Abrir menu principal

Campeonato Catarinense de Futebol de 2010 - Divisão Especial

Campeonato Catarinense de 2010
Divisão Especial - Segunda Divisão
Dados
Participantes 10
Organização FCF
Anfitrião  Santa Catarina
Período 5 de agosto4 de dezembro
Gol(o)s 265
Partidas 104
Média 2,55 gol(o)s por partida
Campeão 'Marcílio Dias'
Vice-campeão Concórdia
Rebaixado(s) Videira
Melhor marcador Jonatas Belusso (XV de Indaial) - 16 gols
Melhor ataque (fase inicial) Concórdia - 36 gols
Melhor defesa (fase inicial) Concórdia - 13 gols
Maior goleada
(diferença)
Tubarão 7 – 0 Porto-SC
Estádio Domingos SilveiraTubarão
1 de outubro de 2010
Público 24 810
Média 248,1 pessoas por partida
Divisão de Acesso Caxias-SC
◄◄ Santa Catarina D. Especial 2009 Soccerball.svg D. Especial 2011 Santa Catarina ►►

A Divisão Especial do Campeonato Catarinense de Futebol de 2010 que foi a 24ª edição da Segundona do Catarinense, contou com a participação de 10 equipes neste ano, e realizou-se entre os dias 5 de agosto e 4 de dezembro.

Índice

Equipes ParticipantesEditar

RegulamentoEditar

Fórmula de DisputaEditar

O campeonato foi dividido em quatro fases distintas:

  • Turno: As 10 equipes jogaram entre si todas contra todas apenas as partidas de ida. O clube que apresentou a maior pontuação ao final de 9 rodadas foi declarado Campeão do Turno e se classificou ao Quadrangular.
  • Returno: Idêntico ao Turno, mas com os jogos de volta.
  • Quadrangular: Juntaram-se aos campeões dos turnos as duas equipes com as maiores pontuações na soma das duas fases anteriores. Se o campeão do Turno fosse o mesmo do Returno, o clube com a terceira maior pontuação ganharia a classificação. Nesta fase os quatro classificados jogaram todos contra todos, no sistema de pontos corridos. As duas equipes que mais pontuaram, nesta fase, foram classificadas para a Final do Campeonato.
  • Final: Nesta fase os dois clubes jogaram partidas de ida e volta sendo mandante do jogo de volta (segunda partida), a equipe que obteve o maior número de pontos ganhos em toda a competição, na soma do Turno, Returno e Quadrangular, bem como os pontos de bonificação atribuidos às equipes vitoriosas no Turno e Returno. Aquele que apresentou mais pontos na fase final, independente do saldo de gols, foi declarado Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2010, caso houvese empate de pontos, o segundo jogo teria uma prorrogação de 30 minutos com o placar zerado e se esta não resolvesse, o mandante do segundo jogo (aquele que apresentou maior pontuação nas 3 fases anteriores) seria considerado vencedor.

Observação: Ao início de cada fase, a pontuação de todas as equipes é zerada, a exceção se dá no Quadrangular, visto que os vencedores de cada turno iniciam esse período com um ponto (se o campeão do turno for o mesmo do returno, este inicia com 2 pontos).

Classificação FinalEditar

A Classificação será definida conforme as fases. O Campeão seria o vencedor da Final e o Vice-Campeão o perdedor da mesma. O terceiro e o quarto colocado seriam, respectivamente, o terceiro e o quarto colocado do Quadrangular. As colocações seguintes seriam definidas de acordo com a pontuação nas duas fases iniciais.

O campeão e o vice conquistaram o acesso à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e a classificação para a Copa Santa Catarina de 2011. O último colocado foi rebaixado para a Divisão de Acesso de 2011.

Critérios de DesempateEditar

  • Maior número de vitórias;
  • Maior saldo de gols;
  • Maior número de gols pró;
  • Confronto direto, somente no caso de empate entre duas equipes;
  • Menor número de cartões vermelhos recebidos;
  • Menor número de cartões amarelos recebidos;
  • Sorteio.

TurnoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Atlético Tubarão 20 9 6 2 1 14 6 +8 74
2 XV de Outubro 18 9 6 0 3 13 7 +6 66,6
3 Marcílio Dias 18 9 5 3 1 12 8 +4 66,6
4 Concórdia 17 9 5 2 2 10 5 +5 63
5 Hercílio Luz 13 9 3 4 2 13 10 +3 48,1
6 Joaçaba 12 9 3 3 3 4 7 -3 44,4
7 Camboriú 9 9 2 3 4 5 7 -2 33,3
8 Porto 9 9 2 3 4 9 12 -3 33,3
9 Próspera 7 9 2 1 6 6 11 -5 26
10 Videira 1 9 0 1 8 6 19 -13 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão do Turno e classificado ao Quadrangular.

ReturnoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 24 9 8 0 1 20 8 +12 88,8
2 Concórdia 22 9 7 1 1 26 8 +18 81,5
3 Atlético Tubarão 17 9 5 2 2 19 9 +10 62,3
4 XV de Outubro 14 9 3 5 1 15 12 +3 51,8
5 Próspera 12 9 3 3 3 12 13 -1 44,4
6 Camboriú 10 9 2 4 3 13 11 +2 37
7 Hercílio Luz 10 9 2 4 3 13 11 +2 37
8 Joaçaba 6 9 1 3 5 10 21 -11 22,2
9 Porto 6 9 1 3 5 12 26 -14 22,2
10 Videira 1 9 0 1 8 4 25 -21 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão do Returno e classificado ao Quadrangular.

ConfrontosEditar

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATL CAM CON HER JOA MAR POR PRO VID XVO
Atlético Tubarão 1-1 1-0 2-0 4-1 4-0 7-0 1-0 2-1 3-1
Camboriú 0-0 0-1 0-1 0-0 1-2 1-1 1-0 6-0 1-1
Concórdia 4-0 1-0 2-1 1-0 0-1 6-2 4-0 3-0 1-0
Hercílio Luz 1-1 0-1 1-1 1-1 3-3 5-1 3-1 2-2 3-0
Joaçaba 0-1 0-0 1-3 1-0 0-0 2-1 0-3 3-3 0-3*
Marcílio Dias 1-0 1-0 0-0 2-1 2-1 2-1 5-1 3-0 2-1
Porto 3-3 2-2 2-1 0-0 2-3 0-2 0-0 3-0* 1-1
Próspera 0-1 4-1 1-2 1-1 0-0 0-1 2-1 3-1 0-0
Videira 0-2 1-3 0-3* 0-1 0-1 0-3* 0-1 1-2 1-2
XV de Outubro 2-0 2-0 3-3 2-2 4-0 3-2 1-0 1-0 1-0

*Placar do jogo definido por W.O.

Classificação da primeira faseEditar

Na classificação da primeira fase, soma-se apenas a pontuação conquistada no Turno e no Returno.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 42 18 13 3 2 32 16 +16 77,7
2 Concórdia 39 18 12 3 3 36 13 +23 72,2
3 Atlético Tubarão 37 18 11 4 3 33 15 +18 68,5
4 XV de Outubro 32 18 9 5 4 28 19 +9 59,2
5 Hercílio Luz 23 18 5 8 5 26 21 +5 42,6
6 Próspera 19 18 5 4 9 18 24 -12 35,2
7 Camboriú 19 18 4 7 7 18 18 0 35,2
8 Joaçaba 18 18 4 6 8 14 28 -14 33,3
9 Porto 15 18 3 6 9 21 38 -17 27,7
10 Videira 2 18 0 2 16 10 44 -34 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificação ao Quadrangular por ser campeão do Turno.
Classificação ao Quadrangular por ser campeão do Returno.
Classificação ao Quadrangular por índice técnico.
Rebaixado à Divisão de Acesso de 2011.

Desempenho por RodadaEditar

Clubes que lideraram a classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
PRO MAR ATL XVO MAR XVO ATL MAR

Clubes que ficaram na última posição da classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
HER VID

QuadrangularEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 14 6 4 1 1 10 6 +4 77,7
2 Concórdia 9 6 3 0 3 8 8 0 50
3 Atlético Tubarão 9 6 2 2 2 7 5 +2 50
4 XV de Outubro 4 6 1 1 4 4 10 -6 22,2
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificados à Final.

ConfrontosEditar

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATL CON MAR XVO
Atlético Tubarão 5-1 1-1 1-0
Concórdia 2-0 2-0 3-0
Marcílio Dias 1-0 2-0 3-1
XV de Outubro 0-0 1-0 2-3

FinalEditar

O time de melhor campanha nas fases anteriores, terá o direito do mando de campo na segunda partida da final, além da vantagem do resultado de empate ao final da prorrogação.

Primeiro jogoEditar

27 de novembro Concórdia 4 – 2 Marcílio Dias Estádio Domingos Machado de Lima, Concórdia
17h00
Tiago Pereira   9'
Baroni   34'
Elcimar   58'
Mateus   77'
Súmula Rincon   8'
Maicon   72'
Público: 502
Árbitro:   Júlio César Cardoso dos Santos

Segundo jogoEditar

4 de dezembro Marcílio Dias 2 (0) X (0) 0 Concórdia Estádio Hercílio Luz, Itajaí
19h00
Rincon   25'
Rodrigo Couto   76'
Súmula Público: 1.802
Árbitro:   Paulo Henrique de Godoy Bezerra

ClassificaçãoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG PRO
1 Marcílio Dias 3 2 1 0 1 4 4 0 0
2 Concórdia 3 2 1 0 1 4 4 0 0
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols; PRO - Gols na Prorrogação
Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2010 e classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e à Copa Santa Catarina de 2011.
Classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2011 e à Copa Santa Catarina de 2011.
Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2 Prorrogação
Marcílio Dias Concórdia 2 X 4 2 X 0 0 X 0

Campeão geralEditar

Campeonato Catarinense de 2010 - Divisão Especial
 

Marcílio Dias
2º Título

Classificação geralEditar

Na classificação geral, soma-se os pontos ganhos em toda a competição, Turno, Returno e Quadrangular, bem como os pontos de bonificação atribuidos às equipes vitoriosas no Turno e Returno.

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Marcílio Dias 56 24 17 4 3 42 22 +20 77,7
2 Concórdia 48 24 15 3 6 44 21 +23 66,6
3 Atlético Tubarão 46 24 13 6 5 40 20 +20 63,9
4 XV de Outubro 36 24 10 6 8 32 29 +3 50
5 Hercílio Luz 23 18 5 8 5 26 21 +5 42,6
6 Próspera 19 18 5 4 9 18 24 -12 35,2
7 Camboriú 19 18 4 7 7 18 18 0 35,2
8 Joaçaba 18 18 4 6 8 14 28 -14 33,3
9 Porto 15 18 3 6 9 21 38 -17 27,7
10 Videira 2 18 0 2 16 10 44 -34 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão da Divisão Especial de 2010 e Classificação à Divisão Principal de 2011.
Classificação à Divisão Principal de 2011.
Rebaixado à Divisão de Acesso de 2011.

Artilharia[1]Editar

Maiores públicosEditar

Público* Mandante Placar Visitante Estádio Data
1 1.802 Marcílio Dias 2 (0)(0) 0 Concórdia Hercílio Luz 4 de dezembro
2 1.062 Concórdia 2–0 Tubarão D. Machado Lima 17 de novembro
3 1.041 Marcílio Dias 2–0 Concórdia Hercílio Luz 21 de novembro
4 979 Hercílio Luz 1–1 Tubarão Aníbal Costa 17 de outubro
5 919 Marcílio Dias 1–0 Tubarão Hercílio Luz 10 de novembro

*Considera-se apenas o público pagante.

TríviaEditar

  • Mais uma vez o Videira é punido. Por ainda não ter pago as taxas de arbitragem do jogo contra o Hercílio Luz no dia 13 de outubro, pela segunda vez no campeonato a Federação Catarinense de Futebol cancela o jogo do Videira contra o Concórdia pela oitava rodada do returno do campeonato. Como no primeiro jogo cancelado, o Concórdia foi considerado o vencedor da partida pelo placar de 3 a 0 sendo considerado W.O..[3]

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar