Abrir menu principal

Daltro Menezes

futebolista brasileiro

Daltro Rodrigues Menezes[1] (Porto Alegre, 18 de janeiro de 193818 de agosto de 1994) foi um treinador de futebol brasileiro, que treinou grandes clubes do país, como a dupla Grêmio e Internacional, entre outros plantéis do futebol nacional.[2] Ganhou o carinhoso apelido de Gordinho,[3] em sua passagem pelo Glória de Vacaria.

Daltro Menezes
Informações pessoais
Nome completo Daltro Rodrigues Menezes
Data de nasc. 18 de janeiro de 1938
Local de nasc. Porto Alegre,  Rio Grande do Sul,  Brasil
Falecido em 18 de agosto de 1994 (56 anos)
Local da morte Porto Alegre,  Rio Grande do Sul,  Brasil
Apelido Daltro Menezes
Gordinho
Informações profissionais
Função Ex-Treinador
Times/Equipas que treinou
1968-1968
1968-1971
1972-1972
1973-1973
1974-1976
1976-1977
1977-1977
1978-1978
1979-1979
1979-1979
1979-1979
1980-1981
1981-1981
1981-1982
1982-1983
1984-1988
1988-1988
1988-1989
1989-1989
1994-1994
Rio Grande do Sul EC Juventude
Rio Grande do Sul SC Internacional
São Paulo Guarani FC
Rio Grande do Sul Grêmio
Rio Grande do Sul EC Juventude
Sergipe AO Itabaiana
Rio Grande do Sul EC Juventude
Santa Catarina Criciúma EC
São Paulo AA Francana
Paraná Coritiba FC
São Paulo Comercial FC
Ceará Ceará SC
São Paulo Santos FC
Bahia EC Vitória
Rio Grande do Sul EC Novo Hamburgo
Rio Grande do Sul FC Santa Cruz
Santa Catarina EC Próspera
Rio Grande do Sul Glória de Vacaria
Santa Catarina Figueirense FC
Rio Grande do Sul Glória de Vacaria

HistóriaEditar

Daltro Menezes começou sua carreira de técnico nas bases do Internacional, mas só estreou no profissional quando ganhou uma oportunidade do Juventude que, sem dinheiro em caixa, resolveu apostar em um treinador jovem[4]. Após grande trabalho no time de Caxias do Sul, voltou ao Internacional onde faria história. Com o tricampeonato gaúcho conquistado pelo Inter, Daltro pode dirigir grandes e tradicionais clubes brasileiros, como a própria dupla Gre-Nal, os rivais catarinenses Criciúma e Figueirense, além de Santos, Juventude, Coritiba e Vitória da Bahia[5].

Campanhas de destaqueEditar

Tricampeonato gaúcho e vice do Robertão

Daltro assumiu o Internacional em 1968, debaixo de uma enorme pressão. Voltando ao colorado, onde havia trabalhado nas categorias de base, Daltro vinha de um grande trabalho no Juventude, mas, agora, assumia, pela primeira vez, um "enorme" clube do futebol nacional que, para piorar a situação, não ganhava do seu maior rival há sete anos[6]. Ao lado do auxiliar Vevé, Daltro fez milagre [7]. Não só encerrou o jejum de derrotas coloradas para o rival tricolor, como levou o Inter ao vice-campeonato do Robertão em 1968 e o tricampeonato gaúcho em 1969, 1970 e 1971[8][9].

Taça Governador do Estado

Em 1976, Daltro voltou ao Juventude, clube onde iniciou sua carreira como treinador profissional. Lá, conquistou seu único título com o clube, a épica Taça Governador do Estado do Rio Grande do Sul, que foi disputada por mais de 50 times[10].

A Glória do Glória

Em 1988, Daltro assumiu o Glória, vindo de uma rápida passagem pelo Próspero de Santa Catarina[11]. O "Gordinho", como era conhecido, levou o Glória a conquistar o Campeonato Gaúcho da 2ª Divisão em 1988 e ficar em 4º lugar na primeira divisão em 1989[12].

PolêmicasEditar

Não só de títulos viveu Daltro. Polêmicas rodearam a carreira do treinador. A mais famosa delas foi a saída do Inter, em 1971, quando caiu, principalmente, por não escalar Bráulio, um xodó da torcida colorada [13]. Ao enfrentar a torcida e a diretoria, e não escalar Bráulio, Menezes viu sua corda arrebentar com uma derrota para o Grêmio em pleno Beira-Rio na final de um certame amistoso disputado em Porto Alegre (a Taça Internacional de Porto Alegre), e em abril deixou o Internacional.

Em 1979, quando dirigia o Comercial de Ribeirão Preto, viu seu nome e do goleiro de seu time, Vandeir, envolvidos em uma grande polêmica que terminou com a demissão de ambos do Leão do Norte. Após o Bafo perder em casa para a Inter de Limeira por 1 a 4, em 5 de agosto de 1979 - pelo Campeonato Brasileiro da 1ª Divisão - resultado que foi considerado, na época, uma zebra, principalmente por dois "frangos" tomados por Vandeir, viu jornalistas e torcedores os acusarem de armar resultado. Daltro e Vandeir trabalharam juntos em muitos clubes, e a ida de ambos para o Ceará, que tinha acesso garantido na primeira divisão do ano seguinte, também não pegou bem para o momento, uma vez que o Comercial não escapou do rebaixamento naquele ano. Daltro não chegou a ser investigado, mas não retornou mais ao interior paulista [14].

Morte e homenagemEditar

Daltro Menezes morreu em sua cidade-natal, Porto Alegre, em 18 de agosto de 1994, vítima de complicações por conta de sua obesidade mórbida.

Em 1996 foi disputada, no Rio Grande do Sul, a Copa Daltro Menezes, um torneio amistoso em homenagem ao treinador que havia morrido em 1994. SER Caxias e Brasil de Pelotas se enfrentaram pelo título, que terminou conquistado pelo SER Caxias[15].

TítulosEditar

CampeãoEditar

Internacional
  • Campeonato Gaúcho: 1969, 1970, 1971
Juventude
  • Taça Governador do Estado do RS: 1976
Glória de Vacaria
  • Campeonato Gaúcho 2ª Divisão: 1988

Vice-campeãoEditar

Internacional
  • Taça Roberto Gomes Pedroza: 1968
  • Torneio Internacional de Porto Alegre: 1971

Referências

  1. https://tardesdepacaembu.wordpress.com/2017/08/30/daltro-menezes-o-braulio-nao-teve-culpa/
  2. «História do Inter é recheada por grandes treinadores». esportes.terra.com.br. Consultado em 11 de setembro de 2010 
  3. «História do Glória - 1988-1989: Nunca fomos tão felizes!». Consultado em 24 de janeiro de 2012 
  4. https://tardesdepacaembu.wordpress.com/2017/08/30/daltro-menezes-o-braulio-nao-teve-culpa/
  5. https://www.ogol.com.br/coach.php?id=17192&search=1&search_string=daltro+menezes&searchdb=1
  6. https://tardesdepacaembu.wordpress.com/2017/08/30/daltro-menezes-o-braulio-nao-teve-culpa/
  7. https://terceirotempo.uol.com.br/que-fim-levou/veve-220716
  8. https://interpedia.fandom.com/pt-br/wiki/Daltro_Menezes
  9. http://esportes.terra.com.br/futebol/estaduais/campeonato-gaucho/historia-do-inter-e-recheada-por-grandes-treinadores,7e589eeef81fd310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
  10. https://books.google.com.br/books?id=JmV67K3SOgkC&pg=PA64&lpg=PA64&dq=campe%C3%A3o+daltro+menezes&source=bl&ots=UfwUzin6Mz&sig=ACfU3U3uCxFdfHvsOW3U6sPHEarVWooG_w&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwist4qk8LXjAhUjH7kGHSBwBow4MhDoATAFegQICRAB#v=onepage&q=campe%C3%A3o%20daltro%20menezes&f=false
  11. https://www.ogol.com.br/coach.php?id=17192&search=1&search_string=daltro+menezes&searchdb=1
  12. http://www.gloriadevacaria.com.br/nunca_fomos_tao_felizes.php
  13. https://tardesdepacaembu.wordpress.com/2017/08/30/daltro-menezes-o-braulio-nao-teve-culpa/
  14. https://books.google.com.br/books?id=fMCEdGVOmFYC&pg=PA18&lpg=PA18&dq=daltro+menezes+demitido+do+comercial&source=bl&ots=V6M4Ea_nw2&sig=ACfU3U3TcGAV6HtjewKKEOijW4MsRnCVAg&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwjLgJv66LXjAhW-FLkGHYnXDSE4ChDoATAAegQICRAB#v=onepage&q=daltro%20menezes%20demitido%20do%20comercial&f=false
  15. https://www.futebolnacional.com.br/infobol/championship.jsp?code=946B9818FF13D2F0EAE1BC905A8EBDC3&lang=pt_br
  Este artigo sobre um(a) treinador(a) de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.