Campeonato Europeu de Voleibol Masculino

Campeonato Europeu
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Sede Europa
Organizador CEV
Edições
Primeira edição Itália Itália 1948
Edição atual Flag of None.svg Vários 2019
Campeões
Primeiro campeão Bandeira da Checoslováquia Checoslováquia
Atual campeão Bandeira da Sérvia Sérvia (3º título)
Maior campeão Bandeira da Rússia Rússia (14 títulos)

O Campeonato Europeu de Voleibol Masculino é uma competição organizada pela Confederação Europeia de Voleibol que reúne a cada dois anos as principais seleções de voleibol da Europa. Sua primeira edição foi em 1948. A diferença inicial entre campeonatos foi estabilizada a partir de 1975.

HistóricoEditar

Formato da competiçãoEditar

ResultadosEditar

CAMPEONATO EUROPEU DE VOLEIBOL MASCULINO
Ano Sede Campeão Vice 3º lugar 4º lugar
1948
Detalhes
 
Itália
 
Checoslováquia
 
França
 
Itália
 
Portugal
1950
Detalhes
 
Bulgária
 
União Soviética
 
Checoslováquia
 
Hungria
 
Bulgária
1951
Detalhes
 
França
 
União Soviética
 
Bulgária
 
França
 
Romênia
1955
Detalhes
 
Romênia
 
Checoslováquia
 
Romênia
 
Bulgária
 
União Soviética
1958
Detalhes
 
Tchecoslováquia
 
Checoslováquia
 
Romênia
 
União Soviética
 
Bulgária
1963
Detalhes
 
Romênia
 
Romênia
 
Hungria
 
União Soviética
 
Bulgária
1967
Detalhes
 
Turquia
 
União Soviética
 
Checoslováquia
 
Polônia
 
Alemanha Oriental
1971
Detalhes
 
Itália
 
União Soviética
 
Checoslováquia
 
Romênia
 
Alemanha Oriental
1975
Detalhes
 
Iugoslávia
 
União Soviética
 
Polônia
 
Iugoslávia
 
Romênia
1977
Detalhes
 
Finlândia
 
União Soviética
 
Polônia
 
Romênia
 
Hungria
1979
Detalhes
 
França
 
União Soviética
 
Polônia
 
Iugoslávia
 
França
1981
Detalhes
 
Bulgária
 
União Soviética
 
Polônia
 
Bulgária
 
Checoslováquia
1983
Detalhes
 
Alemanha Oriental
 
União Soviética
 
Polônia
 
Bulgária
 
Itália
1985
Detalhes
 
Países Baixos
 
União Soviética
 
Checoslováquia
 
França
 
Polônia
1987
Detalhes
 
Bélgica
 
União Soviética
 
França
 
Grécia
 
Suécia
1989
Detalhes
 
Suécia
 
Itália
 
Suécia
 
Países Baixos
 
União Soviética
1991
Detalhes
 
Alemanha
 
CEI
 
Itália
 
Países Baixos
 
Alemanha
1993
Detalhes
 
Finlândia
 
Itália
 
Países Baixos
 
Rússia
 
Alemanha
1995
Detalhes
 
Grécia
 
Itália
 
Países Baixos
 
Iugoslávia
 
Bulgária
1997
Detalhes
 
Países Baixos
 
Países Baixos
 
Iugoslávia
 
Itália
 
França
1999
Detalhes
 
Áustria
 
Itália
 
Rússia
 
Iugoslávia
 
Chéquia
2001
Detalhes
 
República Tcheca
 
Iugoslávia
 
Itália
 
Rússia
 
Chéquia
2003
Detalhes
 
Alemanha
 
Itália
 
França
 
Rússia
 
Sérvia e Montenegro
2005
Detalhes
  Itália
  Sérvia e Montenegro
 
Itália
 
Rússia
 
Sérvia e Montenegro
 
Espanha
2007
Detalhes
 
Rússia
 
Espanha
 
Rússia
 
Sérvia
 
Finlândia
2009
Detalhes
 
Turquia
 
Polônia
 
França
 
Bulgária
 
Rússia
2011
Detalhes
  Áustria
  Chéquia
 
Sérvia
 
Itália
 
Polônia
 
Rússia
2013
Detalhes
  Polónia
  Dinamarca
 
Rússia
 
Itália
 
Sérvia
 
Bulgária
2015
Detalhes
  Bulgária
  Itália
 
França
 
Eslovênia
 
Itália
 
Bulgária
2017
Detalhes
 
Polônia
 
Rússia
 
Alemanha
 
Sérvia
 
Bélgica
2019
Detalhes
    
BEL / FRA / NED / SLO
 
Sérvia
 
Eslovênia
 
Polônia
 
França

Quadro de medalhasEditar

 Ordem  País       Total
1   Rússia [nota 1] 14 3 5 22
2   Itália 6 4 3 13
3   Chéquia [nota 2] 3 4 0 7
4   Sérvia [nota 3] 3 1 8 12
5   Polônia 1 5 3 9
6   França 1 4 2 7
7   Países Baixos 1 2 2 5
  Romênia 1 2 2 5
9   Espanha 1 0 0 1
10   Eslovênia 0 2 0 2
11   Bulgária 0 1 4 5
12   Hungria 0 1 1 2
13   Alemanha 0 1 0 1
  Suécia 0 1 0 1
15   Grécia 0 0 1 1

MVP'sEditar

  • 1948–1977 – Não houve premiação
  • 1979 –   Vladimir Kondra
  • 1983 –   Franco Bertoli
  • 1985 –   Vyacheslav Zaytsev
  • 1987 –   Philippe Blain
  • 1989 –   Bengt Gustafsson
  • 1991 –   Dmitry Fomin
  • 1993 –   Andrea Giani
  • 1995 –   Andrea Giani
  • 1997 –   Guido Görtzen
  • 1999 –   Andrea Giani
  • 2001 –   Ivan Miljković
  • 2003 –   Andrea Sartoretti
  • 2005 –   Alberto Cisolla
  • 2007 –   Semyon Poltavskiy
  • 2009 –   Piotr Gruszka
  • 2011 –   Ivan Miljković
  • 2013 –   Dmitry Muserskiy
  • 2015 –   Antonin Rouzier
  • 2017 –   Maxim Mikhaylov
  • 2019 –   Uroš Kovačević

Notas

  1. A FIVB considera a   Rússia como herdeira natural da   União Soviética e da   CEI.
  2. A   Chéquia jogou de 1948 a 1992 como   Checoslováquia.
  3. A   Sérvia jogou de 1948 a 2003 como   Iugoslávia e de 2003 a 2006 como   Sérvia e Montenegro.

Referências

Ligações externasEditar