Abrir menu principal

Consistório Ordinário Público de 1935

Consistório de 1935
Data e Local
Papa
Cardeais Criados
Nº Cardeais 18
Eleitores 18
Revelado In Pectore 2
Ordens Cardinalícias
Cardeais-Presbíteros 12
Cardeais-Diáconos 8
Colégio de Cardeais
Eleitores 68
Total 68
Cronologia
Consistório 1933
Consistório 1936

dados em catholic-hierarchy.org

Em 21 de novembro de 1935, o Papa Pio nomeou 18 prelados que planejava fazer cardeais em um consistório em 16 de dezembro. Treze eram italianos e cinco vieram de outros países. Um deles foi o primeiro patriarca do Rito Oriental a entrar no Colégio desde 1895. Foi o primeiro consistório a criar até 18 cardeais desde que Pio X o fez em 1911 . Pio também revelou os nomes de dois que acrescentou em segredo em 1933.[1] Quatro dos novos cardeais, núncios papais incapazes de participar da cerimônia, participaram da próxima recepção de novos cardeais em junho de 1936.[2][nota 1]Como foi tradicional para o núncio apostólico na Espanha, Tedeschino, criado em pectoreno consistório anterior, recebeu seu biretta vermelho do presidente espanhol Alcalá Zaomora, chefe de "uma das nações mais oficialmente anticlericais do mundo".[3] Com este consistório, o Colégio cresceu para 68 membros, 37 deles italianos.[4][nota 2]

Cardeais EleitoresEditar

  1.   Ignatius Gabriel I Tappouni (1879–1968)
  2.   Enrico Sibilia (1861-1948)
  3.   Francesco Marmaggi (1870-1949)
  4.   Luigi Maglione (1877-1944)
  5.   Carlo Cremonesi (1866-1943)
  6.   Alfred-Henri-Marie Baudrillart, C.O. (1859-1942)
  7.   Emmanuel Célestin Suhard (1874-1949)
  8.   Karel Kašpar (1870-1941)
  9.   Santiago Copello (1880-1967)
  10.   Isidro Goma y Tomas (1869-1940)
  11.   Camillo Caccia Dominioni (1877–1946)
  12.   Nicola Canali (1874-1961)
  13.   Domenico Jorio (1867-1954)
  14.   Vincenzo Lapuma (1874-1943)
  15.   Federico Cattani Amadori (1856-1943)
  16.   Massimo Massimi (1877–1954)
  17.   Domenico Mariani (1863-1939)
  18.   Pedro Boetto, S.J. (1871-1946)

Revelação In PectoreEditar

  1.   Federico Tedeschini (1873-1959), criado In pectore em 13 de março de 1933[4][3]
  2.   Carlo Salotti (1870–1947), criado In pectore em 13 de março de 1933[4]

Link ExternoEditar

Notas e referências

Notas

  1. The four and their assignments were Sibilia (Vienna), Marmaggi (Warsaw), Maglioni (Paris), and Tedeschini (Madrid).
  2. But for the death of Cardinal Michele Lega a few hours before the consistory, the College would have reached 69 members.

Referências

  1. «Pope Elevates 20 to Cardinals' Rank» (PDF). New York Times. 21 de novembro de 1935. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  2. «Red Hats are Given to Six by the Pope» (PDF). New York Times. 19 de junho de 1936. Consultado em 16 de julho de 2018 
  3. a b José M. Sánchez (abril de 1963). «The Second Spanish Republic and the Holy See: 1931-1936». Catholic Historical Review. 49 (1): 47–68, esp. 65–6. JSTOR 25017192 
  4. a b c Cortesi, Arnaldo (17 de dezembro de 1935). «20 New Cardinals Created by Pope» (PDF). New York Times. Consultado em 16 de julho de 2018