Chris Harman

Chris Harman (8 de novembro de 1942 – 7 de novembro de 2009)[1] foi um jornalista, ativista político e teórico marxista britânico. Participou do Socialist Review Group - predecessora da Internacional Socialista (IS), e do Socialist Workers Party (SWP) - na época em que era aluno em Watford. Depois de estudar na Universidade de Leeds, entre 1962-5, ele passou para o doutorado na London School of Economics (LSE). Tendo sido um dos principais ativistas na luta política na LSE, em 1960 abandonou sua carreira acadêmica. Dedicou o resto de sua vida ao trabalho em tempo integral para a IS e o SWP, inicialmente como editor da International Socialism e como jornalista na Socialist Worker. Tornou-se Editor da Socialist Worker em 1975-7 e depois novamente entre 1982 e 2004. Finalmente, ele voltou a editar a International Socialism até sua morte. Foi um dos mais importantes teóricos da Tendencia Socialista Internacional (TSI).[2]

Chris Harman
Nascimento 8 de novembro de 1942
Morte 7 de novembro de 2009 (66 anos)
Cairo
Sepultamento Cemitério de Highgate
Cidadania Reino Unido
Alma mater
Ocupação jornalista, economista, sociólogo, filósofo
Ideologia política trotskismo
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio

Ver tambémEditar

Referências

  1. Michael Rosen Obituary, The Guardian, 9 November 2009
  2. «Harman». Marxist.org 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.