Caio Lúcio Telesino

Caio Lúcio Telesino (em latim: Gaius Luccius Telesinus) foi um senador romano eleito cônsul em 66 com Caio Suetônio Paulino[1][2]. Na "Vida de Apolônio", de Filóstrato, Telesino aparece como um cônsul piedoso conversando com Apolônio de Tiana. Ele permite que Apolônio entre nos templos romanos, que os reformasse e que vivesse neles durante sua estadia[3]. Segundo Filóstrato, Telesino estudou filosofia com Apolônio[4].

Caio Lúcio Telesino
Cônsul do Império Romano
Consulado 66 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Aulo Licínio Nerva Siliano

com Marco Júlio Vestino Ático
com Públio Pasidieno Firmo (suf.)
com Caio Pompônio Pio (suf.)
com Caio Anício Cerial (suf.)

Caio Lúcio Telesino
66

com Caio Suetônio Paulino
com Marco Ânio Afrino (suf.)
com Caio Pácio Africano (suf.)
com Marco Arrúncio Áquila (suf.)
com Marco Vécio Bolano (suf.)

Sucedido por:
'Lúcio Júlio Rufo

com Fonteio Capitão
com Lúcio Aurélio Prisco (suf.)
com Ápio Ânio Galo (suf.)
com Lúcio Verulano Severo (suf.)


Referências

  1. Ingemar König, Der römische Staat II: Die Kaiserzeit, Stuttgart 1997, p. 469
  2. CIL VI, 8639 = CIL X, 6637 = InscrIt. 13-1, 32 = AE 1997, 102 = AE 2002, 309 = AE 2003, 298, Âncio (Itália); CIL XI, 395 = AE 2009, 468, Rimini (Itália); RMD III 201b = AE 1925, 11 = AE 1926, 65 = AE 1927, 153 = AE 1991, 1261, Windisch (Suíça); InscrIt. 13-1, 29,2 = AE 1946, 124, Roma (Itália); AE 2002, 512 = AE 2007, 264, Concórdia (Itália)
  3. Filóstrato, Vida de Apolônio, IV.40
  4. Filóstrato, Vida de Apolônio IV.43