Abrir menu principal

D. Afonso Nogueira, CRSJE (? - Alenquer, Outubro de 1464) foi um bispo de Coimbra (1453-1459) e mais tarde arcebispo de Lisboa (1459-1464); e senhor do morgado de Santa Ana, em São Lourenço de Lisboa.

D. Afonso era filho de Afonso Anes Nogueira, alcaide-mor de Lisboa, e de Joana Vaz de Almada (filha de Vasco Lourenço de Almada).

Sendo novo ainda, juntou-se aos Cónegos de São João Evangelista (os Lóios). O Papa Nicolau V fê-lo bispo de Coimbra em 1453, e por ocasião da morte do cardeal Jaime de Portugal em Florença, em Agosto de 1459, foi D. Afonso designado novo arcebispo de Lisboa em 17 de Setembro de 1459.

Em 1463, no lugar de Carnide, no termo de Lisboa, um jovem de nome Pero Martins afirmou ter visto Nossa Senhora em sonhos, com o Menino Jesus ao colo segurando uma vela ou uma lamparina. A partir daí, difunde-se o culto de Nossa Senhora da Luz, tendo no ano seguinte o arcebispo D. Afonso lançado a primeira pedra da Igreja de Nossa Senhora da Luz, em Carnide, diante do rei D. Afonso V e demais membros da Corte.

No ano seguinte, começando a grassar a peste na capital, o arcebispo D. Afonso recolheu-se à vila de Alenquer, em busca de melhores ares; contudo, viria aí a falecer, em Outubro de 1464.

Referências

Precedido por
Luís Coutinho
 
Bispo de Coimbra

1453 - 1459
Sucedido por
João Galvão
Precedido por
Jaime de Portugal,
Cardeal
 
Arcebispo de Lisboa

1459 - 1464
Sucedido por
Jorge da Costa,
Cardeal de Alpedrinha
  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.