Abrir menu principal

Antônio Dib Mussi

Família e vida pessoalEditar

Filho de Dib Mussi e de Santa Elias Mussi.

Casou-se e teve três filhos com a médica curitibana Wladyslawa Wolowska Mussi (11 de agosto de 191014 de julho de 2012).[1] Wladyslawa, primeira mulher a exercer a profissão de médica em Santa Catarina, foi titular da cadeira 9 da Academia de Medicina do estado.[2][3] Foi ainda primeira médica voluntária da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Florianópolis,[4] cidade a qual recebeu o título de cidadã-honorária.[5]

Carreira profissional e políticaEditar

Formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná (1934). Fixou-se em Orleans, onde dirigiu o Hospital Santa Otília. Foi prefeito de Orleans.

Foi prefeito de Orleans de 1 de agosto de 1945 a 15 de novembro de 1945 e de 13 de fevereiro de 1946 a 24 de março de 1947.

Foi deputado à Assembleia Legislativa de Santa Catarina na 1ª legislatura (1947 — 1951).[6]

Referências

BibliografiaEditar

  • Piazza, Walter: Dicionário Político Catarinense. Florianópolis : Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, 1985.

Ligações externasEditar