Clube Atlético Desportivo Ribeirão Pires

(Redirecionado de Clube Atlético Diadema)

O Clube Atlético Diadema foi um Clube/Franquia brasileiro de futebol fundado na cidade de Diadema no estado de São Paulo em 9 de outubro de 2009. Suas cores são o branco e o azul marinho.

Clube Atlético Diadema
Clube Atlético Diadema.png
Nome Clube Atlético Desportivo Ribeirão Pires
Alcunhas CAD
Os Diademenses
Mascote Imperador do ABCD
Principal rival Água Santa
Fundação 9 de outubro de 2009 (10 anos)
Estádio Estádio Distrital do Inamar
Presidente Brasil Jadir Riato da Silva
Patrocinador Brasil ZigNet - Riato - Esquina do FastFood - Alvorada Supermercados - Ampliatto Futebol - Geluxo Coopergelo - Marcenaria Monteiro
Competição Licenciado dos campeonatos profissionais e de categorias de base
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

HistóriaEditar

O Clube Atlético Diadema foi fundado em 9 de outubro de 2009, já em 2010 o Diadema disputou o Campeonato Paulista Sub-20 Segunda Divisão pela primeira vez. Em 2011, pela primeira vez disputaria também o Campeonato Paulista Segunda Divisão, porém, não pode debutar no futebol profissional por falta de um estádio com capacidade mínima de 5 mil pessoas como manda a FPF, impossibilitando o ingresso as divisões de acesso. Ao contrario do previsto; que clube finalmente jogasse profissionalmente na edição 2012, novamente pelo mesmo motivo do ano anterior o CAD ficou de fora da competição profissional e apenas na edição 2013 o Diadema foi a campo na categoria profissional, sendo que finalmente em Dezembro de 2012 foi finalizada a construção do Estádio Municipal José Batista Pereira Fernandes com capacidade de inicial para pouco mais de 6 mil pessoas.[1] Entre as campanhas marcantes da base Diademense temos em 2012 o Sub-13 ficando com a 3ª colocação no Paulista daquela temporada [2]. No ano de 2013 equipe Sub-20 do CAD conquistou o Campeonato Paulista Segunda Divisão da categoria [3] enfrentando o Taquaritinga nas finais [4]. Em 2016 pelo mesmo campeonato Os Diademenses ficaram com o Vice-Campeonato, sendo superado na final pelo XV de Jaú [5].

Após pesquisar e manter contato com diversas cidades paulistas, os dirigentes do então projeto chamado de AD BR SOCCER em 2009 optaram por firmar parceria com Diadema.

Ela contava na época com uma população que girava em volta dos 400 mil habitantes, localizada no ABCD Paulista. Em pouco tempo o projeto BR Soccer revelou atletas e com isso, no intuito de proteger juridicamente o projeto, os lideres decidiram filiar o clube na Federação Paulista de Futebol - FPF [6].

Diadema até então era a única cidade da região que nunca havia tido um clube de futebol filiado à FPF, CBF e FIFA, para desfrutar do profissionalismo. Surge então o Clube Atlético Diadema.

Eventos notóriosEditar

Em 26 de Janeiro de 2013 o Diadema, em parceria com o Milan da Itália, realizou um grande evento no CT do Taperinha, uma avaliação com números nunca antes vistos, onde o clube Italiano selecionou jovens para atuar em suas categorias de bases em Milão. Na data, mais de 3 mil crianças entre meninos e meninas, compareceram junto com seus pais. O teste aconteceu sem pausa durante o toda a extensão do dia, das 9h às 19h, para que assim todos os jovens fossem vistos com igualdade de tempo. Jovens de todos os lugares do Brasil compareceram, o que logo chamou a atenção da imprensa que compareceu e cobriu o evento elevando o nome da Cidade e do Clube pela iniciativa.

Em 19 de Dezembro de 2017, O Diadema e patrocinadores parceiros organizou e realizou um jogo amistoso entre; ''Os Amigos de Guilherme Arana x Os Amigos de Pinha Presidente''. A partida fez parte da tag: CAD do bem, #FicaCAD e da campanha ''Natal sem fome 2017''. O público presente lotou as arquibancadas para ver o principal atrativo da noite, ''A despedida de Guilherme Arana, do Brasil'' como dizia os banners do evento, que promovia a última partida do lateral nos gramados Brasileiros, já que Arana, que havia conquistado o Campeonato Brasileiro 2017 dias antes, já estava negociado e há poucos dias de apresentar ao Sevilla da Espanha. Após o evento a torcida invadiu o gramado junto com a imprensa em busca de se aproximar-se de seus ídolos. Os grandes nomes da partida ganharam a camisa dos modelos 2016/2017 do CAD, além de um grande churrasco ao som de samba e pagode ao vivo durante toda a madrugada na área do pátio do CT. Os presentes porém não poderiam imaginar que aquela noite seria a última do CT como conhecíamos.

Projeto socialEditar

O CAD, Delcir Sonda, dono dos grupos que levam o seu sobrenome (Grupo Sonda e Grupo DIS) e a diretoria do Clube Atlético Diadema iniciaram as conversas para que fosse realizado um projeto social entre a empresa, o clube e o Água Santa.[7]

Os planos do Clube Atlético Diadema foram barrados pela "bancada do Água Santa", liderada pelo Vice-Presidente do Água Santa e Vereador; posteriormente também Presidente da Câmara Municipal de Vereadores da cidade (2017-2020), Rivelino Teixeira, o "Pretinho do Água Santa" (DEM).[8]

Ataque criminosoEditar

Em 29 de Abril de 2018, por volta de 15h45 da tarde o Centro de Treinamento do CAD foi invadido e atacado em um ato criminoso. O caso até o presente momento[quando?] é investigado pela Policia Civil em Diadema, no 2º DP da cidade localizado bairro Piraporinha. O CT foi invadido, depredado, incendiado, roubado e furtado.[9] Foram enormes os danos e percas que não contaram com uma estimativa oficial divulgada tanto por partes da imprensa, PM tanto por parte do próprio Clube, [10] especulações citam valores acima da casa dos R$500 mil [11]. A repercussão nos veículos regionais [12], na grande mídia e nos sites esportivos por todo o Brasil foi volumosa durante dias [13], indignando e deixando várias duvidas na cabeça da população Diademense simpatizante ao futebol, o resultado final foi a regressão do CT ao estágio inicial encontrado pelo clube no começo de sua concessão, abandonado e em ruínas. [14]

Migração para Ribeirão PiresEditar

Em 5 de fevereiro de 2020 o Clube Atlético Diadema confirmou em suas redes sociais a sua migração para o município de Ribeirão Pires, após uma reunião que apresentou o projeto a seus atletas com contratos vigentes, pais e mães. Então após 11 anos a equipe deixava a cidade de Diadema. Em Ribeirão Pires, o time jogará no novo Estádio Municipal totalmente reformado pela equipe, novamente sem um centavo de dinheiro público. Já em Agosto em 2019 o Estádio foi concedido ao clube pelos Vereadores em projeto que responsabiliza o novo "CADRP" pela gestão do mesmo pelos próximos 20 anos.

Assim sendo, o novo Clube Atlético Desportivo Ribeirão Pires - CADRP surge e herda a História, Títulos, Atletas, Comissão Técnica, Diretoria, Presidência do antigo Clube Atlético Diadema - CAD, já que perante a FPF, CBF e FIFA, o clube nos termos legais mudou a sua cidade sede, sendo assim não houve uma refundação a partir do zero.

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

  Promovido à divisão superior
  Rebaixado à divisão inferior
  Licenciamento no ano seguinte
Competição Temporadas Melhor campanha Anos A   R  
  Segunda Divisão 5 10º colocado (2016) 2013-2017  

Categorias de baseEditar

Títulos da baseEditar

  Campeonato Paulista Sub-20 Segunda Divisão 2013

Referências

  1. http://www.tvabcd.com.br/noticias/2015/ca-diadema-nao-vai-disputar-o-paulistao-serie-b[ligação inativa]
  2. Comunicação, Drive. «Federação Paulista de Futebol». 2016.futebolpaulista.com.br. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  3. «Diadema Campeão Paulista Sub-20». Melhores da Base. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  4. «CAD decide título do Campeonato Paulista de Futebol Sub 20 - Segunda Divisão». www.diadema.sp.gov.br. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  5. GloboEsporte.comJaú, Por; SP. «XV de Jaú vence Diadema e fatura o título do Paulista Sub-20 da 2ª Divisão». globoesporte.com. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  6. «Sobre o Clube | Clubes | Federação Paulista de Futebol». www.fpf.org.br. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  7. «CA Diadema». www.facebook.com. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  8. Redação, Da (10 de março de 2017). «Acordo do CAD com Lauro Michels desagrada 'bancada' do Água Santa». RD - Jornal Repórter Diário. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  9. «Ônibus incendiado, sede depredada e objetos roubados: time do ABC vive dia de terror». ESPN.com. 15 de maio de 2018. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  10. «Ônibus do CA Diadema é incendiado criminalmente na Grande São Paulo». Futebol Interior (em inglês). Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  11. «Pedro Rocha, ex-Grêmio, é salvação contra vandalismo em Diadema». Lance!. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  12. Redação, Da (30 de abril de 2018). «Ônibus do CAD e CT sofrem depredações no fim de semana». RD - Jornal Repórter Diário. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  13. «Ex-Grêmio é salvação contra vandalismo em Diadema». Terra. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
  14. Redação, Da (8 de junho de 2018). «Sem apoio, CAD prepara saída de Diadema após 11 anos». RD - Jornal Repórter Diário. Consultado em 21 de janeiro de 2020 
   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.