Consistório Ordinário Público de 1930

Neste consistório, o Papa Pio XI fez três oficiais italianos da Cúria Romana , um arcebispo brasileiro, e um cardeal bispo francês. Deixou o Colégio equilibrado entre 31 italianos e 32 não italianos.[1]

Consistório de 1930
Data e Local
Papa
Cardeais Criados
Nº Cardeais 5
Eleitores 5
Ordens Cardinalícias
Cardeais-Presbíteros 5
Colégio de Cardeais
Eleitores 63
Total 63
Cronologia
II Consistório 1929
Consistório 1933

dados em catholic-hierarchy.org

Cardeais EleitoresEditar

País Nome Idade
[nota 1]
Cargo Título ou Diaconia
Cardeais eleitores
1   Sebastião Leme da Silveira Cintra 48 Arcebispo do Rio de Janeiro Cardeal-presbítero de São Bonifácio e Santo Aleixo
2   Francesco Marchetti Selvaggiani 58 Secretário Congregação para a Evangelização dos Povos Cardeal-presbítero de Santa Maria Nova
3   Raffaele Carlo Rossi, O.C.D. 53 Secretário da Congregação para os Bispos Cardeal-presbítero de Santa Praxedes
4   Giulio Serafini 62 Prefeito da Pontifício Conselho para os Textos Legislativos Cardeal-presbítero de Santa Maria sobre Minerva
5   Achille Liénart 46 Bispo de Lille Cardeal-presbítero de São Sisto

Link ExternoEditar

Notas e referências

Notas

  1. A idade refere-se ao dia da realização do Consistório.

Referências

  1. «Five Prelates Named to Become Cardinals» (PDF). New York Times. 6 de junho de 1930. Consultado em 16 de julho de 2018