Abrir menu principal

Campeonato Brasileiro de Futebol Americano de 2018

Campeonato Brasileiro de Futebol Americano de 2018
Dados
Participantes 75
Organização Liga BFA
LNFA
Período 30 de junho - 16 de dezembro
◄◄2017 Sport football.svg 2019►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol Americano de 2018 foi uma competição organizada pelas ligas de clubes Liga Brasil Futebol Americano (Liga BFA) e Liga Nacional de Futebol Americano (LNFA), chanceladas pela Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA). Nesta edição a Liga Nordeste de Futebol Americano da LINEFA não fez parte da competição. A Liga BFA organizou a competição homônima, que corresponde à divisão de elite do futebol americano no país. Já a LNFA organizou a Liga Nacional, divisão de acesso à Liga BFA. O campeonato nacional contou com 75 equipes: 32 na Liga BFA e 43 na Liga Nacional.[1][2][3][4][5]

Brasil Futebol AmericanoEditar

 Ver artigo principal: Brasil Futebol Americano de 2018

Este torneio contou com a participação de 32 equipes em suas quatro conferências. Disputaram 26 equipes que participaram da elite nacional, a BFA 2017, as quatro equipes que garantiram acesso através da divisão de acesso, a Liga Nacional de 2017, mais duas equipes convidadas na Conferência Centro-Oeste, para diminuir as distâncias percorridas pelas equipes desta região. As equipes foram Brasília Templários e Leões de Judá, ambas da Capital Federal. A equipe do Campo Grande Predadores, rebaixada, foi convidada a permanecer na elite e a equipe do Sinop Coyotes desistiu de participar.[6] No início de julho, o Juiz de Fora Imperadores e o Goiânia Rednecks desistem da competição alegando problemas financeiros e estruturais. Devido à desistência das equipes mineira e goiana após a divulgação da tabela de jogos os jogos que envolviam JF Imperadores e Rednecks foram considerados como W.O. com vitória de 49 a 0 para o adversário.[7] As duas melhores equipes disputam a grande final, o Brasil Bowl IX. A pior equipe de cada conferência é rebaixada à Liga Nacional de 2019 ou Liga Nordeste de 2019.[8]

Equipes participantesEditar

Conferência Sul Conferência Sudeste
Grupo Leste Grupo Oeste
Conferência Centro-Oeste Conferência Nordeste
Grupo Norte Grupo Sul

PremiaçõesEditar

Brasil Bowl IX
 
Galo FA
Campeão
(2º título)

Liga NacionalEditar

Este torneio contou com a participação de 43 equipes em suas duas conferências com duas divisões cada. Três equipes garantem vaga no Brasil Futebol Americano de 2019.[3] Após início da competição, o Curitiba Lions desistiu da sua participação sem disputar nenhum jogo. Todos os jogos que envolviam o time foram considerados como W.O. com vitória de 49 a 0 para o adversário.[9]

Equipes participantesEditar

Conferência Brasileira
Divisão Centro-Oeste
Conferência Americana
Divisão Sudeste
Grupo C Grupo 1 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 4
Conferência Brasileira
Divisão Norte
Conferência Americana
Divisão Sul
Grupo A Grupo B Grupo 5 Grupo 6 Grupo 7

PremiaçõesEditar

Super Bowl
 
Ribeirão Preto Challengers
Campeão
(1º título)

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Brasil Futebol Americano 2018». futebolamericanobrasil.com. Consultado em 5 de julho de 2018 
  2. «BFA 2018». salaooval.com.br. Consultado em 5 de julho de 2018 
  3. a b «Liga Nacional 2018». futebolamericanobrasil.com. Consultado em 5 de julho de 2018 
  4. «Liga Nacional 2018». salaooval.com.br. Consultado em 5 de julho de 2018 
  5. «"Por que a Liga Nacional não pode ser maior que a BFA?"». salaooval.com.br. 28 de junho de 2018. Consultado em 5 de julho de 2018 
  6. «BFA anuncia calendário 2018 com muitas novidades». fabrnetwork.com. 10 de dezembro de 2017. Consultado em 5 de julho de 2018 
  7. «Goiânia Rednecks e Juiz de Fora Imperadores anunciam desistência da temporada 2018 do BFA». futebolamericanobrasil.com. 5 de julho de 2018. Consultado em 5 de julho de 2018 
  8. «Regulamento do BFA 2018». salaooval.com.br. Consultado em 5 de julho de 2018 
  9. «Curitiba Lions desiste da temporada 2018 da Liga Nacional». futebolamericanobrasil.com. 5 de julho de 2018. Consultado em 8 de julho de 2018 

Ligações externasEditar