Abrir menu principal

Lista de regiões metropolitanas do Brasil por população

artigo de lista da Wikimedia

Segue uma lista das regiões metropolitanas, regiões integradas de desenvolvimento econômico e aglomerações urbanas do Brasil classificadas por população, segundo a estimativa calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 30 de agosto de 2016.[1]

Também estão listadas as dez regiões metropolitanas/regiões integradas de desenvolvimento econômico mais populosas de acordo com os Censos Demográficos de 2010, de 2000 e de 1970 do IBGE.[2][3][4]

Estimativa para 2016Editar

A tabela abaixo traz as regiões metropolitanas do Brasil acima de 1 milhão de habitantes listadas por população conforme a estimativa para 2016.

Posição Região metropolitana Unidade federativa População Densidade
demográfica
(hab./km²)
1 Região Metropolitana de São Paulo   São Paulo 21 242 939 2 653,98
2 Região Metropolitana do Rio de Janeiro   Rio de Janeiro 12 330 186 1 507,32
3 Região Metropolitana de Belo Horizonte   Minas Gerais 5 873 841 615,76
4 Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno   Distrito Federal,   Goiás e   Minas Gerais 4 291 577 74,45
5 Região Metropolitana de Porto Alegre   Rio Grande do Sul 4 276 475 411,65
6 Região Metropolitana do Recife   Pernambuco 4 019 396 1 249,71
7 Região Metropolitana de Fortaleza   Ceará 4 019 213 535,65
8 Região Metropolitana de Salvador   Bahia 3 984 583 903,58
9 Região Metropolitana de Curitiba   Paraná 3 537 894 211,24
10 Região Metropolitana de Campinas   São Paulo 3 131 528 816,00
11 Região Metropolitana de Manaus   Amazonas 2 568 817 20,21
12 Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte   São Paulo 2 475 879 151,51
13 Região Metropolitana de Goiânia   Goiás 2 458 504 331,07
14 Região Metropolitana de Belém   Pará 2 422 481 673,66
15 Região Metropolitana de Sorocaba   São Paulo 2 066 986 192,23
16 Região Metropolitana de Vitória   Espírito Santo 1 934 983 819,42
17 Região Metropolitana da Baixada Santista   São Paulo 1 813 033 742,79
18 Região Metropolitana de Ribeirão Preto   São Paulo 1 662 645 111,31
19 Região Metropolitana de Natal   Rio Grande do Norte 1 577 072 535,20
20 Região Metropolitana de São Luís   Maranhão 1 526 213 530,59
21 Aglomeração Urbana de Piracicaba   São Paulo 1 452 691 201,87
22 Região Metropolitana do Norte/Nordeste Catarinense   Santa Catarina 1 363 854 124,10
23 Região Metropolitana de Maceió   Alagoas 1 314 254 677,64
24 Região Metropolitana de João Pessoa   Paraíba 1 268 360 400,00
25 Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina   Piauí e   Maranhão 1 199 941 113,51
26 Região Metropolitana de Florianópolis   Santa Catarina 1 152 115 151,62
27 Região Metropolitana de Londrina   Paraná 1 085 479 118,68

Censo de 2010Editar

A tabela abaixo traz as dez mais populosas regiões metropolitanas do Brasil listadas por população conforme o censo demográfico do Brasil de 2010 (última contagem da população realizada pelo IBGE).[2]

Posição Região metropolitana Unidade federativa População
1 Região Metropolitana de São Paulo   São Paulo 19 683 975
2 Região Metropolitana do Rio de Janeiro   Rio de Janeiro 11 835 708
3 Região Metropolitana de Belo Horizonte   Minas Gerais 5 414 701
4 Região Metropolitana de Porto Alegre   Rio Grande do Sul 3 958 985
5 Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno   Distrito Federal,   Goiás e   Minas Gerais 3 717 728
6 Região Metropolitana do Recife   Pernambuco 3 690 547
7 Região Metropolitana de Fortaleza   Ceará 3 615 767
8 Região Metropolitana de Salvador   Bahia 3 573 973
9 Região Metropolitana de Curitiba   Paraná 3 174 201
10 Região Metropolitana de Campinas   São Paulo 2 797 137

Censo de 2000Editar

A tabela abaixo traz as dez mais populosas regiões metropolitanas do Brasil listadas por população conforme o censo demográfico do Brasil de 2000.[3]

Posição Região metropolitana Unidade federativa População
1 Região Metropolitana de São Paulo   São Paulo 17 813 234
2 Região Metropolitana do Rio de Janeiro   Rio de Janeiro 10 869 255
3 Região Metropolitana de Belo Horizonte   Minas Gerais 4 177 801
4 Região Metropolitana de Porto Alegre   Rio Grande do Sul 3 498 322
5 Região Metropolitana do Recife   Pernambuco 3 278 284
6 Região Metropolitana de Salvador   Bahia 2 991 822
7 Região Metropolitana de Fortaleza   Ceará 2 910 490
8 Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno   Distrito Federal,   Goiás e   Minas Gerais 2 756 701
9 Região Metropolitana de Curitiba   Paraná 2 635 436
10 Região Metropolitana de Campinas   São Paulo 2 219 611

Censo de 1970Editar

A tabela abaixo traz as dez mais populosas regiões metropolitanas do Brasil listadas por população conforme o censo demográfico do Brasil de 1970, década da oficialização das primeiras regiões metropolitanas brasileiras.[4] Cabe alertar a anacronia da tabela, uma vez que as primeiras regiões metropolitanas foram criadas por lei de 1973 e outras somente muito depois.

Posição Região metropolitana Unidade federativa População
1 Região Metropolitana de São Paulo   São Paulo 8 113 873
2 Região Metropolitana do Rio de Janeiro   Rio de Janeiro 6 879 183
3 Região Metropolitana do Recife   Pernambuco 1 755 083
4 Região Metropolitana de Belo Horizonte   Minas Gerais 1 619 792
5 Região Metropolitana de Porto Alegre   Rio Grande do Sul 1 590 798
6 Região Metropolitana de Salvador   Bahia 1 135 818
7 Região Metropolitana de Fortaleza   Ceará 1 070 114
8 Região Metropolitana de Curitiba   Paraná 809 305
9 Região Metropolitana de Belém   Pará 669 768
10 Região Metropolitana de Campinas   São Paulo 644 490

Ver tambémEditar

Referências

  1. «IBGE divulga as estimativas populacionais dos municípios em 2016». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2016. Consultado em 30 de agosto de 2016 
  2. a b «Sinopse do Censo Demográfico 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  3. a b «O deslocamento da população brasileira para as metrópoles». SciELO. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  4. a b Fausto Brito. «O deslocamento da população brasileira para as metrópoles». SciELO Brasil. Consultado em 29 de agosto de 2015 

Ligações externasEditar