Abrir menu principal

Wikipédia β

Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde agosto de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O Chevrolet Astra foi um automóvel fabricado pela Chevrolet lançado e produzido no Brasil transcorreu entre 1997 e 2011. De porte médio, quando foi descontinuado era produzido exclusivamente com motor 2.0 bicombustível de 133 cv de potência (gasolina) e 140 cv (álcool), embora tenha tido outros motores.

Chevrolet Astra
Astra Hatch
Visão Geral
Nomes
alternativos
Holden Astra
Vauxhall Astra
Opel Astra
Saturn Astra
Produção 1997-2011(Brasil)
Fabricante Chevrolet
Grupo General Motors
Modelo
Classe Médio
Carroceria Coupé, 2 e 4 portas
sedan, 4 portas
perua, 4 portas(Europa)
conversível, 2 portas(Europa)
Ficha técnica
Motor 1.8L 8V G ou E, I4, dianteiro transversal
2.0L 8V flex, I4, transversal
2.0L 16V gasolina, I4, transversal
Transmissão 4 marchas, automática
5 marchas, manual
Modelos relacionados Chevrolet Zafira/Chevrolet Vectra
Citroën C4 VTR
Fiat Stilo
Ford Focus
Hyundai I30
Peugeot 307
Renault Fluence
Volkswagen Golf
Dimensões
Comprimento 4.199,4 (hatch)
4.342,4 (sedan)
Entre-eixos 2.614mm
Largura 1.709
Altura 1.431 (hatch)
1.425 (sedan)
Peso 1.150 (hatch 2 portas)
1.180 (coupé 4 portas)
1190 (sedan)
Cronologia
Chevrolet Kadett
Chevrolet Sonic

O carro era disponível em versões hatch, sedan e station wagon, situando-se acima do Corsa e abaixo do Vectra. Atualmente, o Astra é comercializado em uma nova geração muito mais moderna no mercado Europeu, onde é fabricado como Opel Astra e Vauxhall Astra(para países com direção do lado direito como Inglaterra, Japão e África do Sul) pelas subsidiárias europeias da General Motors, a Opel e a Vauxhall. Nos Estados Unidos, o carro era vendido como Saturn Astra.

Em setembro de 2007 foi lançado no Brasil um novo modelo derivado do Astra europeu, com o nome de Vectra GT. O desenho traseiro do modelo é semelhante ao europeu, com a frente da última geração do Chevrolet Vectra nacional, que foi projetado no Brasil como uma versão sedã do Astra europeu. Compartilhava também a plataforma e conjunto motriz com o Vectra nacional, herdados da atual linha Astra.

Índice

HistóriaEditar

  • 1994 - Início da comercialização do modelo no mercado brasileiro, importado da Bélgica. Lançado também em versão perua (station wagon). Utilizava o motor 2.0.
  • 1998 - Início da produção pela Chevrolet do Brasil. Lançado nas versões GL 1.8-8V, GLS 2.0-8V e GLS 2.0-16V nas carrocerias hatch três portas e sedan quatro portas. Uso da direção eletro-hidráulica.
  • 2001 - Lançada a versão Sport 2.0-8V. Adoção dos repetidores de pisca nos pára-lamas em todas as versões. A versão GL ganha calotas e conta-giros. Fim da direção eletro-hidráulica.
  • 2002 - Lançada a série Sunny, a versão CD 2.0-8V e CD 2.0-16V. O câmbio automático estava disponível na versão CD 2.0-8V.
  • 2003 - O modelo sofre uma nova reestilização;. Lançada a versão GSi, com motorização 2.0-16V, com 136 cv, com a opção de cinco portas para o hatchback. Fim da produção com motor 1.8 à gasolina, foi adotado o motor 1.8 à álcool para frotistas.
  • 2004 - Uso do motor Flexpower (bicombustível), com motor 2.0-8V à álcool ou à gasolina. Lançadas as novas versões: Comfort, Elegance e Elite. Uso do motor Multipower (GNV, etanol ou gasolina). Lançada a versão Advantage Hatch, 3 portas.
  • 2005 - Fim da versão GSi 2.0-16V(gasolina). Em novembro foi lançada a versão SS 2.0-8V Flexpower.
  • 2006 - A versão Advantage passa a vir também nos modelos de 4 portas Sedan ou 5 portas hatch. Último ano da versão "Comfort".
  • 2007 - Término da produção das versões hatch de 3 portas. É também o último ano das versões "Elite" e "Elegance" (as mais luxuosas).
  • 2008 - Descontinuação da versão "SS", com alguns de seus acessórios (rodas aro 16, faróis de milha e aerofólio) sendo oferecidos como "Kit Esportivo" para o Advantage Hatch.
  • 2009 - Novo motor 2.0 Flexpower com 133cv (gasolina) e 140cv (álcool). Apresentado o modelo 2010 do Astra, com muitos equipamentos do Vectra, se aproximando mais ainda deste.
  • 2011 - 17 de Agosto de 2011 é anunciado o fim da produção, e que mais tarde daria lugar ao global Chevrolet Sonic.

MercadoEditar

O Astra tem um interior clássico que quase não sofreu mudanças de 1998 até hoje no Brasil. Uma das únicas mudanças foi nos mostradores do painel, que passaram a ter fundo branco. Na Europa o interior do Astra é bem semelhante ao do Chevrolet Vectra do Brasil. A transmissão é oferecida nas versões automática ou manual. Desde 2010, o Astra incorporou desde sua versão básica itens restritos as antigas versões de luxo (acabamento em veludo, ar-condicionado digital, rodas aro 16 e retrovisor eletrocrômico). O motor continua sendo o antigo 2 litros com 2 válvulas por cilindro, mas alterações mecânicas elevaram sua potência para 140 cv utilizando-se álcool e 133 cv com gasolina. O modelo recebia, no fim de sua produção, críticas seu design defasado (com apenas um face-lift em 12 anos) e por ter um motor ainda mais antigo, diretamente herdado do Monza. Já seus entusiastas consideravam essa desatualização irrelevante, por ela não significar desvantagem prática do produto e ainda propiciar um preço competitivo. A longa sobrevida Astra explica-se por isso: tratava-se de um veículo médio concorrendo em preço com veículos compactos, mais atualizados, porém inferiores em termos dinâmicos e de habitabilidade. Assim, o Astra, em seus últimos momentos, ainda encontrava um bom mercado nos consumidores menos passionais, que priorizavam o fator custo-benefício.

CompetiçõesEditar

Galeria de fotosEditar

SucessorEditar

 Ver artigo principal: Chevrolet Sonic

O modelo deixou de ser fabricado, sua retirada de linha é parte do plano de reestruturação da General Motors. Para suceder o Astra, a GMB apresentou o Chevrolet Sonic, nas versões hatch e sedan. Na Europa, contudo, o Astra segue em produção, sob a bandeira Opel e encontra-se em sua 4ª geração.

Referências

  • Revista Quatro Rodas - Dezembro de 1994 - Edição 413

Ligações externasEditar