Abrir menu principal

Aeroporto Internacional de Cabul

(Redirecionado de Aeroporto de Cabul)
Aeroporto Internacional de Cabul ou
Aeroporto Internacional Hamid Karzai
Aeroporto
دکابل نړیوال هوایی ډګر
میدان بین المللی کابل
IATA: KBL - ICAO: OAKB
Características
Tipo Público/militar
Administração Forças Armadas da Polônia
(como parte da ISAF)[1][2]
Abril - Setembro de 2009
Serve Cabul,  Afeganistão
Inauguração início de 1960
Coordenadas 34° 33' 57" N 69° 12' 47" E
Altitude 1 791 m (5 876 ft)
Principais companhias
Mapa
KBL está localizado em: Afeganistão
KBL
Aeroporto Internacional de Cabul
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
11/29 3 511 m (11 519 ft) Não disponível

O Aeroporto Internacional de Cabul (IATA: KBLICAO: OAKB) (em pachto: دکابل نړیوال هوایی ډګر; persa: میدان بین المللی کابل), hoje renomeado para Aeroporto Internacional Hamid Karzai (em persa: میدان هوائی بین المللی حامدکرزی; em pachto: د حامدکرزی نړيوال هوائي ډګر) também conhecido como Aeroporto Khwaja Rawash, é o principal aeroporto do Afeganistão. Localiza-se a 16 quilômetros do centro de Cabul, capital do país.

Foi construído no início da década de 1960, numa época em que o Afeganistão estava sendo modernizado e alcançando o resto dos países vizinhos. Durante os 10 anos da invasão soviética (1979-1989), o aeroporto ficou totalmente sob o controle do Exército Vermelho. Com a retirada das tropas soviéticas passou para controle das forças armadas afegãs, aliadas dos soviéticos, e posteriormente foi dominado por milícias privadas até o fim de 2001, quando os Estados Unidos e outros aliados invadiram o país.

Após esta invasão o Aeroporto de Cabul passou a ser utilizado unicamente para as Forças Armadas dos Estados Unidos e a Força Internacional de Assistência à Segurança (ISAF), uma força de paz liderada pela OTAN. Após o fim das sanções das Nações Unidas ao país, no início de 2002, pôde finalmente voltar a ser usado por companhias aéreas civis. As tropas americanas e da ISAF, juntamente com a Aeronáutica da Romênia, comandam o setor militar do aeroporto e cuidam de sua segurança, enquanto a Polícia Nacional Afegã e o exército do país controlam a segurança dentro e em torno do aeroporto.

Em novembro de 2008 o presidente afegão Hamid Karzai inaugurou um novo terminal, construído com fundos doados pelo Japão como parte dos esforços de reconstrução do país, após décadas de conflito.[3]

Referências

Ligações externasEditar