Associação Atlética Escola Superior Madre Celeste

Disambig grey.svg Nota: Se procura a unidade escolar ESMAC, veja Escola Superior Madre Celeste.

A Associação Atlética Escola Superior Madre Celeste é um clube brasileiro de futebol feminino da cidade de Ananindeua, Pará. Manda a maioria de seus jogos no estádio Mangueirão em Belém que tem capacidade para 45.007 espectadores.[1]

ESMAC
Escudo do ESMAC.png
Nome Associação Atlética Escola Superior Madre Celeste
Alcunhas A Força do Norte
Fundação 28 de fevereiro de 1996 (26 anos)
Localização Ananindeua, PA
Mando de jogo em Estádio Mangueirão
Capacidade (mando) 45,007
Presidente Ivanildo Cardoso
Treinador(a) Pedro Paulo (Masculino)
Marcy Nunes (Feminino)
Patrocinador(a) ESMAC
Competição Parazão Série B
Brasileirão Feminino
Parazão Feminino
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual

HistóriaEditar

A ESMAC é um dos principais times em seus estado no futebol feminino, sendo 6 vezes campeãs paraenses, sendo um penta campeonato seguido, entre os anos de 2016 e 2020.[2]

Além do futebol feminino, o clube já conquistou diversos títulos no futsal masculino, sendo 10 ao total.[3]

O clube nunca participou do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino - Série A1, mas ficou próximo do acesso em duas ocasiões chegando nas oitavas de final. O primeiro foi no ano de 2019, onde enfrentou o Taubaté, na partido de ida ocorreu um empate de 0 a 0, mas no jogo de volta, ocorrida em São Paulo, a equipe do Taubaté conseguiu a melhor após vencer o clube por 2 a 0 e conseguindo a vaga para a fase seguinte.[4]

A segunda eliminação ocorreu no ano seguinte, novamente por um paulista, nessa ocasião o Juventus, onde fez o jogo de ida em São Paulo, onde a equipe paulista conseguiu o placar mínimo derrotando o ESMAC por 1 a 0, já em Belém, as equipes ficaram apenas no empate por 2 a 2, assim o clube perde novamente a chance de passar de fase.[5][6]

O acesso finalmente foi conquistado no ano de 2021, quando o ESMAC eliminou o Real Ariquemes, no Baenão, pelas quartas de finais da Série A2 e garantindo vaga na Série A1 de 2022[7].[8][9]

Ainda em 2021, a ESMAC confirmou início nas disputas profissionais de futebol masculino. [10]

Futebol MasculinoEditar

ParticipaçõesEditar

Participações em 2022
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Série B 2 12º lugar (2021) 2021 2022

Futebol FemininoEditar

TítulosEditar

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Paraense 6 2012, 2016, 2017, 2018, 2019 e 2020

ParticipaçõesEditar

Participações em 2022
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Brasileirão - Série A1 1 14º lugar (2022) 2022 1
Brasileirão - Série A2 4 3º lugar (2021) 2018 2021 1
Copa do Brasil 2 Quartas de final (2014) 2013 2014
  Campeonato Paraense 16 Campeã (6 vezes) 2007 2022

Categorias de baseEditar

Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P   R  
  Sub-20 2 Vice-campeã (2019 e 2022) 2019 2022

Outros EsportesEditar

FutsalEditar

HandebolEditar

  • Campeonato Paraense de Handebol - 2 títulos[16]
  • Campeonato Paraense de Handebol Feminino - 1 título
  • Campeonato Paraense de Handebol de Areia - 1 título
  • Campeonato Paraense de Handebol de Areia Feminino - 1 título
  • Campeonato Paraense de Handebol Júnior - 3 títulos
  • Campeonato Intermunicipal de Handebol Feminino - 1 título[17]

Referências

  1. «FPF | Federação Paraense de Futebol». www.fpfpara.com.br. Consultado em 8 de maio de 2021 
  2. «Campeonato Paraense Feminino :: ogol.com.br». www.ogol.com.br. Consultado em 8 de maio de 2021 
  3. «A Esmac é Bi – Campeão da 20º edição do Torneio Bené Aguiar de 2021.». fefuspa. 8 de julho de 2021. Consultado em 8 de maio de 2021 
  4. 30.05.19 8h27. «Esmac é eliminada do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino com apenas uma derrota». O Liberal. Consultado em 8 de maio de 2021 
  5. «BRASILEIRO FEMININO A2: Com gol no último minuto, Juventus abre vantagem nas oitavas». Futebol Interior. Consultado em 8 de maio de 2021 
  6. «Esmac empata em 2 a 2 com o Juventus e é eliminada do Brasileirão A2». Roma News. 28 de novembro de 2020. Consultado em 9 de maio de 2021 
  7. «Brasileiro Feminino: Bragantino, Esmac e Cresspom garantem acesso». Agência Brasil. 18 de julho de 2021. Consultado em 20 de março de 2022 
  8. «Esmac vence o Real Ariquemes e garante acesso à elite do futebol feminino». Roma News. 18 de julho de 2021. Consultado em 30 de julho de 2021 
  9. «Esmac garante acesso ao Brasileirão Feminino A-1 2022.». FPF. 18 de julho de 2021. Consultado em 30 de julho de 2021 
  10. «Esmac confirma participação na Série B do Parazão e terá alunos e jogadores de futsal no elenco». oliberal.com. 5 de agosto de 2021. Consultado em 5 de agosto de 2021 
  11. Chucre, Braz (9 de agosto de 2021). «ESMAC É CAMPEÃ DE FUTSAL MASCULINO NA TAÇA BRASIL 2021». ESMAC. Consultado em 12 de agosto de 2021 
  12. Chucre, Braz (20 de dezembro de 2020). «Esmac conquista o campeonato paraense de futsal adulto goleando Clube do Remo». O Liberal. Consultado em 30 de julho de 2021 
  13. «No Mangueirinho, Esmac ganha o torneio Bené Aguiar de Futsal». redepara.com.br. 22 de abril de 2018. Consultado em 22 de abril de 2018 
  14. «FUTSAL MASCULINO ESMAC CAMPEÃO 9 VEZES DO TORNEIO BENÉ AGUIAR». ESMAC. 26 de setembro de 2020. Consultado em 26 de setembro de 2020 
  15. «ESMAC BICAMPEÃ SAGROU-SE A EQUIPE COM O MAIOR NÚMERO DE TÍTULOS DO TORNEIO BENÉ AGUIAR.». ESMAC. 8 de julho de 2021. Consultado em 8 de julho de 2021 
  16. «Campeões Paraenses de Handebol». 2 de outubro de 2009. Consultado em 30 de julho de 2021 
  17. «Esmac é campeã no Intermunicipal de Handebol em Moju». ESMAC. 14 de julho de 2021. Consultado em 30 de julho de 2021