Abrir menu principal

Caio Lúcio Telesino

Caio Lúcio Telesino
Cônsul do Império Romano
Consulado 66 d.C.

Caio Lúcio Telesino (em latim: Gaius Luccius Telesinus) foi um senador romano eleito cônsul em 66 com Caio Suetônio Paulino[1][2]. Na "Vida de Apolônio", de Filóstrato, Telesino aparece como um cônsul piedoso conversando com Apolônio de Tiana. Ele permite que Apolônio entre nos templos romanos, que os reformasse e que vivesse neles durante sua estadia[3]. Segundo Filóstrato, Telesino estudou filosofia com Apolônio[4].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Ingemar König, Der römische Staat II: Die Kaiserzeit, Stuttgart 1997, p. 469
  2. CIL VI, 8639 = CIL X, 6637 = InscrIt. 13-1, 32 = AE 1997, 102 = AE 2002, 309 = AE 2003, 298, Âncio (Itália); CIL XI, 395 = AE 2009, 468, Rimini (Itália); RMD III 201b = AE 1925, 11 = AE 1926, 65 = AE 1927, 153 = AE 1991, 1261, Windisch (Suíça); InscrIt. 13-1, 29,2 = AE 1946, 124, Roma (Itália); AE 2002, 512 = AE 2007, 264, Concórdia (Itália)
  3. Filóstrato, Vida de Apolônio, IV.40
  4. Filóstrato, Vida de Apolônio IV.43