César Leal

Disambig grey.svg Nota: se procura escritor cearense, veja César Barros Leal.

Francisco César Leal (Saboeiro, 20 de março de 1924[1][2] - 05 de Junho de 2013[3]) foi um jornalista, professor, crítico literário e poeta brasileiro.

César Leal
Nome completo Francisco César Leal
Nascimento 20 de março de 1924
Saboeiro, Brasil
Morte 5 de junho de 2013 (89 anos)
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Jornalista, professor, crítico literário e poeta
Prémios Prêmio Literário Othon Bezerra de Mello (1964, 1979)

Prêmio Olavo Bilac (1987)
Prémio Machado de Assis (2006)

Magnum opus Entre o leão e o tigre: breves ensaios sobre teoria e crítica do poema

Professor e acadêmicoEditar

Graduado pela Faculdade de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco,[4] idealizou e fundou o curso de pós-graduação em Letras na Universidade Federal de Pernambuco.[2] Foi ainda membro do Conselho Diretor da Fundação Joaquim Nabuco, membro do Conselho Federal de Cultura e editor da revista Estudos Universitários.[4]

Foi eleito para a cadeira 23 da Academia Pernambucana de Letras,[3][2] em 27 de agosto de 2007, na vaga aberta com o falecimento de Evaldo Bezerra Coutinho.

PrêmiosEditar

CondecoraçõesEditar

  • Condecorado Cavaliere da Ordem do Mérito da República da Itália;
  • Cidadão Honorário do Estado de Pernambuco;[3][4]
  • Condecorado com a Ordem Capibaribe, por serviços prestados à Cidade do Recife.

Livros publicadosEditar

  • Alturas (1997)
  • O arranha-céu e outros poemas (1994)
  • Os cavaleiros de Júpiter (1968)
  • Constelações (1986)
  • Dimensões temporais da poesia & outros ensaios
  • Entre o leão e o tigre
  • Os heróis (1983)
  • Invenções da noite menor (1957)
  • Minha amante em Leipzig
  • Quatro poemas & quatro estudos (1998)[1]
  • Quinta estação (1972)
  • Romance do Pantaju (1962)[2]
  • Tambor cósmico (1978)[2]
  • Tempo e vida na Terra (1998)
  • O trunfo das águas (1968)

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.