Abrir menu principal

Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil


A Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil, é a jurisdição do Patriarcado da Antioquia no Brasil, com sede em São Paulo, Brasil. Seu atual Metropolita é Dom Damaskinos Mansour, Arcebispo Metropolitano de São Paulo e Todo o Brasil[1], sendo assistido por seu Bispo Auxiliar D.Romanós Daoud, Bispo de Edessa.[2]

Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil
Catedral Metropolitana Ortodoxa 03.JPG

Sé Catedral Ortodoxa de São Paulo
Fundador Arquimandrita Silvestros As-Seghir
Independência Fundação da Primeira Igreja Ortodoxa, 1904
Reconhecimento Elevação à Arquidiocese pelo Patriarcado da Antioquia , 1958
Primaz Arcebispo Metropolitano Damaskinos de São Paulo e Todo Brasil
Sede Primaz São Paulo,  Brasil
Território  Brasil
Posses 12 paróquias e 1 catedral.
Língua Grego koiné, árabe,português
Adeptos 131.571 em território brasileiro.
Site Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil

A arquidiocese e as paróquias estão sob a jurisdição do Patriarcado da Antioquia[3], com sede em Damasco, na Síria.

HistóriaEditar

Com os problemas do final do Século XIX na Oriente Médio, decorrentes dos conflitos provocados pelo Império Otomano em 1890, houve a imigração em massa de árabes para a América do Sul, em especial no Brasil trazendo a herança cultural e espiritual, constituindo então o movimento dos chamados Ortodoxos Antioquinos na Diáspora, ocorrendo a primeira Divina Liturgia em território brasileiro, em 1897 pelo padre Mussa Abi Haidar, em um salão na Rua 25 de Março, no município de São Paulo. Em seguida o Santo Sínodo da Igreja Católica Apostólica Ortodoxa Antioquina, sob a presidência do Patriarca Gregório Haddad, tomou a decisão de consagrar em 1922, o Bispo Michael Chehade para o Brasil, servindo até seu falecimento em 7 de julho de 1931[4]

Em 1904 foi construída em São Paulo a primeira Igreja, ao tempo do Arquimandrita Silvestros As-Seghir, a Paróquia da Anunciação à Nossa Senhora, na rua Cavaleiro Basílio Jafet, nº 115 - então rua Itobi - na região da Rua 25 de Março. A construção foi custeada por Michel Assad e a Divina Liturgia de inauguração foi celebrada pelo Cônego Nicola Sáfadi. Mais tarde o sino dessa igreja, a título de relíquia, foi transferido para a Catedral, onde se encontra exposto até hoje.[5]

OrganizaçãoEditar

A Arquidiocese Ortodoxa Antioquina é uma única arquidiocese que abrange todo território nacional. Dirigida por um arcebispo metropolitano que reside em São Paulo, sendo assistido por um Bispo Auxiliar. Existem 12 paróquias, além de capelas e missões específicas, em todo o território brasileiro.


Paróquias no BrasilEditar

Referências

  1. «Sao Paulo and all Brazil». Antioch. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  2. «Auxiliary Bishops». Antioch. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  3. «The Members of the Holy Synod». Antioch. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  4. «Igreja Ortodoxa Antioquina». Igreja Ortodoxa Antioquina (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  5. Ferzli, Ignatios. «A primeira Igreja Ortodoxa.». Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  6. «Igreja Ortodoxa Antioquina». Igreja Ortodoxa Antioquina (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2018