Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Baiano de Futebol de 2016

O Campeonato Baiano de Futebol de 2016 foi a centésima décima segunda edição da competição, realizado no estado da Bahia e organizado pela Federação Baiana de Futebol.[1]

Campeonato Baiano de Futebol Profissional
Edição 2016
Baianão 2016
Dados
Participantes 12
Período 30 de janeiro8 de maio
Gol(o)s 139
Partidas 56
Média 2,48 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira de Salvador.svg Vitória (28° título)
Vice-campeão Bandeira de Salvador.svg Bahia
Rebaixado(s) Br-ba-fs.jpg Feirense
Flag of Ilhéus.svg Colo Colo
Melhor marcador 6 gols:
Maior goleada
(diferença)
Bahia Bandeira de Salvador.svg 4 - 0 Bandeira de Salvador.svg Galícia
Arena Fonte NovaSalvador
9 de março, 4° rodada
Público 220 294[i]
Média 3 933,8 pessoas por partida
Outras divisões
2ª Divisão Atlântico (1º título)
Premiações
Melhor jogador
(FBF)
Marinho (Vitória)
Melhor treinador
(FBF)
Vagner Mancini (Vitória)
Melhor árbitro
(FBF)
Emerson Ricardo
◄◄ 2015 Soccerball.svg 2017 ►►

O campeão foi o Vitória, seu 28º título, tendo como vice o Bahia, após perder o segundo jogo por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, mas tinha a vantagem por ter ganhado o primeiro jogo no Barradão por 2 a 0.[2] Na disputa do terceiro e quarto lugar, o Juazeirense conquistou pelo segundo ano seguido após empatar por 1 a 1 no segundo jogo, em casa, contra o Fluminense de Feira e optou pela vaga para disputar a Copa do Nordeste de 2017, enquanto o Flu de Feira disputará a Série D de 2016, contudo, o Juazeirense também disputará a competição nacional por causa do time de Feira de Santana ter vencido a Copa Governador do Estado 2015 e assim garantindo uma vaga.[3][4]

Índice

RegulamentoEditar

Na primeira fase, as 12 equipes foram divididas em 2 grupos de 6, que disputaram, Grupo 1 e Grupo 2, um contra o outro, em jogos só de ida, ou seja, 6 rodadas (3 partidas em casa e 3 fora para cada time, contra os do grupo adversário). Vitória e Bahia foram os "cabeças de chave", respectivamente, que se enfrentaram na derradeira rodada.

Os oito melhores times na classificação geral, independentemente do grupo em que estão, podendo ser 4 e 4, 5 e 3 ou 6 e 2 de cada chave, garantem vaga na próxima fase. A partir daí, o campeonato entra na fase de mata-mata: quartas, semi e final, todos com jogos de ida e volta.

Nas quartas de final, o time de melhor campanha na primeira fase enfrenta o 8º, o 2º pega o 7º, o 3º duela com o 6º e o 4º enfrenta o 5º, os quatro primeiros classificados desses, terão seu mando de campo nos jogos de volta. Se as duas partidas tiverem o mesmo placar (0x0 e 0x0, 1x1 e 1x1, 2x0 e 0x2) ou a mesma diferença de gols (0x0 e 1x1, 1x0 e 1x2, 2x0 e 1x3), avança o melhor na primeira fase (mandante do 2° jogo), não havendo decisão por pênaltis nem o critério de gol marcado fora de casa, assim como com os que lutam contra o rebaixamento.

Na disputa pela permanência, em 2016, a briga é direta. Os quatro últimos, no geral, se enfrentam: o 9º pega o 12º e o 10º duela com o 11º, em partidas de ida e volta. Os dois derrotados no agregado, com os critérios acima, caem para a segunda divisão estadual.

O campeão e o vice disputarão a Copa do Nordeste de 2017 e a Copa do Brasil de 2017. A equipe que conquistar o 3º lugar terá direito a escolher uma vaga, também, na Copa do Nordeste de 2017 ou na Série D do Campeonato Brasileiro de 2016, ficando o torneio dispensado para o 4º colocado.

Clubes participantesEditar

Locais de disputaEditar

Bahia Bahia de Feira Colo Colo Feirense
Arena Fonte Nova Pedro Amorim Mário Pessoa Valfredão
       
Flamengo de Guanambi
Localização dos mandos de campo das equipes participantes da Primeira Divisão de 2016. Grupos: A //  B.
Fluminense de Feira
2 de Julho Valfredão
   
Galícia Jacobina
Pituaçu José Rocha
   
Jacuipense Juazeirense Vitória Vitória da Conquista
Valfredão Adauto Moraes Barradão Lomantão
       

Devido à situação irregular de certos estádios, alguns clubes jogam partidas em estádios distantes de sua sede. O estádio Adauto Moraes não foi liberado, então a Juazeirense mandará suas partidas dos dias 21 de fevereiro e 6 de março no estádio Paulo de Souza Coelho, no município pernambucano de Petrolina. Da mesma forma, até que o estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista, seja liberado, o ECPP Vitória da Conquista manda seus jogos em Ilhéus, no estádio Mário Pessoa.[5]

TelevisãoEditar

Pelo sexto ano consecutivo, a TV Bahia (afiliada da Rede Globo) e suas afiliadas detém todos os direitos de transmissão para a temporada de 2016 pela televisão aberta e em pay-per-view através do canal Premiere FC (PFC). A emissora renovou os direitos de transmissão até 2020.[6]

A TV Bahia transmitiu as seguintes partidas em sinal aberto:

  • 1.ª rodada - Juazeirense 2x3 Bahia - 31 de janeiro (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[7]
  • 2.ª rodada - Vitória da Conquista 1x1 Vitória - 10 de fevereiro (Qua) - 20:45 (Todo o estado)[8]
  • 3.ª rodada - Colo Colo 2x3 Bahia - 21 de fevereiro (Dom) - 17:00 (Todo o estado)[9]
  • 4.ª rodada - Fluminense de Feira 1x0 Vitória - 28 de fevereiro (Dom) - 17:00 (Todo o estado)[10]
  • 5.ª rodada - Bahia de Feira 0x2 Bahia - 6 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[11]
  • 6.ª rodada - Fluminense de Feira 2x2 Bahia de Feira - 13 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[12]
  • Quartas (ida) - Bahia de Feira 0x2 Bahia - 20 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[13]
  • Quartas (volta) - Vitória da Conquista 2x1 Colo Colo - 27 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[14]
  • Semi (ida) - Juazeirense 2x3 Vitória - 10 de abril (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[15]
  • Final (ida) - Vitória 2x0 Bahia - 1 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[16]
  • Final (volta) - Bahia 1x0 Vitória - 8 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado))[17]

O PFC transmitiu as seguintes partidas em sinal fechado:

  • 1.ª rodada - Vitória 3x0 Jacuipense - 30 de janeiro (Sab) - 16:00 (Todo o estado)[7]
  • 2.ª rodada - Bahia 2x1 Flamengo de Guanambi - 11 de fevereiro (Qui) - 20:30 (Todo o estado)[8]
  • 3.ª rodada - Vitória 3x1 Jacobina - 21 de fevereiro (Dom) - 17:00 (Todo o estado)[9]
  • 5.ª rodada - Vitória 2x0 Feirense - 5 de março (Sab) - 16:00 (Todo o estado)[11]
  • 4.ª rodada - Bahia 4x0 Galícia - 9 de março (Qua) - 19:30 (Todo o estado)[18]
  • 6.ª rodada - Bahia 0x2 Vitória - 13 de março (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[12]
  • Quartas (ida) - Flamengo de Guanambi 1x0 Vitória - 19 de março (Sab) - 16:00 (Todo o estado)[13]
  • Quartas (volta) - Vitória 3x0 Flamengo de Guanambi - 26 de março (Sab) - 18:30 (Todo o estado)[14]
  • Semi (ida) - Fluminense de Feira 0x2 Bahia - 9 de abril (Sab) - 18:30 (Todo o estado)[15]
  • Semi (volta) - Bahia 2x1 Fluminense de Feira - 20 de abril (Qua) - 20:30 (Todo o estado)[19]
  • Semi (volta) - Vitória 3x0 Juazeirense - 20 de abril (Qui) - 16:00 (Todo o estado)[19]
  • Final (ida) - Vitória 2x0 Bahia - 1 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado)[16]
  • Final (volta) - Bahia 1x0 Vitória - 8 de maio (Dom) - 16:00 (Todo o estado))[17]

Primeira faseEditar

Grupo 1 Bahia de Feira, Colo Colo, Flamengo de Guanambi, Galícia, Juazeirense, Vitória
Grupo 2 Bahia, Feirense, Fluminense de Feira, Jacobina, Jacuipense, Vitória da Conquista

ClassificaçãoEditar

Pos. Times P J V E D GP GC SG % Zona de classificação ou rebaixamento
  Bahia 15 6 5 0 1 14 7 7 83.33% Zona de classificação às quartas-de-final
  Vitória 13 6 4 1 1 11 3 8 72.22%
  Galícia 12 6 4 0 2 10 6 4 66.67%
  Jacobina 12 6 4 0 2 10 7 3 66.67%
  Juazeirense 10 6 3 1 2 9 4 5 55.56%
  Fluminense de Feira 9 6 2 3 1 5 4 1 50.00%
  Flamengo de Guanambi 8 6 2 2 2 5 5 0 44.44%
  Bahia de Feira 8 6 2 2 2 10 11 -1 44.44%
  Vitória da Conquista 6 6 1 3 2 7 7 0 33.33% Zona da disputa contra o rebaixamento
10º   Feirense 3 6 1 0 5 2 12 -10 16.67%
11º   Jacuipense 2 6 0 2 4 6 14 -8 11.11%
12º   Colo Colo 2 6 0 2 4 6 14 -8 11.11%

JogosEditar

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

 
Partida pela quinta rodada entre o Flu de Feira e o Flamengo de Guanambi, no Estádio 2 de Julho
  BAH BFE COL FEI FLA FLU GAL JCB JAC JZE VIT VCO
Bahia 2–1 4–0 0–2
Bahia de Feira 0–2 2–0 2–2
Colo Colo 2–3 0–0 2–2
Feirense 1–0 0–1 1–4
Flamengo de Guanambi 2–1 1–1 0–0
Fluminense de Feira 2–2 0–0 1–0
Galícia 0–1 3–0 1–0
Jacobina 2–0 4–1 1–0
Jacuipense 3–4 0–2 0–2
Juazeirense 2–3 3–0 0–2
Vitória 2–0 3–1 3–0
Vitória da Conquista 4–1 0–2 1–1

Desempenho por rodadaEditar

Fase finalEditar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

Quartas de final Semifinais Final
    09 à 21 de abril  01 e 08 de maio
                                     
   Juazeirense 2 0 2  
   Jacobina 0 1 1  
     Juazeirense 2 0 2  
     Vitória 3 3 6  
   Flamengo de Guanambi 1 0 1
   Vitória 0 3 3  
     Vitória 2 0 2
     Bahia 0 1 1
   Fluminense de Feira 3 0 3  
   Galícia 0 1 1  
     Fluminense de Feira 0 1 1
     Bahia 2 2 4
   Bahia de Feira 0 1 1
   Bahia 2 2 4
  Disputa do 3° lugar
01 e 08 de maio
         
   Fluminense de Feira 0 1 1
   Juazeirense 0 1 1
Campeão Baiano de 2016
 
Vitória
28° título
Vice-campeão: Terceiro colocado: Artilheiro: Melhor goleiro:
  Bahia   Juazeirense Nino Guerreiro (Juazeirense) Jair (Fluminense de Feira)

Disputa contra o rebaixamentoEditar

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times rebaixados.

  Chave 1
20 de abril e 27 de abril
         
   Colo Colo 0 1 1
   Vitória da Conquista 0 2 2
  Chave 2
20 de abril e 27 de abril
         
   Jacuipense 2 1 3
   Feirense 1 0 1

Classificação finalEditar