Abrir menu principal
Complexo Portuário de Cabinda
Rebocador De-Da, no Complexo Portuário de Cabinda, em 2005.
Localização
País Angola
Localização Cabinda
Coordenadas 5° 33′ 00,7″ S, 12° 11′ 34,8″ L
Detalhes
Inauguração c. 1530
Operado por Empresa Portuária de Cabinda
Caioporto S.A.
Proprietário Governo angolano
Tipo de porto Marítimo
Estatísticas
Website www.portodecabinda.com
www.portocaio.com

O Complexo Portuário de Cabinda, ou simplesmente Porto de Cabinda, são um conjunto de terminais portuários angolanos localizados no município de Cabinda, na província do Cabinda. Encontra-se na baía de Cabinda que está ligada ao Oceano Atlântico.[1]

O complexo pertence ao governo angolano, sendo este o responsável por sua administração por meio das empresas Caioporto S.A. (capital misto)[2] e Empresa Portuária de Cabinda (estatal).[3]

Junto aos portos de Luanda (Luanda), Lobito (Benguela), Soyo (Zaire) e Namibe (Namibe), formam os maiores complexos portuários do país. É o maior complexo portuário do norte do país.[4]

O complexo portuário é formado pelo Porto Pesqueiro de Cabinda (no centro da cidade), pelo Porto de Cabinda (na Ponta do Farol), o Porto de Caio (na regedoria do Caio), pelo Porto de Malongo e pelo Porto de Fútila (ambos a regedoria de Fútila). A conexão de todos os portos é feita pela rodovia EN-100.[5]

Os portos de Cabinda e o Pesqueiro são especializados em cargas alimentícias e transporte veículos e pessoas; já os portos de Caio e Malongo estão especializados em petróleos, e; os portos de Caio e Fútila no escoamento de manufaturados do Polo Industrial de Fútila.[6]

Considera-se que o Porto Pesqueiro, o mais antigo do complexo, tenha iniciado suas atividades no século XVI, inaugurando-se oficialmente em 18 de junho de 1885, com a criação do Distrito do Congo, que reafirmou Cabinda sob a soberania portuguesa.[7] Já o Porto de Cabinda foi erguido na década de 1960, e os portos de Fútila, Malongo e Caio a partir da década de 1980, dado a necessidade de expansão de estruturas.

Referências

  1. Complexo Poruário. Jornal de Angola. 6 de maio de 2017.
  2. Novo porto de Cabinda em plena operação um ano antes do previsto - administração. Diário de Notícias. 3 de outubro de 2017.
  3. Soapro. «Porto de Cabinda». Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  4. Conselho Nacional de Carregadores. «Porto de Cabinda». Consultado em 10 de dezembro de 2018 
  5. «Porto do Caio condiciona obra em estradas em Cabinda». Portal Angop. Consultado em 22 de maio de 2018 
  6. Principais Benefícios. Caioporto S.A.. 2019.
  7. 1885 em Cabinda. Cabinda.net. 2019.