Albert Parsons

jornalista norte-americano

Albert Richard Parsons (Montgomery, 20 de junho de 184811 de novembro de 1887) foi um ativista anarquista nascido no sul dos Estados Unidos, onde inicialmente lutou contra a escravidão dos negros no Alabama. Casou-se com a também ativista Lucy Parsons, e os dois se transferiram para Chicago, onde atuaram juntos na luta por direitos básicos dos trabalhadores. Albert Parsons foi preso e julgado culpado de conspiração, em consequência de um ataque a bomba à polícia, durante a revolta de Haymarket. Foi enforcado juntamente com August Spies, Adolph Fischer e George Engel. Entre os anarquistas de todo o mundo, Parsons é lembrado como um dos cinco mártires de Haymarket.[1]

Albert Richard Parsons
Nascimento 20 de junho de 1848
Montgomery (Alabama) (Estados Unidos)
Morte 11 de novembro de 1887 (31 anos)
Chicago, Illinois (Estados Unidos)
Ocupação tipógrafo, sindicalista, jornalista e ativista anarquista.
Escola/tradição Anarquismo, sindicalismo
Principais interesses direitos laborais, liberdade, autoridade, justiça social, sindicalismo, sociedade.

Referências

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre a biografia de um anarquista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.