Canato de Ganja



Canato de Ganja
1747 – 1805
Continente Ásia
Região Médio Oriente
País Pérsia
Capital Ganja
Língua oficial Persa
Outros idiomas Azeri
Religião Islão
Governo Monarquia (Canato)
História
 • 1747 Fundação
 • 1805 Dissolução

O Canato de Ganja (em farsi: خانات گنجه — Khānāt-e Ganjeh, em azeri: Gəncə xanlığı, Ҝәнҹә ханлығы, گنجه خنليغى) foi um canato semi-independente que foi estabelecido na Pérsia afexárida e ocupou o território do que actualmente é o Azerbaijão entre 1747[1] e 1805.[2] O canato foi governado pela dinastia dos Ziadoglus (Ziadecanove) de origem Cajar como governadores baixo os safávidas[3] e o Nader Xá. Xavardi Sultão Ziadoglu Cajar tornou-se o de Ganja em 1554.[3]

Moeda do Canato de Ganja.
Jóia de ouro do Canato de Ganja.

História políticaEditar

No final do século XVIII, o Canato de Ganja era um dos lugares mais prósperos economicamente do Cáucaso, beneficiando-se da localização estratégica da sua capital nas estradas regionais. Por este motivo, dois vizinhos politicamente mais fortes, o Reino da Geórgia e o Canato do Carabaque, interferiram na independência de Ganja.

Nessa altura, uma nova e forte autoridade central fora estabelecida no Irão por Maomé Cã Cajar. Os habitantes do canato receberam positivamente o novo governante persa; não apenas na esperança de receber protecção, mas também para recuperar à custa da Geórgia as perdas sofridas na década de 1780.[4]

Em 1795, Javade Cã de Ganja aderiu à expedição persa contra a Geórgia.[4]

Conquista russaEditar

 Ver artigo principal: Batalha de Ganja (1804)

Durante a primeira Guerra russo-persa (1804–1813) Ganja foi considerada pelos russos, os quais tinham antes apoiado a pretensão georgiana sobre o canato, como uma vila de extrema importância.[2] O general Pavel Tsitsianov[5] inquiriu a Javade Cã[6] pedindo-lhe para submeter-se ao domínio russo, mas sempre foi rechaçado. A 20 de Novembro de 1803, a armada russa moveu-se de Tiflis e em Dezembro, Tsitsianov começou a preparar os preparativos do cerco. Depois dum bombardeamento de artilharia pesada, a 3 de Janeiro de 1804 às cinco horas da manhã, Tsitsianov deu a ordem de atacar a fortaleza. Depois duma dura luta, os russos conseguiram capturar a fortaleza.[2][5] Javade Cã foi morto, juntamente com os seus filhos.

Ganja foi renomeada Elisabethpol em honra da mulher de Alexandre Elisabete.[2]

Lista dos cãsEditar

Reinado Comentário
Xavardi Cã[7] 1747 - 1761 Membro da rama Ziadoglu da Dinastia Cajar.
Maomé Haçane Cã[8] 1761 - 1781 Filho de Xavardi Cã. Chegou ao poder com ajuda georgiana.
Ibraim Calil Cã[9] 1781 - 1784 Cã do Carabaque.
Haji Begue[10] 1784 - 1786 Familiar de Xavardi Cã e de Maomé Haçane Cã. Revoltou-se contra os georgianos.
Raim Cã 1786 Filho de Xavardi Cã e irmão de Maomé Haçane Cã.
Javade Cã[11] 1786 - 3 January 1804 Filho de Xavardi Cã e irmão de Maomé Haçane Cã e Raim Cã. Chegou ao poder depois do seu irmão Raim ter sido destronado.

Referências

  1. Kocharli, Tofik (1 de janeiro de 2004). Armenian Deception (em inglês). [S.l.]: Eldar 
  2. a b c d Farrokh, Kaveh (20 de dezembro de 2011). Iran at War: 1500-1988 (em inglês). [S.l.]: Bloomsbury Publishing. ISBN 9781780962214 
  3. a b «GANJA – Encyclopaedia Iranica». www.iranicaonline.org. Consultado em 5 de novembro de 2016 
  4. a b Atkin, Muriel (1 de maio de 1980). Russia and Iran, 1780-1828 (em inglês). [S.l.]: U of Minnesota Press. ISBN 9780816656974 
  5. a b Balayev, Bahruz (7 de fevereiro de 2013). The Right to Self-Determination in the South Caucasus: Nagorno Karabakh in Context (em inglês). [S.l.]: Lexington Books. ISBN 9780739178287 
  6. Saparov, Arsène (27 de agosto de 2014). From Conflict to Autonomy in the Caucasus: The Soviet Union and the Making of Abkhazia, South Ossetia and Nagorno Karabakh (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 9781317637844 
  7. Society, Bombay Geographical (1 de janeiro de 1840). The Transactions of the Bombay Geographical Society (em inglês). [S.l.]: Bombay Geographical Society 
  8. AlHooti, A. T. (18 de janeiro de 2016). Blue Blooded Tribesman (em inglês). [S.l.]: Partridge Publishing Singapore. ISBN 9781482855289 
  9. Rau, Johannes (1 de janeiro de 2012). Il Nagorno-Karabakh nella storia dell'Azerbaigian (em italiano). [S.l.]: Edizioni Nuova Cultura. ISBN 9788861347601 
  10. Michael, Thomas (10 de novembro de 2009). Standard Catalog of World Coins, 1801-1900 (em inglês). [S.l.]: Krause Publications. ISBN 1440228019 
  11. Zardabli, Ismail bey (2 de agosto de 2014). THE HISTORY OF AZERBAIJAN: from ancient times to the present day (em inglês). [S.l.]: Lulu.com. ISBN 9781291971316 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Canato de Ganja
  Este artigo sobre o Azerbaijão é um esboço relacionado ao Projeto Europa. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.