Atílio Fontana

(Redirecionado de Attilio Fontana)
Atílio Fontana
Nascimento 10 de agosto de 1900
Santa Maria, RS
Morte 15 de março de 1989 (88 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileiro
Cidadania Brasil
Ocupação empresário e político

Attilio Francisco Xavier Fontana[1] (Santa Maria, 10 de agosto de 1900São Paulo, 15 de março de 1989) foi um empresário e político brasileiro.[1]

Foi o fundador e proprietário do Grupo Sadia.

VidaEditar

Filho de Romano Fontana e de Teresa Dalle Rive Fontana. Avô de Luiz Fernando Furlan. Pai de 9 filhos: Walter Fontana, Lucy Fontana Furlan, Omar Fontana, Odylla Fontana, Maria Terezinha Fontana, Odila Sperandio, Vera Lucia Pereira Fontana e Carla Maria Carvalho Fontana.

CarreiraEditar

Foi vereador e prefeito municipal de Concórdia, de 1951 a 1954. Foi deputado à Câmara dos Deputados por Santa Catarina na 40ª legislatura (1955 — 1959), eleito pela Aliança Social Trabalhista, coligação do Partido Social Democrático (PSD) com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), e na 41ª legislatura (1959 — 1963), eleito (PSD).[2]

Foi senador da República e secretário de estado da Agricultura do estado de Santa Catarina e finalmente vice-governador do mesmo estado.

Em 7 de junho de 1944, a partir da aquisição de um frigorífico em dificuldades, a S. A. Indústria e Comércio Concórdia é batizada por seu fundador, pouco tempo depois, como Sadia. O nome foi composto a partir das iniciais SA de "Sociedade Anônima" e das três últimas letras da palavra "Concórdia", DIA, e virou marca registrada em 1947.

ObservaçõesEditar

A grafia original do nome do biografado, Attílio Francisco Xavier Fontana, deve ser atualizada conforme a onomástica estabelecida a partir do Formulário Ortográfico de 1943, por seguir as mesmas regras dos substantivos comuns (Academia Brasileira de Letras – Formulário Ortográfico de 1943). Tal norma foi reafirmada pelos subsequentes acordos ortográficos da língua portuguesa (Acordo Ortográfico de 1945 e Acordo Ortográfico de 1990). A norma é optativa para nomes de pessoas em vida, a fim de evitar constrangimentos, mas após seu falecimento torna-se obrigatória para publicações, ainda que se possa utilizar a grafia arcaica no foro privado (Formulário Ortográfico de 1943, IX).

 
Memorial - Atílio Fontana, localizado na cidade de Concórdia (SC), aberto para visitação.

Referências

  1. Biografia na página do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC)
  2. Atílio Fontana, Memória Política de Santa Catarina, em memoriapolitica.alesc.sc.gov.br


Precedido por
Fioravante Ângelo Massolini
Prefeito de Concórdia
1951 — 1955
Sucedido por
Domingos Machado de Lima
Precedido por
Jorge Bornhausen
Vice-governador de Santa Catarina
1971 — 1975
Sucedido por
Marcos Henrique Büechler


  Este artigo sobre políticos ou política de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.