Berlin Alexanderplatz (série de televisão)

Berlin Alexanderplatz é uma minissérie de televisão adaptada e dirigida por Rainer Werner Fassbinder do romance de mesmo nome escrito por Alfred Döblin. Originalmente transmitida em 1980, tem no elenco Günter Lamprecht, Hanna Schygulla, Barbara Sukowa, Elisabeth Trissenaar e Gottfried John. A série completa tem 15 horas e meia de duração.[1]

Berlin Alexanderplatz
Berlin Alexanderplatz (PT/BR)
Informação geral
Formato
Duração 15 horas e 30 minutos
Criador(es) Rainer Werner Fassbinder
País de origem  Alemanha Ocidental
 Itália
Idioma original alemão
Produção
Produtor(es) Peter Märthesheimer
Günter Rohrbach
Gunther Witte
Cinematografia Xaver Schwarzenberger
Narrador(es) Rainer Werner Fassbinder
Elenco Günter Lamprecht
Hanna Schygulla
Barbara Sukowa
Elisabeth Trissenaar
Gottfried John
Exibição
Transmissão original 28 de agosto] de 1980 – 29 de dezembro de 1980
Temporadas 1
Episódios 14

Em 1983, foi lançada nos cinemas dos Estado Unidos e agrupou seguidores cults. Subsequencialmente, foi lançada em VHS e transmitida na PBS e então na rede de televisão Bravo (pertencente à NBC Universal) mas tem sido raramente vista desde então.

Começando em 2006, a série esteve sob restauração e remasterização. Berlin Alexanderplatz: Remasterizado recebeu sua estreia mundial em 9 de fevereiro de 2007 no Festival de Berlim no qual os episódios 1 e 2 foram exibidos. A série completa foi exibida em 11 de fevereiro em cinco partes.[2] Uma série de DVDs contendo material adicional foi lançado na Alemanha em 10 de fevereiro[3] e será lançada na América através da Critérion Collection antes do final do ano.[4]

EpisódiosEditar

Guia de Episódios
Nr. Título Premiere (DE) Tempo de duração
1 "Die Strafe beginnt" 12.10. 1980 82
2 "Wie soll man leben, wenn man nicht sterben will" 3.10. 1980 59
3 "Ein Hammer auf den Kopf kann die Seele verletzen" 20.10. 1980 59
4 "Eine Handvoll Menschen in der Tiefe der Stille" 27.10. 1980 59
5 "Ein Schnitter mit der Gewalt vom lieben Gott" 3.11. 1980 59
6 "Eine Liebe, das kostet immer viel" 10.11. 1980 58
7 "Merke: Einen Schwur kann man amputieren" 17.11. 1980 58
8 "Die Sonne wärmt die Haut, die sie manchmal verbrennt" 24.11. 1980 58
9 "Von den Ewigkeiten zwischen den Vielen und den Wenigen" 1.12. 1980 59
10 "Einsamkeit reißt auch in Mauern Risse des Irrsinns" 8.12. 1980 59
11 "Wissen ist Macht und Morgenstund hat Gold im Mund" 15.12. 1980 59
12 "Die Schlange in der Seele der Schlange" 22.12. 1980 59
13 "Das Äußere und das Innere und das Geheimnis der Angst vor dem Geheimnis" 29.12. 1980 58
14 "Mein Traum vom Traum des Franz Biberkopf von Alfred Döblin - Ein Epilog" 29.12. 1980 112

ElencoEditar

Ator/Atriz Papel
Günter Lamprecht Franz Biberkopf
Barbara Sukowa Emilie "Mietze" Karsunke
Gottfried John Reinhold Hoffmann
Hanna Schygulla Eva
Elisabeth Trissenaar Lina
Karin Baal Minna
Franz Buchrieser Meck
Roger Fritz Herbert
Brigitte Mira Frau Bast
Barbara Valentin Ida
Ivan Desny Pums
Annemarie Düringer Cilly
Volker Spengler Bruno
Günther Kaufmann Theo
Vitus Zeplichal Rudi
Claus Holm Wirt
Hans Michael Rehberg Kommissar
Lilo Pempeit Frau Pums
Elma Karlowa Frau Greiner

RestauraçãoEditar

Em 2005, o Goethe-Institut, tendo completado a reconstituição e restauração de Bronenosets Potyomkin, de Sergei Eisenstein, decidiu restaurar Berlin Alexanderplatz, dizendo que o negativo do filme original estava em "condições físicas catastróficas" e que "deveria ser restaurado".

A restauração se completou no primeiro trimestre de 2007, exatamente 25 anos depois da morte de Fassbinder. A série foi exibida como um prelúdio a uma retrospectiva do trabalho de Fassbinder no Festival de Berlim. O re-relançamento foi acompanhado por um livro que incluia o roteiro original da obra, assim como esboços originais, seleções do romance de Döblin e revisões selecionadas da série.

TrivialidadesEditar

  • A produção levou aproximadamente um ano.
  • Fassbinder sonhava em realizar um trabalho paralelo especialmente para distribuição cinematográfica após a finalização deste trabalho. A lista do elenco que ele fez incluía Gerard Depardieu como Franz Biberkopf e Isabelle Adjani como Mieze.
  • Nos Estados Unidos, foi primeiramente exibido na televisão aberta. Então, os cinemas exibiram dois ou três episódios por noite como sendo "capítulos cinematográficos".
  • Mencionado na série cult The Critic.
  • O filme causou um impacto em vários artistas e críticos bem conhecidos. Susan Sontang escreveu uma avaliação na edição de setembro de 1983 da revista Vanity Fair. Também na década de 80, a artista performática e compositora Laurie Anderson escreveu um a música chamada "White Lily" ("What Fassbinder film is it? The one-armed man walks into a flower shop...") no álbum do seu show, Home of the Brave. O diretor John Waters, escrevendo sobre o companheiro e diretor cult Russ Meyer, opinou que a auto-biografia e magnum opus projetada de Meyer deveria se chamar Berlin Alexandertitz. A atriz e artista performática Ann Magnuson relata, na música "Folk Song" do álbum The Power of Pussy, da banda Bongwater, ter "estado deprimida" pelo filme enquanto o assistia no PBS durante uma má experiência com drogas. Na década de 90, o diretor Todd Haynes se apropriou das imagens do notório epílogo fantasmagórico do filme para a seqüência de seu Velvet Goldmine.

Referências

  1. «IMDb: Berlin Alexanderplatz» (HTML). IMDb. IMDb. Consultado em 23 de março de 2007 
  2. «Fassbinder's Berlin Alexanderplatz Remastered» (HTML). fassbinderfoundation.de. Rainer Werner Fassbinder Foundation. 31 de janeiro de 2007. Consultado em 23 de março de 2007 
  3. Berger, Sebastian (16 de janeiro de 2007). «Berlin Alexanderplatz – Remastered exklusiv in der SZ-Cinemathek» (HTML). sueddeutscher-verlag.de. Süddeutscher Verlag. Consultado em 23 de março de 2007 
  4. «DVDs of Fassbinder's Berlin Alexanderplatz are out» (HTML). fassbinderfoundation.de. Rainer Werner Fassbinder Foundation. 14 de fevereiro de 2007. Consultado em 23 de março de 2007 

Ligações externasEditar