Abrir menu principal
Batalha de Guadalajara
Parte da Guerra Civil Espanhola
Bundesarchiv Bild 183-2006-1204-514, Spanien, Schlacht um Guadalajara.jpg
Forças nacionalistas em Guadalajara
Data 8 de março de 1937 - 23 de março de 1937
Local Guadalajara, Espanha
Desfecho Vitória Republicana
Beligerantes
Espanha Segunda República Espanhola Bandera del bando nacional 1936-1938.svg
Corpo Truppe Volontarie
Comandantes
Espanha Enrique Jurado
Espanha José Miaja
Espanha Cipriano Mera
Espanha Enrique Líster
Espanha El Campesino
Bandera del bando nacional 1936-1938.svg José Moscardó
*Mario Roatta
Forças
20.000 infantaria
45 canhoes
70 carros de combate
80 aviões
15.000 Tropas coloniais marroquinas[1]
35.000 italianos[1]
270 guns
140 carros de combate
62 aviões
Baixas
2.000 mortos[2]
4.000 feridos[2]
400 capturados[2]
3.000 mortos[2]
4.000 feridos[2]
800 capturados[2]
65 canhões, 500 metralhadoras, 10 tanques capturados[2]

Na Batalha de Guadalajara (8 a 23 de março de 1937) o Exército Republicano derrotou as forças nacionalistas italianas que tentavam cercar Madri durante a Guerra Civil Espanhola. As forças nacionalistas envolvidas na batalha de Guadalajara foram principalmente o Corpo Truppe Volontarie italiano (CTV).[3]

A batalha começou com uma ofensiva italiana no dia 8 de março. Esta ofensiva foi interrompida em 11 de março. Entre 12 de março e 14 de março os ataques italianos foram renovados e apoiados por unidades nacionalistas espanholas, estes foram interrompidos também devido a forte resistência republicana. Os republicanos lançaram com sucesso sua contra-ofensiva nos dias de 18 março a 23 março.[3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Thomas, Hugh.The Spanish Civil War. Penguin Books. London. 2001. p.579
  2. a b c d e f g Thomas, Hugh.The Spanish Civil War. Penguin Books. London. 2001. p.585
  3. a b Antony Beevor (2007). «19». "The Battle for Spain". London: Phoenix Paperback. p. 241-247. ISBN 978-0-7538-2165-7 
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Guadalajara