Abrir menu principal
Cândido Borges Monteiro
Retrato de Cândido Borges Monteiro
Nascimento 12 de outubro de 1812
Rio de Janeiro
Morte 25 de agosto de 1872 (59 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Cônjuge Joanna Maria do Nascimento
Campo(s) Medicina e política
Armas do visconde com grandeza de Itaúna, as mesmas das famílias Borges e Monteiro.

Cândido Borges Monteiro, primeiro e único visconde com grandeza de Itaúna (Rio de Janeiro, 12 de outubro de 181225 de agosto de 1872), foi um médico e político brasileiro.

Foi vereador, deputado geral, presidente da província de São Paulo, de 26 de agosto de 1868 a 25 de abril de 1869, senador do Império do Brasil de 1868 a 1869 e ministro dos Transportes e da Agricultura de 20 de abril a 25 de agosto de 1872.

Realizou uma operação de ligadura da aorta abdominal sem anestesia, em 1842, não utilizada na época. O paciente foi amarrado e desmaiou durante a operação.[1]

Referências

  1. Sérgio Buarque de Holanda (Organizador), O Brasil Monárquico, tomo II, volume 3: Reações e transações. 5ª edição. São Paulo : DIFEL, 1985.

Ligações externasEditar