Christian Kramp

Christian Kramp (Estrasburgo, Reino da França, 8 de julho de 1760 – Estrasburgo, Reino da França, 13 de maio de 1826) foi um matemático francês, que trabalhou principalmente com fatoriais.

Christian Kramp
Nascimento 8 de julho de 1760
Estrasburgo
Morte 13 de maio de 1826 (65 anos)
Estrasburgo
Cidadania França
Alma mater Universidade de Estrasburgo
Ocupação matemático, professor universitário
Empregador Universidade de Estrasburgo
Analyse des réfractions astronomiques et terrestres, 1799

O pai de Christian Kramp foi seu professor na escola de gramática em Estrasburgo.[1] Kramp obteve a graduação em medicina; contudo, seus interesses certamente iam além da medicina, pois além de uma série de publicações médicas ele publicou um trabalho sobre cristalografia em 1793. Em 1795 a França anexou a área da Renânia, na qual Kramp estava desenvolvendo seu trabalho e depois disso ele se tornou professor em Colônia (esta cidade foi francesa de 1794 a 1815), ensinando matemática, química e física. Kramp sabia ler e escrever em alemão e francês.[1]

Kramp foi nomeado professor de matemática na Universidade de Estrasburgo, sua cidade natal, em 1809. Foi eleito para a seção de geometria da Académie des Sciences em 1817. Assim como Friedrich Wilhelm Bessel, Adrien-Marie Legendre e Carl Friedrich Gauss, Kramp também trabalhou com a função fatorial generalizada aplicada a não-inteiros. Seu trabalho sobre fatoriais é independente do trabalho de James Stirling e Vandermonde. Foi o primeiro a usar a notação n! (Elements d'arithmétique universelle, 1808). De fato, o conceito mais geral de fatorial foi encontrado ao mesmo tempo por Louis François Antoine Arbogast.

I use the very simple notation n! to designate the product of numbers decreasing from n to unity, i.e. n(n − 1)(n − 2) ... 3 . 2 . 1. The constant use in combinatorial analysis, in most of my proofs, that I make of this idea, has made this notation necessary. ... I have given it the name 'faculty'. Arbogast has substituted the name 'factorial' which is clearer and more French. In adopting his idea I congratulate myself on paying homage to the memory of my friend.[1][2]
— preface to Elements d'arithmétique universelle, pp. V-VI and XI-XII, 1808

Referências

  1. a b c Biografia em MacTutor (em inglês)
  2. The original text is written in French. Words 'faculty' and 'factorial' are English equivalent of 'facultés' and 'factorielles' respectively.

Ligações externasEditar