Millonarios Fútbol Club

clube de futebol colombiano

O Millonarios Fútbol Club é um clube de futebol colombiano fundado em 1946, na cidade de Bogotá. No futebol, é um dos clubes mais bem sucedidos do país, pois é o segundo maior campeão da Colômbia.[1] Possui dezesseis títulos do Campeonato Colombiano, três títulos da Copa Colômbia e dois títulos da Superliga da Colômbia.[2] Internacionalmente tem um título da Copa Merconorte em 2001, um título da Copa Simón Bolívar em 1972 e um título da Pequena Taça do Mundo de 1953, quadrangular disputado na Venezuela em que o clube bateu River Plate, Rapid Viena e Espanyol.[3]

Millonarios
Nome Millonarios Fútbol Club
Alcunhas Millos
Los Embajadores (Os Embaixadores)
El Ballet Azul (O Balé Azul)
Los Azules (Os Azuis)
Los Albiazules (Os Albiazuis)
El Azul (O Azul)
Mascote Galo
Principal rival Santa Fe
Atlético Nacional
América de Cali
Deportivo Cali
Fundação 18 de junho de 1946 (como Club Deportivo Los Millonarios)
Estádio El Campín
Capacidade 36.343 pessoas
Localização Bogotá, Cundinamarca, Colômbia
Presidente Colômbia Enrique Camacho Matamoros
Treinador(a) Colômbia Alberto Gamero
Patrocinador(a) Colômbia Cerveja Andina
Material (d)esportivo Alemanha Adidas
Competição Campeonato Colombiano
Copa Colômbia
Copa Libertadores da América
Website Site oficial
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História editar

O Millonarios foi fundado no ano de 1937, e é um dos clubes mais populares da Colômbia. Los Albiazules são conhecidos mundialmente por diversas peculiaridades que envolvem sua história, como a presença de Alfredo Di Stefano no plantel nos anos 50. A equipe durante 4 anos foi considerada a melhor do mundo, sendo apelidada de El Dorado.[4]

As origens da agremiação remontam à Década de 1920, mas foi iniciada uma como Millonarios em 1939, e sua fundação oficial foi sacramentada em 18 de junho de 1946. Em 20 de abril de 2011, foi reconstituída como uma corporação.

A partir do início do Campeonato Colombiano em 1948, conquistou uma grande quantidade de títulos nacionais e também teve destaque em competições internacionais, a principal foi a Pequena Copa do Mundo, em 1953 com Alfredo Di Stefano e Adolfo Pedernera, o supertime foi chamado "Ballet Azul".

Manda seus jogos no Estádio Distrital Nemesio Camacho, com capacidade para 36 mil pessoas.

É o segundo maior Campeão do Campeonato Colombiano, tendo conquistado 16 Títulos Nacionais e atrás apenas do Atlético Nacional, que tem 17.

É também o maior vencedor da Copa Colômbia (ao lado do Atlético Nacional), com 3 títulos conquistados.

É o primeiro colocado no Ranking do futebol profissional Colombiano e foi o ganhador da última edição da Copa Merconorte em 2001.

Foi o primeiro clube colombiano a disputar a Copa Libertadores, entretanto nunca conquistou o título, mas chegou três vezes às semifinais (1960, 1973, 1974).

No futebol colombiano, assim como Atlético Nacional e Independiente Santa Fe, o Millonarios esteve presente em todas as temporadas da principal divisão.[5]

Títulos editar

 
A equipe que conquistou o Torneio Finalización 2017
HONRARIAS
Coroas Competição Títulos Temporadas
  Clube Clássico FIFA
[6]
1 2014
  Clube Lendário
[7][8]
1 2014
  Tetracampeão 1 1961 a 1964
  1º Melhor Clube do Mundo
[9][10]
1 1950s
  18º Maior Clube de Todos os Tempos
[11]
1 1950s
CONTINENTAIS
Troféus Competição Títulos Temporadas
  Copa Merconorte 1 2001
CONTINENTAIS FVF
Troféus Competição Títulos Temporadas
  Copa Simón Bolívar
[12]
1 1972
NACIONAIS
Troféus Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Colombiano 16 1949, 1951, 1952, 1953, 1959, 1961, 1962, 1963, 1964, 1972, 1978, 1987,1988, 2012-II, 2017-II e 2023-I
  Copa Colômbia
(2)
3 1952-53, 2011 e 2022
  Superliga da Colômbia 2 2018  e 2024
REGIONAIS
Troféus Competição Títulos Temporadas
  Liga de fútbol de Cundinamarca
[13]
7 1941, 1943, 1944, 1945, 1946, 1947 e 1948
  Asociación deportiva de Bogotá
[13]
1 1940
  Campeonato interdepartamental de Colombia
[13]
1 1947
TOTAL
Escudo Conquistas Títulos Categorias
  Total: 32 Continentais; Nacionais; e Regionais

Outras conquistas editar

Legenda

  Campeão invicto

(1) Assim como Vasco da Gama com o Torneio de Paris de 1957, Real Madrid e alguns clubes contabilizam a Pequena Taça do Mundo em seu próprio palmarés pessoal; no entanto, sem ser oficial por nenhum reconhecimento continental, nem mundial.
(2) Embora Millonarios conta a Copa Colômbia 1963 como um título oficial, esta edição não é reconhecida como tal pela DIMAYOR.

Campanhas de destaque editar

Campeonatos internacionais editar

Campeonatos nacionais editar

  • Vice Campeão Colombiano: 10 vezes (1950, 1956, 1958, 1967, 1973, 1975, 1984, 1994, 1995-96, 2021-I).
  •   Vice Campeão da Copa Colômbia: 2 vezes (2013, 2023).

Jogadores históricos editar

Rivalidades editar

Millonarios versus Independiente Santa Fe editar

O clássico colombiano, também conhecido como “El clasico capitalino”, é o confronto que opõe as duas maiores equipas colombianas da cidade de Bogotá: o Independiente Santa Fe e os Millonarios. A rivalidade entre os dois clubes remonta ao início do campeonato colombiano, sendo ambos precursores do mesmo em 1948, têm o privilégio de serem 2 dos 3 clubes que têm jogado todas as épocas da primeira divisão. Cada jogo entre os dois clubes serve para provar qual é a melhor equipa da cidade e a vitória sobre o rival é motivo de orgulho para qualquer adepto.[15]

Millonarios versus Atlético Nacional editar

Apesar de não ser uma das rivalidades mais antigas do país, é atualmente o maior clássico do futebol na Colômbia, com o Atlético Nacional representando a cidade de Medellín e o Millonarios a capital Bogotá. Se na década de 1970 se estabeleceu a rivalidade, a partir dos anos 1980 a mesma se acirrou.[16] Seu antagonismo nasceu pelo contrato do jogador Ricardo “Chicho” Pérez, quem teria sido registrado primeiro pelo Millonarios e depois de poucos dias, pelo Nacional. Por mais que esta tenha sido a primeira faísca da rivalidade, a qualidade de cada um dos times no estádio é o que converte cada jogo em um verdadeiro clássico do futebol sul-americano.[17] Actualmente, é considerado o maior clássico porque, para além de serem os dois clubes com mais campeonatos nacionais, ambos são os clubes colombianos com mais títulos oficiais da história.

Millonarios versus América de Cali editar

É um outro grande clássico nacional, porque entre as duas equipes se soma 31 títulos nacionais de Campeonatos Colombianos e têm uma grande torcida em todo o país. Uma longa história de ambas as equipas são um forte apoio para mostrar que estas equipes fornecem quando eles se enfrentam, quer no Estádio El Campín, em Bogotá ou no Estádio Pascual Guerrero em Cáli. O clássico começou a ter força a partir do final dos anos 70, quando o América ganhou o seu primeiro título nacional e cresceu durante os anos 80, onde o time vermelho ganhou 5 títulos consecutivos e os Millonarios apenas 2 no final da década. No campeonato de 1982, o América venceu o Millonarios e deu a volta olimpica no Estádio El Campín na última jornada do octogonal, para conquistar o segundo título da sua história e impedir que o Deportes Tolima, que era o time perseguidor na tabela desse a volta por cima. Em 1987, o Millonarios venceu o campeonato e conquistou sua 12ª estrela, deixando o América como vice-campeão, encerrando a série de cinco títulos consecutivos do time vermelho. Foi o grande clássico nacional dos anos 80, porque o paralisava o país inteiro. Curiosamente, dos 10 títulos da década de 1980, 7 são partilhados entre estas duas equipas, 5 para o América e 2 para o Millonarios. Além, que os dois times foram os que disputaram lado a lado o título de 1989, um torneio que, eventualmente, foi cancelado.

Outras rivalidades editar

Nas primeiras décadas do campeonato colombiano, os jogos contra o Deportivo Cali eram considerados o maior clássico do país, por serem os primeiros clubes a destacarem-se a nível internacional e também por serem as equipas com mais campeonatos, desde os anos 80 que esta rivalidade foi relegada devido à irrupção de equipas como o Atlético Nacional e o América de Cali e à crescente rivalidade do Millonarios com estes clubes, pelo que este clássico passou a ser considerado como o clássico velho.

Torcida editar

Torcida do Millonarios

A torcida do Millonarios é a maior da Colômbia e as imagens das festas, geralmente de recebimento da equipe, rodam o mundo. Sempre marcando presença no estádio portando muitas bandeiras. O descontrole costumeiro dos sul-americanos também é comum por parte dos hinchas Millos, como a torcida é chamada. Em um jogo contra o Corinthians, válido pela Libertadores de 2013, a torcida abriu o batizado por eles como “Maior Bandeirão do Mundo”, que ocupava o centro do Estádio El Campín[18] por inteiro.[4]

Clubes convenção editar

Alianças editar

Filiais editar

  •   Millonarios B
  •   Millonarios Femenino FC

Ligações Externas editar

Referências

  1. «Millonarios é o segundo maior campeão da Colômbia». www.bemparana.com.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  2. «O Millonarios frustrou o maior rival e conquistou sua 15ª estrela no Colombiano». m.trivela.uol.com.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2018 
  3. «Adversário do Atlético, Millonarios se considera o "Real Madrid da Colômbia". Conheça». www.gazetadopovo.com.br. Consultado em 1 de março de 2018 
  4. a b «Conheça o Millonarios, primeiro adversário do Atlético-PR na Conmebol Libertadores 2017». www.semclubismofc.com. Consultado em 1 de março de 2018. Arquivado do original em 2 de março de 2018 
  5. «Saiba quais times nunca foram rebaixados na América do Sul». m.lance.com.br. Consultado em 1 de março de 2018 
  6. «Los equipos clásicos del fútbol colombiano». El Tiempo (em espanhol). 11 de setembro de 2014 
  7. «Millonarios entre los equipos más legendarios del mundo». GOAL.com (em espanhol). 20 de março de 2014 
  8. «Revista alemã lista os 40 clubes mais lendários da história. Timão é um deles». O Time do Povo. 20 de março de 2014 
  9. «Millonarios, un club lleno de historia». Revista Semana (em espanhol). 26 de setembro de 2021 
  10. «Millonarios, el 'Ballet Azul' y 'El Dorado'». Antena 2 (RCN) (em espanhol). 14 de agosto de 2018 
  11. «The 50 Greatest World Football Club Teams of All Time». Bleacher Report (em inglês). 23 de março de 2011 
  12. a b c Millonarios F.C. (5 de julho de 2018). «Historia de Millonarios». Millonarios.com.co (em espanhol) 
  13. «OS 10 MAIORES CLÁSSICOS DO FUTEBOL SUL-AMERICANO». cromossomoy.com. Consultado em 27 de fevereiro de 2018 
  14. «Atlético Nacional x Millonarios: o Superclássico Colombiano». O FUTEBÓLOGO. Consultado em 27 de fevereiro de 2018 
  15. «4 clássicos do futebol sul-americano que você não pode perder». www.daytours4u.com. Consultado em 1 de março de 2018 
  16. «"Estadio El Campin"» (em espanhol). Barra Brava - Hinchadas de Fútbol. Consultado em 5 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 5 de janeiro de 2016