Deportivo Toluca Fútbol Club

(Redirecionado de Club Toluca)

Deportivo Toluca Fútbol Club S.A. de C.V.[1], também conhecido como Club Deportivo Toluca, é um time de futebol profissional que atualmente participa da Primeira Divisão Mexicana. Foi fundado oficialmente em 12 de fevereiro de 1917 por um patronato liderado pelos irmãos Manuel e Francisco Henkel Bross, e Román Ferrat Alday. Sua sede está localizada na cidade de Toluca, Estado do México, jogando seus jogos em casa no Estádio Nemesio Díez, também conhecido como "La Bombonera".

Toluca
Club Toluca Logo.svg
Nome Deportivo Toluca Fútbol Club
Alcunhas Diablos Rojos
Choriceros
Los Rojos
El Equipo Escarlata
Los Escarlatas
Mascote Diabo
Fundação 12 de fevereiro de 1917 (105 anos)
Estádio Nemesio Díez
Capacidade 30 mil pessoas
Localização Toluca, México
Presidente México Francisco Suinaga
Treinador(a) México Ignacio Ambriz
Patrocinador(a) Roshfrans
Material (d)esportivo Under Armour
Competição Campeonato Mexicano
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Ao longo da história do futebol mexicano, o Deportivo Toluca se tornou o terceiro time de futebol com mais títulos conquistados na Primeira Divisão Mexicana com um total de 10 títulos, ficando atrás do Club América com 13 e do Club Deportivo Guadalajara com 12. torneios em 1996, e ao longo de sua história, o Deportivo Toluca também conquistou vários títulos nacionais e internacionais como a Copa México em 2 ocasiões, o Campeão dos Campeões em 4 ocasiões, a Taça dos Campeões da Concacaf em 2, que se soma ao títulos obtidos em sua etapa amadora como o Campeonato Estadual Mexiquense que conquistou 14 vezes.[2][3]

Por outro lado, apesar de ser um dos times mais antigos do México, com mais de 100 anos de história, a era profissional do Toluca começou em 1950, ou seja, 33 anos após sua fundação, tornando-se um dos times fundadores do time mexicano Segunda Divisão, e a terceira equipe com mais temporadas na Primeira Divisão Mexicana. É juntamente com Cruz Azul e UNAM, um dos clubes do atual circuito máximo que desde a sua ascensão ou aparecimento, não desceram ou estiveram ausentes do circuito máximo. Seu recorde acumulado o posiciona como o quarto time de maior sucesso no futebol mexicano, com um total de 18 títulos oficiais.

É considerado o time dos anos 2000 do futebol mexicano, sendo o maior vencedor deste com quatro títulos.[4]

HistóriaEditar

Liderados pelo empresário Román Ferrat e pelo fazendeiro de origem alemã Manuel Henkel, o Toluca foi fundado oficialmente em 12 de fevereiro de 1917. Seu uniforme original era camisa branca e calção azul. A cor vermelha foi adotada em 1929 e, três anos depois, foi abandonado o azul. Como era uma equipe amadora do interior, o clube disputou durante muito tempo apenas o campeonato regional do estado de México ou realizava alguns amistosos com times mais tradicionais da Cidade do México ou de Guadalajara.[5]

Em 1951, o Toluca juntou-se a outros clubes do México para criara a segunda divisão do futebol do país. A partir dali, o clube pôde participar de competições em nível nacional e, três temporadas depois, obteve o acesso a elite do futebol mexicano. Para celebrar sua estreia na primeira divisão em 1954, os dirigentes contrataram uma mascote, que entrou em campo vestida de diabo, e o apelido "diabos vermelhos" pegou.[5] Em 1956, veio a conquista do primeiro título de expressão, a Copa México, seguido por dois vice-campeonatos nacionais consecutivos nas temporadas 1956/57 e 1957/58.

No início da década de 1960, o Toluca foi comprado por Nemesio Díez, dono do Grupo Modelo, fabricante da tradicional cerveja Corona.[5] Com os investimentos do empresário, o clube chegou ao inédito título do Campeonato Mexicano na temporadas 1966/67 - e repetiu o feito em 1967/68. Ainda em 1968, conquistou pela primeira vez a Copa dos Campeões da Concacaf. O terceiro nacional passou perto na temporada 1970/71, quando os "diabos vermelhos" foram vice-campeões. Na temporada 1974/75, contudo, eles conquistaram o título.[5]

Contudo, o Toluca passaria mais de duas décadas sem conquistas e, em algumas temporadas, fez campanhas apenas para não ser rebaixado. A má fase terminou com a contratação do atacante paraguaio José Cardozo, em 1995, que ajudou a recolocar o clube na disputa por títulos.[5] Os "diabos vermelhos" venceram os Torneios de Verão de 1998, 1999 e 2000 e o Apertura-2002. Na Copa dos Campeões da Concacaf, a equipe perdeu pela primeira vez a final de 1998, mas faturou o seu segundo caneco em 2003.

Já sem o ídolo paraguaio e comandado pelo técnico argentino Américo Gallego, o Toluca conquistou o Apertura novamente em 2005, seu oitavo título mexicano. No ano seguinte, um novo vice-campeonato continental, com uma derrota para o rival América. Em 2008, veio a nona conquista nacional, desta vez com uma equipe jovem treinado por José Manuel de la Torre. O último título do Campeonato Mexicano foi em 2010, que igualou o número de conquistas do rival América como o segundo time mais bem-sucedido do país.[5] Em 2014, o clube de Toluca perdeu pela terceira vez em sua história a decisão da Copa dos Campeões da Concacaf.[6]

TítulosEditar

Continentais
Competição Títulos Temporadas
  Liga dos Campeões da CONCACAF 2 1968  e 2003
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Mexicano 10 1966/67, 1967/68, 1974/75, 1998 V, 1999 V, 2000 V, 2002 A, 2005 A, 2008 A e 2010 A
  Copa do México 2 1955/56 e 1988/89
  Campeón de Campeones 4 1966/67, 1967/68, 2002/03 e 2005/06
  Segunda División de México 1 1952/53

V: Torneio de Verão

A: Torneio Apertura

  Campeão Invicto

Campanhas de destaqueEditar

ElencoEditar

  • Atualizado em 16 de janeiro de 2021.
Legenda
  •  : Capitão
  •  : Lesão


Goleiros
N.º Jogador
1   Alfredo Saldívar
12   Gustavo Gutiérrez
22   Luis García
Defensores
N.º Jogador Pos.
2   Gastón Sauro Z
6   Miguel Barbieri Z
23   Haret Ortega Z
32   Brandon Sartiaguín Z
3   Raúl López LD
29   Rodrigo Salinas LD
17   Jorge Nilo LE
27   Diego González LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
15   Antonio Ríos V
20   Claudio Baeza V
35   José Juan Vázquez V
18   Kevin Castañeda M
30   Alan Rodríguez M
Atacantes
N.º Jogador
10   Joao Plata
11   Pablo López
13   Carlos Esquivel
14   Rubens Sambueza  
21   Enrique Triverio
25   Alexis Canelo
31   Christopher Engelhart
Comissão técnica
Nome Pos.
  Hernán Cristante T

UniformesEditar

Uniformes atuaisEditar

  • 1º - Camisa vermelha, calção e meias vermelhas;
  • 2º - Camisa branca, calção e meias brancas;
  • 3º - Camisa azul, calção e meias azuis.
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro

Uniformes dos goleirosEditar

  • Camisa roxa, calção e meias roxas;
  • Camisa verde, calção e meias verdes.
     
 
 
     
 
 

Uniformes anterioresEditar

  • 2018-19
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2017-18
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2016-17
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2015-16
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2014-15
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2013-14
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2012-13
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2011-12
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2010-11
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro

Referências

  1. [http://dx.doi.org/10.1344/bid2018.41.15 «La desposesi�n de datos de usuarios y la privacidad en el uso de videojuegos : el caso de Steam»]. BiD: textos universitaris de biblioteconomia i documentaci� (2018.41). 2018. ISSN 1575-5886. doi:10.1344/bid2018.41.15. Consultado em 17 de novembro de 2022  replacement character character in |periódico= at position 59 (ajuda); replacement character character in |título= at position 13 (ajuda)
  2. Editorial, Equipo (30 de junho de 2001). «Presentación. La portada de Asclepio en el tercer milenio». Asclepio (1): 3–4. ISSN 1988-3102. doi:10.3989/asclepio.2001.v53.i1.170. Consultado em 17 de novembro de 2022 
  3. Espectador, El (14 de dezembro de 2008). «ELESPECTADOR.COM». ELESPECTADOR.COM (em spanish). Consultado em 17 de novembro de 2022 
  4. «Es ahora tendencia en Centrobanamex». www.centrobanamex.com.mx. Consultado em 17 de novembro de 2022 
  5. a b c d e f Fifa.com. «Futebol Clássico: Toluca». Fifa.com. Consultado em 23 de abril de 2014 
  6. EFE (24 de abril de 2014). «Cruz Azul empata com Toluca e conquista a Liga dos Campeões da Concacaf». Terra. Consultado em 24 de abril de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Deportivo Toluca Fútbol Club
   Este artigo sobre clubes de futebol mexicanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.