Abrir menu principal
Chris Lytle
Informações
Nascimento 18 de agosto de 1974 (45 anos)
Estados Unidos Indianapolis, Indiana
Nacionalidade Americano
Outros nomes Lights Out
Ocupação Bombeiro
Altura 1.80 m
Peso 77 kg
Divisão Peso Meio Médio (MMA)
Peso Meio Pesado (Boxe)
Envergadura 173 cm
Modalidade Boxe
Posição Destro
Equipe Integrated Fighting Academy
Treinador Pat McPherson (MMA)
Keith Palmer (Boxe)
Período em
atividade
1999-2011 (MMA)
2002-2005 (Boxe)
Cartel profissional no boxe
Total 15
Vitórias 13
Por nocaute 7
Derrotas 1
Empates 1
Cartel nas artes marciais mistas
Total 54
Vitórias 31
Por nocaute 3
Por finalização 22
Por decisão 6
Derrotas 18
Por nocaute 2
Por decisão 16
Empates 5
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no Boxe pelo BoxRec
Cartel no MMA pelo Sherdog

Chris Scott Lytle (Indianapolis, 01974-08-18 18 de agosto de 1974) é um lutador aposentado de artes marciais mistas e boxe. Ele é veterano do Ultimate Fighting Championship, onde participou do reality show The Ultimate Fighter: The Comeback. Apesar de ser mais conhecido por lutar no UFC, Lytle também competiu no WEC, Pancrase, Cage Rage e IFC. Ele também foi Campeão Meio Médio Mundial do Cage Rage. Em sua carreira no MMA e boxe, Lytle nunca foi nocauteado ou finalizado, apesar de ter perdido por nocaute técnico por interrupção médica e corte no MMA.

Começo da vidaEditar

Lytle nasceu em Indianapolis, Indiana e se formou na Southport High School em 1993. Na Southport, ele foi um membro ativo da equipe de wrestling. Na verdade, até hoje, ele ainda participa dos treinos na Southport High School com a equipe de wrestling, o trenador Petty e treinador Dildine.[1] Lytle participou da Universidade de Indiana, onde ele obteve uma licenciatura em Gestão de Esportes.[2]

Carreira no MMAEditar

Lytle começou a treinar para lutar em 1998, dizendo era algo para mantê-lo ativo. Ele treina a tempo parcial fora de seu trabalho regular como bombeiro, frequentando academias de cada disciplina, em vez de uma academia de MMA. Ele teve manteve títulos no Hook N' Shoot e Absolute Fighting Championship e venceu o Título Meio Médio Mundial do Cage Rage. Ele se tornou o Campeão de 175 lb de Boxe de Indiana, dizendo, "Até o final do ano (2004), eu acho que terei mais alguns títulos menores no boxe."

Em 2006 Lytle participou do The Ultimate Fighter 4 na Spike, onde ele derrotou Pete Spratt e Din Thomas em lutas de exibição para avançar a final dos meio médios. Em 11 de Novembro, Matt Serra derrotou Lytle por decisão dividida no The Ultimate Fighter 4 Finale. Lytle foi mais ativo em pé, com Serra amarrando e usando pisões nos pés antes de conseguir quedas, até o momento que ele se tornou o lutador mais ativo, com Lytle segurando na guarda e aparentemente esperando o árbitro colocar a luta em pé. Dois jurados marcaram a luta 30–27 para Serra e um jurado marcou 30–27 para Lytle, mas apesar das pontuações a luta foi muito apertada.

Ele perdeu para o Campeão Meio Médio do UFC Matt Hughes em 3 de Março no UFC 68 em Columbus, Ohio por decisão unânime.

Lytle lutou contra Jason Gilliam no UFC 73 em 7 de Julho de 2007. Lytle controlou o ritmo da luta no primeiro round e eventualmente levou Gilliam para o chão. Lytle trabalhou na posição por cima, e eventualmente encaixou um triângulo invertido por cima. Para selar, ele encaixou uma chave de braço invertida no braço livre de Gilliam, forçando-o a bater.

No United Fight League em 11 de Agosto de 2007, Lytle derrotou Matt Brown por finalização com uma guilhotina no segundo round.

Chris depois perdeu par Thiago Alves no UFC 78 por uma controversa interrupção médica devido a um corte no fim do segundo round. Muitos fãs vaiaram, já que o corte estava embaixo do olho e relativamente pequeno. Normalmente os árbitros param as lutas quando o sangue entra no olho ou impede a visão.

Lytle derrotou Kyle Bradley no UFC 81 por nocaute aos 33 segundos do primeiro round. Em uma entrevista após a luta, Lytle disse que ele tinha uma nova visão sobre a luta; ele deixaria de fazer uma luta "técnica demais" em todas as lutas, mas iria entrar em sua próxima luta e "não teria medo de perder."

Em 5 de Julho de 2008 no UFC 86, Lytle perdeu para Josh Koscheck em uma luta pela chance de disputar o Cinturão Meio Médio do UFC. Koscheck usou um efetivo ground and pound para abrir grandes cortes na face de Lytle e venceu por decisão.

A próxima luta de Lytle foi contra o britânico Paul Taylor no UFC 89 em 18 de Outubro de 2008 em Birmingham, Inglaterra. Lytle venceu por decisão unânime. Dois jurados marcaram 29–28 e um 30–27. A decisão resultou em diversas vaias e Taylor ficou surpreso em premiarem Lytle com a decisão.

A próxima luta de Lytle foi em 17 de Janeiro de 2009, contra Marcus Davis no UFC 93. Ambos lutadores são ex-boxers e discutiam uma luta entre eles no futuro desde o começo de 2008. Lytle pediu por Davis após sua vitória no UFC 89. Ele sugeriu que a luta acontecesse na Irlanda, onde Davis tem grande torcida devido a sua ascendência irlandesa. Levando-os até o evento, ambos lutadores prometeram ficar em pé e trocar golpes a luta inteira, sem usar o grappling. Lytle conseguiu atordoar Davis diversas vezes, mas Davis usou seu footwork superior, contragolpes, e chutes para vencer por decisão dividida. A luta ganhou o prêmio de Luta da Noite junto com o co-evento principal Coleman/Rua, dando à Lytle o bônus de $40,000.

Lytle novamente ganhou o prêmio de Luta da Noite no The Ultimate Fighter 9 Finale, derrotando Kevin Burns, Lytle recebeu o prêmio de $25,000 junto com Diego Sanchez, Clay Guida, Joe Stevenson e Nate Diaz, que também ganharam o prêmio de Luta da Noite. Ele era esperado para enfrentar Carlos Condit em 16 de Setembro de 2009 no UFC Fight Night: Diaz vs. Guillard, mas foi obrigado a se retirar da luta com uma lesão no joelho.

Lytle era esperado para enfrentar Dong Hyun Kim em 21 de Fevereiro de 2010 no UFC 110. Essa luta foi cancelada após Kim lesionar o joelho. Lytle continuou no card e enfrentou Brian Foster no UFC 110 e saiu vitorioso com uma finalização no primeiro round.

Lytle derrotou Matt Brown em 3 de Julho de 2010 no UFC 116 por finalização em uma revanche de 2007. A finalização foi muito técnica e foi forte concorrente ao prêmio de Finalização da Noite, mas o prêmio foi dado à Lesnar por surpreender com um triângulo de braço para vencer Carwin. Apesar de não receber um bônus oficial, Lytle foi depois premiado com um bônus desconhecido.

Lytle enfrentou o ex-Campeão Meio Médio Matt Serra em 25 de Setembro de 2010 no UFC 119 em uma revanche da luta de 2006 no The Ultimate Fighter 4 Finale, ele venceu por decisão unânime.

Lytle era esperado para enfrentar Carlos Condit em 27 de Fevereiro de 2011 no UFC 127. Porém, Condit foi forçado a se retirar da luta com uma lesão no joelho e foi substituído pelo estreante no UFC Brian Ebersole. Lytle foi derrotado por Ebersole por decisão unânime, novamente ganhando o prêmio de Luta da Noite.

Lytle enfrentou o ex-desafiante ao Cinturão Dan Hardy em 14 de Agosto de 2011 no UFC Live: Hardy vs. Lytle. Chris Lytle disse na pesagem que ele iria se aposentar após a luta, independente do resultado. A respeito de sua aposentadoria, Chris disse "“Eu sinto como se eu não estivesse sendo o pai que eu quero. Eu tenho quatro filhos e muitas vezes eu sinto um imenso sentimento de culpa por não estar lá em horas que eu deveria.” Lytle derrotou Hardy por finalização no terceiro round após estar bem superior usando seu boxe, fechando assim sua carreira no MMA com uma vitória e um recorde de 10-10 no UFC. Lytle ganhou mais um Luta da Noite e Finalização da Noite, e ganhou uma motocicleta 2012 Softail Blackline da Harley Davidson pela performance.

Vida PessoalEditar

Lytle atualmente mora em New Palestine, Indiana, é casado com Kristin e tem quatro filhos. Ele trabalha em tempo integral como bombeiro no Corpo de Bombeiros de Indianapolis em adicional de sua carreira de lutador.[2] Ele concorreu par o Senado Estadual de Indiana no Distrito 28 em 2012, mas perdeu.[3]

Campeonatos e realizaçõesEditar

Artes marciais mistasEditar

  • Ultimate Fighting Championship
    • Primeiro lutador a ganhar o bônus de Luta, Finalização e Nocaute da Noite.
    • Luta da Noite (Seis vezes)
    • Finalização da Noite (Três vezes)
    • Nocaute da Noite (Uma vez)
  • Cage Rage
    • Campeão Meio Médio Mundial do Cage Rage (Uma vez)

BoxeEditar

  • Associação de Boxe de Indiana
    • Título Meio Pesado da Associação Atlética de Boxe de Indiana (Uma vez)[5]
    • Duas defesas de título com sucesso

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 31–18–5 Dan Hardy Finalização (guilhotina) UFC Live: Hardy vs. Lytle 14/08/2011 3 4:16   Milwaukee, Wisconsin Luta & Finalização da Noite.
Derrota 30–18–5 Brian Ebersole Decisão (unânime) UFC 127: Penn vs. Fitch 27/02/2011 3 5:00   Sydney Luta da Noite.
Vitória 30–17–5 Matt Serra Decisão (unânime) UFC 119: Mir vs. Cro Cop 25/09/2010 3 5:00   Indianapolis, Indiana
Vitória 29–17–5 Matt Brown Finalização (triângulo invertido) UFC 116: Lesnar vs. Carwin 03/07/2010 2 2:02   Las Vegas, Nevada
Vitória 28–17–5 Brian Foster Finalização (chave de joelho) UFC 110: Nogueira vs. Velasquez 21/02/2010 1 1:41   Sydney Finalização da Noite.
Vitória 27–17–5 Kevin Burns Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 9 Finale 20/06/2009 3 5:00   Las Vegas, Nevada Luta da Noite.
Derrota 26–17–5 Marcus Davis Decisão (dividida) UFC 93: Franklin vs. Henderson 17/01/2009 3 5:00   Dublin Luta da Noite.
Vitória 26–16–5 Paul Taylor Decisão (unânime) UFC 89: Bisping vs. Leben 18/10/2008 3 5:00   Birmingham Luta da Noite.
Derrota 25–16–5 Josh Koscheck Decisão (unânime) UFC 86: Jackson vs. Griffin 05/07/2008 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 25–15–5 Kyle Bradley Nocaute Técnico (socos) UFC 81: Breaking Point 02/02/2008 1 0:33   Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Derrota 24–15–5 Thiago Alves Nocaute Técnico (interrupção médica) UFC 78: Validation 17/11/2007 2 5:00   Newark, New Jersey Luta da Noite.
Vitória 24–14–5 Matt Brown Finalização (guilhotina) UFL: Fight Night at Conseco Fieldhouse 11/08/2007 2 2:49   Indianapolis, Indiana
Vitória 23–14–5 Jason Gilliam Finalização (triângulo com kimura) UFC 73: Stacked 07/07/2007 1 2:15   Sacramento, California Finalização da Noite.
Derrota 22–14–5 Matt Hughes Decisão (unânime) UFC 68: The Uprising 03/03/2007 3 5:00 Columbus, Ohio, United States
Derrota 22–13–5 Matt Serra Decisão (dividida) The Ultimate Fighter 4 Finale 11/11/2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada Perdeu o TUF 4 no Peso Meio Médio.
Vitória 22–12–5 Ross Mason Finalização (mata leão) Cage Rage 15: Adrenalin Rush 04/02/2006 2 4:57   London Ganhou o Título Meio Médio Mundial do Cage Rage.
Vitória 21–12–5 Savant Young Finalização (cotoveladas) WEC 18: Unifinished Business 13/01/2006 1 3:50   Lemoore, California
Derrota 20–12–5 Joe Riggs Nocaute Técnico (corte) UFC 55: Fury 07/10/2005 2 2:00   Uncasville, Connecticut
Vitória 20–11–5 Brian Dunn Nocaute Técnico (socos) Legends of Fighting 13/08/2005 1 2:03   Franklin, Indiana
Vitória 19–11–5 Pat Healy Decisão (dividida) WEC 15: Judgement Day 19/05/2005 3 5:00   Lemoore, California
Derrota 18–11–5 Karo Parisyan Decisão (unânime) UFC 51: Super Saturday 05/02/2005 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 18–10–5 J.T. Taylor Finalização (estrangulamento com antebraço) WEC 12: Halloween Fury 3 21/10/2004 1 2:53   Lemoore, California
Vitória 17–10–5 Ronald Jhun Finalização (guilhotina) UFC 49: Unfinished Busniess 21/08/2004 2 1:17   Las Vegas, Nevada
Vitória 16–10–5 Tiki Ghosn Finalização (bulldog choke) UFC 47: It's On! 02/04/2004 2 1:55   Las Vegas, Nevada
Vitória 15–10–5 Pete Spratt Finalização (mata leão) RSF: Shooto Challenge 2 02/01/2004 1 0:46   Belleville, Illinois
Derrota 14–10–5 Robbie Lawler Decisão (unânime) UFC 45: Revolution 21/11/2003 3 5:00   Uncasville, Connecticut
Vitória 14–9–5 Derrick Noble Finalização (mata leão) RSF: Shooto Challenge 03/10/2003 2 2:04   Belleville, Illinois
Vitória 13–9–5 Chatt Lavender Finalização Técnica (triângulo) Absolute Fighting Championships 5 05/09/2003 1 0:55   Fort Lauderdale, Florida
Vitória 12–9–5 LaVerne Clark Decisão (unânime) Battleground 1: War Cry 19/07/2003 3 5:00   Chicago, Illinois
Derrota 11–9–5 Koji Oishi Decisão (dividida) Pancrase: Hybrid 4 12/04/2003 3 5:00   Tóquio
Vitória 11–8–5 Aaron Riley Nocaute (soco) HOOKnSHOOT: Boot Camp 1.1 08/03/2003 1 3:31   Evansville, Indiana
Derrota 10–8–5 Izuru Takeuchi Decisão (majoritária) Pancrase: Spirit 9 21/12/2002 3 5:00   Tóquio
Vitória 10–7–5 Yuji Hoshino Finalização (triângulo) Pancrase: Spirit 7 29/10/2002 1 2:09   Tóquio
Derrota 9–7–5 Nick Diaz Decisão (dividida) IFC Warriors Challenge 17 12/07/2002 3 5:00   Porterville, California
Vitória 9–6–5 Kazuo Misaki Decisão (unânime) Pancrase - Proof 7 01/12/2001 3 5:00   Yokohama
Vitória 8–6–5 Jake Ambrose Finalização (mata leão) Cage Rage 2 14/04/2001 1 1:49   Kokomo, Indiana
Empate 7–6–5 Dave Strasser Empate Reality Submission Fighting 3 30/03/2001 1 18:00   Illinois
Empate 7–6–4 Nick Hide Empate Circle City Challenge 03/02/2001 3 5:00   Indianapolis, Indiana
Vitória 7–6–3 Beaver Beaver Finalização (mata leão) Bad Boy Competition 24/11/2000 1 2:18   Estados Unidos
Vitória 6–6–3 Mike Haltom Finalização (socos) Bad Boy Competition 24/11/2000 1 3:41   Estados Unidos
Derrota 5–6–3 Ben Earwood Decisão (unânime) UFC 28: High Stakes 17/11/2000 2 5:00   Atlantic City, New Jersey
Derrota 5–5–3 Shonie Carter Decisão (unânime) Pancrase - 2000 Anniversary Show 24/09/2000 3 3:00   Yokohama
Vitória 5–4–3 Taro Obata Finalização (triângulo de braço) Pancrase - Trans 5 23/07/2000 1 2:56   Tóquio
Derrota 4–4–3 Daisuke Ishii Decisão (unânime) Pancrase - Trans 4 26/06/2000 1 10:00   Tóquio
Vitória 4–3–3 CJ Fernandes Finalização (triângulo) HOOKnSHOOT: Double Fury 1 17/03/2000 1 3:54   Estados Unidos
Derrota 3–3–3 Keiichiro Yamamiya Decisão (unânime) Pancrase - Trans 1 23/01/2000 1 10:00   Tóquio
Empate 3–2–3 Ikuhisa Minowa Empate Pancrase - Breakthrough 11 18/12/1999 1 15:00   Yokohama
Derrota 3–2–2 Dave Menne Decisão (unânime) Extreme Challenge 29 13/11/1999 2 5:00   Hayward, Wisconsin
Vitória 3–1–2 Luke Pedigo Finalização (guilhotina) HOOKnSHOOT: Millennium 06/11/1999 1 1:57   Estados Unidos
Empate 2–1–2 Takafumi Ito Empate Pancrase - 1999 Neo-Blood Tournament Opening Round 01/08/1999 2 3:00   Tóquio 1° Round do Torneio.
Derrota 2–1–1 Jason DeLucia Decisão (majoritária) Pancrase - Breakthrough 7 06/06/1999 1 10:00   Tóquio
Vitória 2–0–1 Daisuke Watanabe Finalização (chave de braço) Pancrase - Breakthrough 6 11/06/1999 1 5:30   Tóquio
Empate 1–0–1 Osami Shibuya Empate Pancrase - Breakthrough 4 18/04/1999 1 15:00   Yokohama
Vitória 1–0 Bo Hershberger Finalização (socos) Neutral Grounds 10 13/02/1999 1 11:33   Muncie, Indiana

Referências