As Moças Daquela Hora

filme de 1973 dirigido por Paulo Porto
As Moças Daquela Hora
As Moças Daquela Hora (BRA)
 Brasil
1974[1][2] •  cor •  93[1] min 
Direção Paulo Porto[2]
Roteiro Edgar G. Alves
Paulo Porto[1]
Gênero pornochanchada[3][2]
Companhia(s) produtora(s) Ventania Produções Cinematográficas
Produções Cinematográficas R. F. Farias[1]
Distribuição Ipanema Filmes
Embrafilme[1]
Lançamento 26 de agosto de 1974[1][2]
Idioma português

As Moças Daquela Hora é um filme brasileiro de 1974 do gênero pornochanchada[3] dirigido por Paulo Porto.[1][2]

O filme foi lançado no Rio de Janeiro no dia 26 de agosto de 1974.[1]

SinopseEditar

O filme conta a história de três mulheres que acabam acolhidas no bordel de Pilar:

  • Mariana tem um caso com um trapezista, ao mesmo tempo que perdeu a virgindade com o namorado. Para não casar, foge de casa;
  • Isaura é casada e numa viagem a trabalho do marido, é assediada por dois homens. O primeiro, com uma relação consensual, e o segundo, o chefe do seu marido, é violentada. Para evitar o pior, foge de casa;
  • Léa pertence a uma família tradicional e na noite de núpcias, é rejeitada pelo marido. Esta situação vira notícia em toda a cidade e para evitar especulações, foge de casa.

ElencoEditar

Referências

  1. a b c d e f g h «As Moças Daquela Hora». Cinemateca Brasileira 
  2. a b c d e «A construção paródica da pornochanchada» (PDF). Universidade Federal do RN 
  3. a b c «Monique Lafond». Mulheres do Cinema Brasileiro 
  4. «Veja como estão e o que fazem hoje as musas da pornochanchada». R7 Entretenimento 
  5. «Nydia de Paula». Mulheres do Cinema Brasileiro 
  Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.