itaporanga

1937 - 1948
Prior de Itaporanga Dom Atanásio Merkle 1936 - 1950
1º Abade de Itaporanga 1950 - 1971
2º Abade de Itaporanga Dom Estevam Stork 1971 - 2006
3º Abade de Itaporanga Dom Luis Alberto Ruas dos Santos 2006 - 2011
Prior Administrativo Dom Celso Lourenço de Oliveira 2011 - 2014
4º Abade de Itaporanga 2014 -
  1. «ABADIA NOSSA SENHORA DE SANTA CRUZ - INÍCIO». abadiaitaporanga.org.br. Consultado em 16 de novembro de 2019 
  2. Arquivo do Porto do Rio de Janeiro.
  3. Arquivo diocesano.
  4. «A Paróquia». www.parsjbitaposp.com.br. Consultado em 18 de novembro de 2019 
  5. «Necrológio dos monges». Necrológio da Abadia de Nossa Senhora da Santa Cruz 
  6. STORK, Estevam (2004). Sermões Cistercienses. [S.l.]: Millennium