Abrir menu principal

Campeonato Catarinense de Futebol de 2011 - Divisão Especial

Campeonato Catarinense de 2011
Divisão Especial - Segunda Divisão
Dados
Participantes 10
Organização FCF
Anfitrião  Santa Catarina
Período 20 de agosto3 de dezembro
Gol(o)s 274
Partidas 104
Média 2,63 gol(o)s por partida
Campeão 'Camboriú'
Vice-campeão Atlético de Ibirama
Rebaixado(s) Joaçaba
Melhor marcador 13 gols:
* Adriano (Atlético de Ibirama)
* Giba (Hercílio Luz)
Melhor ataque (fase inicial) Camboriú - 29 gols
Melhor defesa (fase inicial) Atlético de Ibirama - 10 gols
Maior goleada
(diferença)
Tubarão 8 – 1 Joaçaba
Estádio Domingos Silveira GonzalesTubarão
6 de novembro
Público 28 546
Média 279,9 pessoas por partida
◄◄ Santa Catarina D. Especial 2010 Soccerball.svg D. Especial 2012 Santa Catarina ►►

A Divisão Especial do Campeonato Catarinense de Futebol de 2011 foi a 25ª edição da Segundona do Catarinense, e contou com a participação de 10 equipes neste ano, sendo realizada entre os dias 20 de agosto e 3 de dezembro. O Camboriú sagrou-se o campeão e o Atlético de Ibirama o vice, conquistando, os dois, a vaga para a Divisão Principal de 2012.[1]

Equipes ParticipantesEditar

Equipe Município Em 2010 Estádio Capacidade Títulos
Atlético Ibirama¹   Ibirama (Principal) Baixada 6.000 1993, 2001
Atlético Tubarão   Tubarão Domingos Silveira Gonzales 3.500 ---
Camboriú   Camboriú Robertão 3.000 ---
Caxias   Joinville (Acesso) Arena Joinville 22.400 2002
Guarani²   Palhoça (Acesso) Renato Silveira 5.000 2003
Hercílio Luz   Tubarão Aníbal Costa 10.000 ---
Joaçaba   Joaçaba Da Nova 7.000 1992
Juventus   Jaraguá do Sul 10º (Principal) João Marcatto 10.000 ---
Porto   Porto União Municipal Antiocho Pereira 7.000 ---
XV de Indaial   Indaial Gigante do Vale 1.000 ---

¹ Cedeu sua vaga na Divisão Principal de 2011 para a Chapecoense.

² Herdou a vaga do Próspera.

RegulamentoEditar

Primeira faseEditar

Primeiro TurnoEditar

  • Primeira fase: Os dez participantes jogam todos contra todos, em turno único. As 4 equipes que mais somarem pontos nessa etapa classificam-se para a segunda fase.
  • Fase final: A semifinal e a final será disputada em partida única, com vantagem de empate para o clube de melhor campanha.

Segundo TurnoEditar

  • Primeira fase: Os dez participantes jogam todos contra todos, em turno único. As 4 equipes que mais somarem pontos nessa etapa classificam-se para a segunda fase. A única diferença em relação ao Primeiro Turno é que o mando de campo será invertido.
  • Fase final: A semifinal e a final será disputada em partida única, com vantagem de empate para o clube de melhor campanha. Se o campeão do Primeiro Turno conquistar o título, a segunda vaga para a grande final ficará com o segundo colocado na classificação geral (soma entre os dois turnos)

Critérios de desempateEditar

Caso haja empate de pontos entre dois clubes, os critérios de desempates serão aplicados na seguinte ordem:

  1. Número de vitórias
  2. Saldo de gols
  3. Gols marcados
  4. Confronto direto
  5. Número de cartoes vermelhos
  6. Número de cartoes amarelos
  7. Sorteio

FinalEditar

A final foi disputada em duas partidas envolvendo os campeões do Primeiro Turno e do Segundo Turno (ou time de melhor índice técnico nas duas primeiras fases: turno e returno). O clube de melhor campanha teve direito a mando de campo no segundo jogo.

Critérios de desempateEditar

  1. Saldo de gols
  2. Gols fora de casa (caso duas partidas não forem no mesmo estádio)
  3. Desempenho na primeira fase

RebaixamentoEditar

O último clube na classificação geral, foi rebaixado para a Divisão de Acesso de 2012 (equivalente a terceira divisão de Santa Catarina).

Primeira faseEditar

TurnoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Juventus 19 9 5 4 0 7 1 +6 70,4
2 Guarani 18 9 6 0 3 19 8 +11 66,6
3 Atlético Ibirama 17 9 5 2 2 11 5 +6 63
4 Hercílio Luz 16 9 5 1 3 15 10 +5 59,3
5 Camboriú 16 9 5 1 3 12 10 +2 59,3
6 Atlético Tubarão 16 9 5 1 3 10 9 +1 59,3
7 Porto 10 9 3 1 5 12 18 -6 37
8 XV de Indaial 7 9 2 1 6 11 14 -3 25,9
9 Joaçaba 5 9 1 2 6 8 20 -12 18,5
10 Caxias 3 9 0 3 6 6 16 -10 11,1
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificado à Fase final.

Fase finalEditar

  Semifinais Final
                     
   Juventus de Jaraguá 0 1 1  
   Hercílio Luz 3 0 3  
     Atlético de Ibirama 0 3 3
     Hercílio Luz 1 1 2
   Guarani de Palhoça 0 0 0
   Atlético de Ibirama 0 3 3

ReturnoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Camboriú 20 9 6 2 1 17 5 +12 74,1
2 Atlético Ibirama 20 9 6 2 1 16 5 +11 74,1
3 Atlético Tubarão 18 9 5 3 1 18 6 +12 66,7
4 Hercílio Luz 17 9 5 2 2 13 5 +8 63
5 Porto 16 9 5 1 3 14 13 +1 59,3
6 XV de Indaial 14 9 4 2 3 14 11 -3 51,8
7 Guarani 10 9 3 1 5 9 14 -5 37
8 Juventus 7 9 2 1 6 13 18 -5 25,9
9 Caxias 5 9 1 2 6 9 21 -12 18,5
10 Joaçaba 1 9 0 1 8 6 30 -24 3,7
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Classificado à Fase final.

Fase finalEditar

  Semifinais Final
                     
   Camboriú 1 1 2  
   Hercílio Luz 1 0 1  
     Camboriú 0 1 1
     Atlético de Ibirama 2 1 3
   Atlético de Ibirama 2 2 4
   Tubarão 2 0 2

ConfrontosEditar

Para ler a tabela, a linha horizontal representa os jogos da equipe como mandante. A coluna vertical indica os jogos da equipe como visitante.

Jogos do Turno estão em vermelho e os jogos do Returno estão em azul.

  ATI ATT CAM CAX GUA HER JOA JUV POR XVI
Atlético Ibirama 0-0 2-0 1-0 0-1 0-1 4-0 3-0 1-0 3-0
Atlético Tubarão 0-1 1-2 1-0 3-2 0-1 8-1 2-1 3-2 3-1
Camboriú 0-2 0-1 3-1 4-1 1-0 1-0 1-1 5-0 3-2
Caxias 0-1 1-1 0-0 0-1 1-3 1-1 0-0 2-2 1-5
Guarani 0-1 0-2 0-1 3-0 0-2 6-1 0-1 2-3 1-0
Hercílio Luz 1-1 0-0 0-3 3-0 1-2 1-0 4-0 5-0 2-1
Joaçaba 0-3* 3-1 0-3* 2-5 0-2 2-2 0-1 1-1 1-3
Juventus 0-0 0-0 1-2 6-1 1-1 1-0 3-1 2-0 1-3
Porto 4-1 0-1 3-0 2-1 1-4 1-2 2-1 1-0 2-0
XV de Indaial 3-3 0-1 0-0 2-1 1-2 2-0 3-0 0-1 0-2

*Placar do jogo definido por W.O.

Classificação geralEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG AP%
1 Atlético Ibirama 37 18 11 4 3 27 10 +17 68,5
2 Camboriú 36 18 11 3 4 29 15 +14 66,7
3 Atlético Tubarão 34 18 10 4 4 28 15 +13 63
4 Hercílio Luz 33 18 10 3 5 28 15 +13 61,1
5 Guarani 28 18 9 1 8 28 22 +6 51,8
6 Porto 26 18 8 2 8 26 31 -5 48,1
7 Juventus 26 18 7 5 6 20 19 +1 48,1
8 XV de Indaial 17 18 5 2 11 24 29 -5 31,5
9 Caxias 8 18 1 5 12 15 37 -22 14,8
10 Joaçaba 6 18 1 3 14 14 50 -36 11,1
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols;
AP - aproveitamento em porcentagem
Campeão da Divisão Especial de 2011 e Classificação à Divisão Principal de 2012.
Classificação à Divisão Principal de 2012.
Rebaixado à Divisão de Acesso de 2012.

Desempenho por RodadaEditar

Clubes que lideraram a classificação geral ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
AIB GUA POR AIB HER AIB GUA JUV GUA CAM HER AIB

Clubes que ficaram na última posição da classificação geral (fase inicial) ao final de cada rodada:

Rodadas
Turno Returno
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
CAM CAX JOA JOA CAX JOA CAX JOA

FinalEditar

O time de melhor campanha na classificação geral, teve o direito do mando de campo na segunda partida da final, além da vantagem do resultado de empate ao final dos critérios de desempate.

IdaEditar

30 de novembro de 2011 Camboriú 4 x 1 Atlético de Ibirama Estádio Robertão, Camboriú
20h30
Thiago Silva   16'
Juninho Tardelli   50'
Mailson   76'
Douglas   79'
Súmula Adriano   44' Público: 284
Árbitro:   Célio Amorim

VoltaEditar

3 de dezembro de 2011 Atlético de Ibirama 2 x 2 Camboriú Estádio Baixada, Ibirama
16h00
Rogério   20'
Jajá   81'
Súmula   45' Thiago Silva
  87' Juninho Tardelli
Público: 544
Árbitro:   Rodrigo D'Alonso Ferreira

ClassificaçãoEditar

Classificação
Time PG J V E D GP GC SG
1 Camboriú 4 2 1 1 0 6 3 +3
2 Atlético Ibirama 1 2 0 1 1 3 6 -3
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols
Campeão Catarinense da Divisão Especial de 2011 e classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2012 e à Copa Santa Catarina de 2012.
Classificado à Divisão Principal do Campeonato Catarinense de 2012 e à Copa Santa Catarina de 2012.
Campeão Vice-Campeão Jogo 1 Jogo 2
Camboriú Atlético de Ibirama 4 X 1 2 X 2

Campeão geralEditar

Campeonato Catarinense de 2011 - Divisão Especial
 

CAMBORIÚ
1º Título

Principais Artilheiros[2]Editar

Atualizado em 5 de dezembro às 17:23 UTC-3

Gols Jogador Clube
13   Adriano Atlético de Ibirama
  Giba Hercílio Luz
10   Thiago Silva Camboriú
9   Matozinho XV de Indaial
  Max Juventus de Jaraguá
8   Pezão Tubarão
6   João Leandro Porto-SC
  Rafael Costa Atlético de Ibirama
  Uederson Hercílio Luz
5   Danilo XV de Indaial
  Itauê Guarani de Palhoça
  Maicon Atlético de Ibirama
  Maurinho XV de Indaial
  Rodrigo Camboriú
  Santos Tubarão
4   Cristian Guarani de Palhoça
  Edvânio Tubarão
  Ildemar Guarani de Palhoça
  Juninho Tardelli Camboriú
  Queiroz Joaçaba
  Rincon Atlético de Ibirama
3   André Ricardo Tubarão
  Danilo Juventus de Jaraguá
  Elton Braga Joaçaba
  Eudes Porto-SC
  Laion Guarani de Palhoça
  Maicon Porto-SC
  Thiago Maestri Guarani de Palhoça
  Tom Hercílio Luz
2   Adalgiso Caxias-SC
  Allan Porto-SC
  Anderson Lobão Tubarão
  Berg Joaçaba
  Catão XV de Indaial
  Cristiano Porto-SC
  Daniel Fontes XV de Indaial
  Douglas Camboriú
  Elias Camboriú
  Franciscatti Porto-SC
  Ítalo Camboriú
  Jairo Juventus de Jaraguá
  Jhonatan Guarani de Palhoça
  Júlio César Guarani de Palhoça
  Leandrinho Porto-SC
  Mailson Camboriú
  Mazinho Tubarão
  Michael Atlético de Ibirama
  Michell Nunes Hercílio Luz
  Moacir Caxias-SC
  Roberto Juventus de Jaraguá
  Rodolfo Camboriú
  Rogério Atlético de Ibirama
  Tharle Porto-SC
  Tiaguinho Hercílio Luz
  Vitor Hugo Atlético de Ibirama

Goleiro menos vazadoEditar

# Média Goleiro Time JO GS
0,2352   Edmar Atlético de Ibirama 17 4
0,3333   Gabriel Camboriú 15 5
0,3888   Paulo Sérgio Atlético de Ibirama 18 7
0,5000   Silvonei Hercílio Luz 6 3
0,6666   Alecxan Camboriú 15 10
0,7142   Dalton Hercílio Luz 14 10
0,8000   Mateus Caxias-SC 10 8
0,8333   Rodrigo Guarani 6 5
0,8750   Rodrigão Tubarão 16 14
10º 0,9375   André Guarani 16 15
JO - número de jogos; GS - gols sofridos

Maiores públicosEditar

Atualizado em 10 de novembro às 16:24 UTC-3

Público* Mandante Placar Visitante Estádio Data
1 2.398 Hercílio Luz 0–0 Tubarão Estádio Aníbal Costa 2 de novembro
2 2.259 Hercílio Luz 1–0 Atlético de Ibirama Estádio Aníbal Costa 5 de outubro
3 1.001 Tubarão 0–1 Hercílio Luz Estádio Domingos Silveira Gonzales 18 de setembro
4 867 Atlético de Ibirama 0–1 Hercílio Luz Estádio da Baixada 25 de setembro
5 867 Hercílio Luz 3–0 Juventus de Jaraguá Estádio Aníbal Costa 28 de setembro

*Considera-se apenas o público pagante.

Obs.:O critério de desempate é o jogo de data anterior.

Média de públicoEditar

Essas são as médias de público do Campeonato. Considera-se apenas os jogos da equipe como mandante:

Média* Mandante Jogos
1 840,1   Hercílio Luz 12
2 300,2   Camboriú 12
3 286,2   Tubarão 10
4 274,9   Atlético de Ibirama 13
5 188,0   Porto-SC 9
Média* Mandante Jogos
6 167,8   Juventus de Jaraguá 10
7 142,6   Joaçaba 7
8 132,3   Guarani de Palhoça 10
9 124,4   XV de Indaial 9
10 87,9   Caxias-SC 9

* Considera-se apenas o público pagante. Os jogos em que aconteceram W.O., não foram considerados.

TriviasEditar

  • No dia 15 de setembro, dias antes de acontecerem os jogos pela 7ª rodada do turno do campeonato, a Federação Catarinense de Futebol anuncia a suspensão do Juventus de Jaraguá devido a débitos com a Federação não honrados.[13] A explicação do clube para o fato, é que o cheque dado à Federação para a quitação da divida não teria fundo, mas que quitaria a divida até o final da tarde do mesmo dia da suspensão para regularizar a situação.[14] A promessa foi cumprida por parte do clube e, em menos de 24 horas, a suspensão foi revogada e o Juventus foi reintegrado à competição.[15]
  • Na última rodada do Returno aconteceu mais um W.O., e novamente com o Joaçaba. Dias antes da partida contra o Camboriú, os jogadores do time já haviam anunciado que não participariam do jogo pois seus salários estavam atrasados.[16] Com isso, o Camboriú foi declarado vencedor da partida pelo placar de 3 a 0.[17]

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar