Canal de São Roque

Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o canal da cidade de Aveiro. Para o ramal ferroviário, veja Ramal do Canal de São Roque.
Canal de São Roque
Ponte de Carcavelos, no Canal de São Roque, vista a partir de um moliceiro.
Localização do Canal de São Roque (a vermelho).
Localização do Canal de São Roque (a vermelho).
Afluentes
principais
Canal das Pirâmides,
Canal dos Botirões,
Ria de Aveiro
País(es) Portugal Portugal
Distrito Distrito de Aveiro
Cidade Aveiro
Coordenadas 40.646834° N 8.651889° O

O Canal de São Roque é um canal que existe no limite norte da cidade de Aveiro, Portugal, desde o Canal das Pirâmides até ao limite nordeste da freguesia de Glória e Vera Cruz.

Ponte do Laço, no entroncamento entre os canais de São Roque e dos Botirões.

Este canal constitui um obstáculo natural entre a cidade e Ria de Aveiro imediatamente a norte desta, localizado paralelamente à A25. Tem ligação com a Ria, através do Canal das Pirâmides e vários esteiros no seu percurso. Tem também ligação com o Canal dos Botirões. Ao longo da sua margem sul, existiam vários armazéns de sal, muitos deles atualmente convertidos em edifícios de restauração, comércio e habitação. A margem norte também foi recentemente requalificada, surgindo neste percurso o Parque dos Remadores Olímpicos[1]

Com um percurso completamente retilíneo, possuiu quatro pontes que permitem a sua transposição:

  • Ponte de São João, rodoviária/pedonal, na entrada do canal, no entroncamento com o Canal das Pirâmides;
  • Ponte do Laço, pedonal, no entroncamento entre este canal e o Canal dos Botirões. Constitui uma ligação direta com a Praça do Peixe;
  • Ponte de Carcavelos, pedonal, a mais antiga travessia deste canal, construída em 1953, em substituição da anterior, que ruiu em 19 de setembro de 1942;[2]
  • Ponte rodoviária/pedonal próxima ao largo de N. Sra. das Febres.

O Canal de São Roque é um dos principais locais turísticos da cidade, circulando nele vários passeios de moliceiro.[3][4]

Devido à proximidade deste canal às industrias de sal e pesca que existiam na Ria de Aveiro, no início do séc. XX, existiu um ramal ferroviário na sua extremidade nordeste, que ligava o canal à Linha do Norte. Denominada Ramal do Canal de São Roque, esta ligação foi inaugurada em 19 de setembro de 1913, e funcionou até à década de 60, não restando atualmente quaisquer vestígios da sua existência.[5]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. «Canal de São Roque da Ria de Aveiro». Rota da Bairrada. Consultado em 24 de junho de 2020 
  2. «História da Ponte dos Carcavelos História da Ponte dos Carcavelos». Zeca - Visitar Aveiro. 9 de setembro de 2014. Consultado em 24 de junho de 2020 
  3. «Passeio de barco moliceiro em Aveiro». Turismo in Aveiro. Consultado em 23 de junho de 2020 
  4. Portugal, All About. «Canal das Pirâmides da Ria de Aveiro». All About Portugal. Consultado em 24 de junho de 2020 
  5. SOUSA, José Fernando de (16 de Março de 1940). «Caminhos de Ferro e portos de mar» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 52 (1254): 161-162. Consultado em 13 de Dezembro de 2015