Abrir menu principal

Alto Parnaíba é um município brasileiro no extremo sul do estado do Maranhão. Sua população é 11.190 (Censo de 2019).

Município de Alto Parnaíba
Cachoeira das Tabocas, Alto Parnaíba

Cachoeira das Tabocas, Alto Parnaíba
Bandeira de Alto Parnaíba
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Fundação 19 de maio de 1866 (153 anos)
Gentílico alto-parnaibano
Lema Aqui começa o Maranhão.
Prefeito(a) Rubens Sussumu Ogasawara[1][2] (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Alto Parnaíba
Localização de Alto Parnaíba no Maranhão
Alto Parnaíba está localizado em: Brasil
Alto Parnaíba
Localização de Alto Parnaíba no Brasil
09° 06' " S 45° 55' 48" O09° 06' " S 45° 55' 48" O
Unidade federativa Maranhão
Mesorregião Sul Maranhense IBGE/2008[3]
Microrregião Gerais de Balsas IBGE/2008[3]
Municípios limítrofes No Maranhão: Tasso Fragoso e Balsas;
no Tocantins: Lizarda, São Félix do Tocantins e Mateiros;
no Piauí: Barreiras do Piauí, Gilbués e Santa Filomena.
Distância até a capital 875 km[4]
Características geográficas
Área 11 132,105 km² [5]
População 10 765 hab. IBGE/2010[6]
Densidade 0,97 hab./km²
Altitude 280 m
Clima tropical atp
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,636 médio PNUD/2000[7]
PIB R$ 78 939,974 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 7 442,95 IBGE/2008[8]
Página oficial
Prefeitura altoparnaiba.ma.gov.br

Índice

HistóriaEditar

Situa-se na margem esquerda do Rio Parnaíba, onde primitivamente habitaram os índios tapuias. Foi fundada em 19 de maio de 1866. Teve, na pessoa de Francisco Luís de Freitas, seu primeiro povoador de origem europeia, quando, em busca de uma área adequada ao cultivo agrícola, ali se instalou, dando-lhe o nome de Fazenda Barcelona. Posteriormente, Cândido Lustosa, abandonando o Piauí, veio fixar-se nas proximidades da Fazenda Barcelona, vindo a se constituir, também, em pioneiro não índio do desbravamento na área, participando na construção da primeira igreja e de muitas outras atividades em benefício do lugar. Tempos depois, estes povoadores mudaram o nome do lugar para Vila de Nossa Senhora da Vitória. A 19 de maio de 1866, Francisco Luís de Freitas e sua mulher Micaela Abreu doaram as terras de sua Fazenda Barcelona à igreja local. A partir desse momento, a povoação foi se desenvolvendo, até ser criado o município.

Foi fundada sob a liderança de Cândido Lustosa de Britto, indo contra os interesses do seu tio, o Barão de Santa Filomena (José Lustosa da Cunha), que morava na cidade piauiense vizinha - Santa Filomena.

A bandeira de Alto Parnaíba foi criada num concurso que envolveu alunos das redes de ensino municipal e privada do município, sendo escolhida, pelos munícipes, a bandeira criada pelo aluno da 8ª série do CECAP (Centro Educacional Cenecista de Alto Parnaíba) Dhiancarlos Teixeira Pacheco, de 16 anos, em 19 de maio de 1993. [carece de fontes?]

Formação AdministrativaEditar

Distrito criado com a denominação de Vitória do Alto Parnaíba, pela lei provincial nº 974, de 08-06-1871, subordinado ao município de Loreto. Elevado à categoria de vila com a denominação de Vitória do Alto Parnaíba, pela lei provincial nº 1227, de 09-04-1881, desmembrado de Loreto. Sede na antiga vila de Vitória do Alto Parnaíba.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII1937. Pelo decreto-lei estadual nº 820, de 30-12-1943, o município de Vitória do Alto Parnaíba passou a denominar-se Alto Parnaíba. No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município já denominado Alto Parnaíba é constituído do distrito sede. Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, são criados os distritos de Brejo da Porta e Curupá. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Alto Parnaíba, Curupá e Brejo da Porta. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 2168, de 19-12-1961, desmembra do município de Alto Parnaíba o distrito de Brejo da Porta. Elevado à categoria de município com a denominação de Tasso Fragoso.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Alto Parnaíba e Curupá. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica municipal: Vitória do Alto Parnaíba para Alto Parnaíba alterado, pelo decreto estadual nº 820, de 3012-1943.

ClimaEditar

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), desde setembro de 1976 a menor temperatura registrada em Alto Parnaíba foi de 9,7 °C em 2 de setembro de 2005,[9] e a maior atingiu 41 °C em 17 de outubro de 2015 e 23 de outubro de 2017.[10] O maior acumulado de precipitação em 24 horas atingiu 142 milímetros (mm) em 24 de janeiro de 1992.[11] Dezembro de 1985, com 640,2 mm, foi o mês de maior precipitação.[12]

Dados climatológicos para Alto Parnaíba
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 37,6 37,5 38,7 36,7 37,6 36,8 36,8 39,6 40,3 41 39,8 40,4 41
Temperatura máxima média (°C) 31,8 31,9 31,7 32,2 32,8 32,8 33,3 34,8 36 34,9 33,1 31,9 33,1
Temperatura média compensada (°C) 25,8 25,8 25,9 26,1 25,8 24,8 24,5 25,6 27,6 27,8 26,9 26,1 26,1
Temperatura mínima média (°C) 21,7 21,7 21,9 21,6 20,4 18 16,9 17,5 20,1 22 22,1 21,9 20,5
Temperatura mínima recorde (°C) 18,2 17,9 18,6 15,7 14 11,3 11,3 11,7 9,7 13 16,8 18 9,7
Precipitação (mm) 235,4 197,6 256,3 144,6 35,6 2 1,2 4,8 20,7 89,3 156,4 215,5 1 359,4
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 16 15 16 11 4 0 0 0 2 8 11 14 97
Umidade relativa compensada (%) 81,9 82,8 83,1 80,2 75,9 70,1 66,5 61,6 61,6 68,9 76,3 81 74,2
Horas de sol 166,9 146,6 159,1 188,9 247,1 273,5 295,6 288,2 249,6 206,5 174,8 153,8 2 550,6
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[13] recordes de temperatura: 01/09/1976-presente)[9][10]

PolíticaEditar

Lista de prefeitos desde a sua fundação em 1866.[carece de fontes?]

Período Nome
1866 a 1871 Candido Lustosa- fundador
1871 a 1893 Antonio Luiz do Amaral Britto
1893 a 1912 Samuel Lustosa do Amaral Britto
1912 a 1917 Adolpho Lustosa do Amaral Britto
1917 a 1924 João Pereira Lopes
1924 a 1925 Dr. Miguel de Lima Verde
1926 a 1927 Odonel de Araujo Britto
1928 a 1931 Adolpho Lustosa do Amaral Britto
1932 a 1933 Manoel Martins Moreira
1933 a 1934 Adolpho Lustosa do Amaral Britto
10 de junho de 1934 a 4 de agosto de 1935 Josué de Moura Santos
5 de agosto de 1935 a 14 de dezembro de 1936 José Soares
15 de dezembro de 1936 a 15 de maio de 1947 Raimundo Lourival Lopes
16 de maio de 1947 a 15 de fevereiro de 1948 Palmeron do Amaral Brito
16 de fevereiro de 1948 a 1950 José Soares
1951 a 1953 João Borges Leitão
1954 a 1955 Elias de Araujo Rocha
1956 a 1961 José Soares
1962 a 1965 Raimundo Alves de Almeida
1966 a 1970 Antônio Rocha Filho
1971 a 1972 Luiz Gonzaga da Cruz Lopes
1973 a 1976 Corintho de Araujo Rocha
1977 a 1982 Renan Soares
1983 a 1988 Antônio Rocha Filho
1989 a 1992 José de Freitas Neto
1993 a 1996 Adalto Gomes da Silva
1997 a 2000 José de Freitas Neto
2001 a 2004 Raimunda de Barros Costa
2005 a 2008 Raniere Avelino Soares
2009 a 2012 Ernani do Amaral Soares
2013 a 2016 Itamar Nunes Vieira
2017 a 2020 Rubens Sussumu Ogasawara

Referências

  1. «Resultado Final eleições 2012 no Maranhão»  Página visitada em 13/01/2013.
  2. «Itamar Vieira é empossado prefeito»  Página visitada em 15/01/2013.
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. «ALTO PARNAÍBA - MA». Consultado em 14 de abril de 2011 
  5. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  6. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  9. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Alto Parnaíba». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 16 de junho de 2018 
  10. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Alto Parnaíba». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 16 de junho de 2018 
  11. «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Alto Parnaíba». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 16 de junho de 2018 
  12. «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Alto Parnaíba». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 16 de junho de 2018 
  13. «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 16 de junho de 2018 
  Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.