Abrir menu principal

Correio (jornal)

jornal de Salvador, Bahia, Brasil


CORREIO (Correio*)
Logo of Brazilian newspaper Correio (Bahia).jpg
Correio 29072014.jpg
Capa da edição de 29 de julho de 2014.
Empresa Baiana de Jornalismo S/A
Periodicidade Diário
Formato berliner
Sede Rua Aristides Novis, 123, Federação, Salvador.
Preço R$ 1,00 (R$ 1,50 aos domingos)
Assinatura Opcional
Slogan O que a Bahia quer saber
Só podia ser líder
Fundação 20 de dezembro de 1978 (40 anos)
Pertence a Rede Bahia
Diretor Wilson Maron
Editor-chefe Linda Bezerra
Circulação 35 497 (média, versão impressa, 2015)[1]
Página oficial www.correio24horas.com.br

O Correio[nota 1] (antigo Correio da Bahia, embora ainda seja chamado assim, eventualmente)[3] é um jornal diário que circula no estado brasileiro da Bahia. Fundado em 20 de dezembro de 1978, o Correio faz parte da Rede Bahia, o mesmo grupo que controla a Rede Bahia de Televisão.

HistóriaEditar

Em agosto de 2008 o jornal passou por algumas reformulações para acompanhar as principais tendências do jornalismo mundial, trazendo uma representação mais moderna. Segundo auditoria do Índice Verificador de Circulação (IVC) divulgada pela Associação Nacional de Jornais (ANJ), no mês de setembro de 2010 o Correio ultrapassou o jornal A Tarde que ocupava este posto por décadas.[4] Em 2012, tinha uma média de 62 070 exemplares vendidos, se tornou o maior jornal da região Nordeste e o 16.º maior do Brasil em circulação.[5] Em maio de 2019 foi iniciado um processo de demissões, de jornalistas a funcionários, após a crise de audiência instalada na Rede Bahia de Televisão em 2018.[6] Em novembro de 2019, o jornal lançou uma série de reportagens sobre os problemas financeiros do metrô. Foi feita em parceria com o jornal O Povo (de Fortaleza).[7]

Correio24horasEditar

O Correio24horas é uma plataforma online do jornal de acesso gratuito. É atualizado instantaneamente. O site possui blogues e postagens de colunistas, matérias e reportagens. Segue a mesma linha editorial presente na versão impressa do jornal.

Ver tambémEditar

Notas e referências

Notas

  1. Também é estilizado como CORREIO, Correio* ou CORREIO*.[2]

Referências

  1. ANJ. «Os maiores jornais do Brasil de circulação paga, por ano». Consultado em 9 de março de 2018. Arquivado do original em 11 de outubro de 2015 
  2. Associação Nacional de Jornais. CORREIO* (SALVADOR/BA), acesso em 25 de janeiro de 2013.
  3. Flávio Coutinho (31 de janeiro de 2011). «História». Cultura Mix. Consultado em 25 de janeiro de 2013 
  4. «Correio* lidera circulação no estado da Bahia, segundo IVC». ANJ. Consultado em 17 de outubro de 2019. Arquivado do original em 23 de setembro de 2013 
  5. «CORREIO fecha o ano como jornal líder do Nordeste». CORREIO*. 25 de janeiro de 2013. Consultado em 25 de janeiro de 2013 
  6. Gabriel Vaquer e Luiza Leão (2 de maio de 2019). «Em crise, afiliada da Globo na Bahia inicia processo de demissões». Notícias da TV. Consultado em 17 de outubro de 2019 
  7. Roberta Soares (4 de novembro de 2019). «Série de reportagens Metrôs – Uma conta que não fecha». Jornal do Commércio. Consultado em 6 de novembro de 2019 

Ligações externasEditar