Carl Friedrich von Weizsäcker

professor académico alemão

Carl Friedrich von Weizsäcker (Quiel, 28 de junho de 1912Starnberg, 28 de abril de 2007) foi um físico e filósofo alemão.[2]

Carl Friedrich von Weizsäcker
Nascimento 28 de junho de 1912
Quiel
Morte 28 de abril de 2007 (94 anos)
Starnberg
Nacionalidade alemão
Cidadania Alemanha
Progenitores
Cônjuge Gundalena Inez Eliza Ida Weizsäcker
Filho(s) Carl Christian von Weizsäcker, Ernst Ulrich von Weizsäcker, Elisabeth Raiser, Heinrich Wolfgang von Weizsäcker
Irmão(s) Richard von Weizsäcker
Alma mater
Ocupação físico, escritor, filósofo, professor universitário, físico nuclear, astrônomo,
Prêmios Medalha Max Planck (1957), Prêmio Goethe (1958), Prêmio Templeton (1989)
Empregador Universidade de Hamburgo, Universidade de Göttingen
Orientador(es) Werner Heisenberg e Friedrich Hund[1]
Campo(s) física, filosofia
Tese 1933: Durchgang schneller Korpuskularstrahlen durch ein Ferromagnetikum
Título barão
Religião luteranismo

Foi membro do grupo Os Dezoito de Göttingen, que se manifestou em 1957 contra o armamentismo atômico da Alemanha Ocidental.

Referências


Precedido por
Victor Weisskopf
Medalha Max Planck
1957
Sucedido por
Wolfgang Pauli


 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Carl Friedrich von Weizsäcker
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.