Abrir menu principal

Campeonato Gaúcho de Futebol - Divisão de Acesso

Campeonato Gaúcho
Campeonato Gaúcho de Futebol - Divisão de Acesso
Dados gerais
Organização FGF
Edições 60
Outros nomes Segundona, Divisão de Acesso
Local de disputa  Rio Grande do Sul,  Brasil
Sistema Grupos e Mata-mata
Divisões
Campeonato GaúchoDivisão de Acesso • Segunda Divisão
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Gaúcho de Futebol - Divisão de Acesso é o segundo nível do Futebol no Estado do Rio Grande do Sul e garante o acesso de duas equipes para a Elite do Futebol Gaúcho do ano subseqüente. Organizado pela FGF, teve sua primeira edição no ano de 1952, sendo disputado anualmente até então, exceto em cinco oportunidades (1971, 1972, 1973, 1974 e 1976). Bagé, Guarany de Bagé, São Paulo-RS, Rio Grande, Rio-Grandense-RG, Pelotas, Brasil de Pelotas, Caxias e Cruzeiro-RS são clubes que já venceram tanto a primeira quanto a segunda divisão do futebol gaúcho.

Índice

HistóricoEditar

[1]

O Campeonato Gaúcho de Futebol até o final dos anos 1960 era disputado geralmente por quatro equipes em sua fase final. Quatro equipes estas que eram campeãs em suas respectivas regiões (Fronteira, Metropolitana, Serra e Litoral). A Federação Gaúcha de Futebol decide então criar a segunda divisão profissional englobando os clubes recém-profissionalizados e que previamente não disputavam as Regionais.

No primeiro campeonato, cada cidade era representada por apenas um clube. Não havia acesso. O campeão não garantia nem a vaga para o próximo campeonato, uma vez que teria que disputar o campeonato municipal profissional para obtê-la. Participaram da primeira edição: Ypiranga de Erechim, Nacional de Cruz Alta, Glória de Carazinho, Palmeirense de Palmeiras das Missões, Santa Cruz de Santa Cruz do Sul, Lajeadense de Lajeado e Sá Viana de Uruguaiana (Classificados como campeões citadinos profissionais); 14 de Julho de Passo Fundo, Montenegro de Montenegro, Estrela de Estrela, Guarani de Venâncio Aires e Aimoré de São Leopoldo (Designados para representar a cidade sem competição, pois eram os únicos clubes profissionais); Esportivo de Bento Gonçalves, Gaúcho de Ijuí e Pedro Osório de Tupãnciretã (Classificados após campeonatos citadinos mistos com profissionais e amadores).

A disputa era regionalizada e classificava os campeões de cada região para as finais. O Sá Viana sagrou-se o primeiro campeão ao derrotar na final o Santa Cruz-RS.[2]

Somente com a primeira edição do Campeonato Gaúcho Unificado, a Federação criou oficialmente a Divisão de Acesso, cujo campeão disputava a vaga no Torneio da Morte com o último da Divisão Especial. Excepcionalmente em 1961, os dois primeiros do acesso enfrentaram os dois últimos da Divisão Especial por duas vagas.

A partir de 1965 o campeão passou a garantir vaga direta para a Primeira Divisão.

A competição mudou sua nomenclatura várias vezes: Segunda Divisão de Profissionais (1952-1960), Divisão de Acesso (1961-1964), Primeira Divisão de Profissionais (1965, 1966), Divisão de Ascenso (1967-1969), novamente Primeira Divisão de Profissionais (1970), Segunda Divisão (1975-1998), novamente Divisão de Acesso (1999-2002), novamente Segunda Divisão (2003-2011) e finalmente Divisão de Acesso pela terceira vez na história a partir de 2012.

A polêmica fórmula do Campeonato Gaúcho de 1995 a 1999Editar

De 1995 a 1999, seguindo o modelo paulista, a FGF criou uma primeira divisão com duas séries: A e B. Os melhores colocados da B subiam no mesmo ano para a fase final da Série A. Esses clubes se consideram campeões da Segunda Divisão. A FGF, porém, considera como Segunda Divisão, a série inferior que classificava para a Série B do ano seguinte, que na prática era formada pelos clubes da Terceira Divisão. Para a FGF não houve disputa da terceira divisão nestes anos, considerando-a como a Segunda Divisão Oficial.

Campeões da Segunda Divisão segundo a FGF
  • 1995 - Sociedade Esportiva Recreativa Santo Ângelo (Santo Ângelo)
  • 1996 - Esporte Clube Novo Hamburgo (Novo Hamburgo)
  • 1997 - Grêmio Esportivo São José (Cachoeira do Sul)
  • 1998 - Grêmio de Esportes Torrense (Torres)
Campeões do Grupo B do Campeonato Gaúcho

Torneio era dividido em 2 grupos, os vencedores se classificavam para a fase final da Série A no mesmo ano. Não havia final.

  • 1995 - Clube Esportivo (Bento Gonçalves) e Clube Atlético (Carazinho)
  • 1996 - Sociedade Esportiva Recreativa Santo Ângelo (Santo Ângelo) e Grêmio Esportivo Brasil (Pelotas)
  • 1997 - Foot-Ball Club Santa Cruz (Santa Cruz) e Esporte Clube Guarani (Venâncio Aires)
  • 1998 - Esporte Clube Internacional (Santa Maria) e Clube Esportivo (Bento Gonçalves)
  • 1999 - Esporte Clube Avenida (Santa Cruz) e Esporte Clube São José (Porto Alegre)

No segundo semestre de 1999, a FGF reformula a segunda divisão acabando com as promoções no mesmo ano. Os clubes rebaixados na Série A de 1999 participam do torneio.

Lista de CampeõesEditar

SEGUNDA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1952
Detalhes
 
Sá Viana
-
-
 
Santa Cruz
1953
Detalhes
 
Flamengo[a]
Triangular Final  
Ferro Carril
 
Nacional
1954
Detalhes
 
Guarany de Cruz Alta
Pentagonal Final  
Atlântico
 
Esportivo
 
Estrela
1955
Detalhes
 
Guarany de Cruz Alta
2 - 0
4 - 3
 
Lajeadense
1956
Detalhes
 
Glória de Carazinho
2 - 0
1 - 1
 
Guarany de Cruz Alta
 
Swift Internacional
 
Esportivo
1957
Detalhes
 
Nacional
4 - 4
3 - 3
1 - 0
 
Lajeadense
 
Esportivo
 
Swift Internacional
1958
Detalhes
 
Elite
3 - 1
0 - 2
3 - 2
 
Atlântico
1959
Detalhes
 
Lajeadense
Triangular Final  
Nacional
 
Atlântico
1960
Detalhes
 
Tamoyo
2 - 2
(4 - 3 pen.)
 
Estrela
TORNEIO DE ACESSO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1961
Detalhes
 
Brasil de Pelotas
Quadrangular Final  
Atlântico
 
Taquariense
 
Sá Viana
1962
Detalhes
 
Rio Grande
4 - 3
2 - 5
2 - 2
(2 - 0 pro.)
 
Atlântico
1963
Detalhes
 
São José
1 - 0
1 - 1
 
Rio-Grandense
1964
Detalhes
 
Bagé
0 - 3
1 - 0
1 - 0
 
Avenida
PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1965
Detalhes
 
Rio-Grandense
1 - 3
2 - 0
(6 - 5 pen.)
 
Gaúcho
1966
Detalhes
 
Gaúcho
0 - 1
5 - 0
(1 - 0 pro.)
 
Uruguaiana
DIVISÃO DE ASCENSO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1967
Detalhes
 
Ypiranga de Erechim
Hexagonal Final  
São Paulo
 
Santa Cruz
 
14 de Julho-PF
1968
Detalhes
[nota]
 
Internacional-SM
 
14 de Julho-PF
1969
Detalhes
[nota]
 
Esportivo
1 - 0
WO
 
Avenida
 
Guarany de Bagé
1 - 0
1 - 1
 
Veterano
PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1970
Detalhes
 
São Paulo
-
-
 
Tamoyo
1971-1974 Não disputado
SEGUNDA DIVISÃO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1975
Detalhes
 
São Luiz
-
-
 
Armour
1976 Não disputado
1977
Detalhes
 
Gaúcho
-
-
 
Estrela
1978
Detalhes
 
Riograndense-SM
Octogonal Final  
Cachoeira
 
Avenida
30px
Pedro Osório
1979
Detalhes
 
Lajeadense
Octogonal Final  
14 de Julho
 
São José
 
Rio-Grandense
1980
Detalhes
 
Armour
Hexagonal Final  
SER São Gabriel
 
Rio-Grandense
 
Avenida
1981
Detalhes
 
São José
Octogonal Final  
Esportivo
1982
Detalhes
 
Bagé
-
-
 
Aimoré
1983
Detalhes
 
Pelotas
Quadrangular Final  
Santa Cruz
 
14 de Julho-PF
 
14 de Julho
1984
Detalhes
 
Gaúcho
Octogonal Final  
Rio-Grandense
 
14 de Julho
 
Lajeadense
1985
Detalhes
 
Bagé
Eneagonal Final  
São Paulo
 
São José
 
Estrela
1986
Detalhes
 
Passo Fundo
Octogonal Final  
Lajeadense
 
São José
 
Ypiranga de Erechim
1987
Detalhes
 
Guarany de Cruz Alta
2 - 1
2 - 1
 
Aimoré
 
Dínamo
 
Elite
1988
Detalhes
 
Glória
Octogonal Final  
Novo Hamburgo
 
Guarany de Bagé
 
Dínamo
1989
Detalhes
 
Ypiranga de Erechim
Octogonal Final  
Guarany de Cruz Alta
 
Guarani-VA
 
São Luiz
1990
Detalhes
 
São Luiz
0 - 1
2 - 1
(1 - 0 pro.)
 
Guarani-VA
 
Internacional-SM
 
Grêmio Santanense
1991
Detalhes
 
Internacional-SM
Quadrangular Final  
Grêmio Santanense
 
Guarany de Garibaldi
 
Ipiranga de Sarandi
1992
Detalhes
 
Brasil de Farroupilha
Octogonal Final  
Guarany de Garibaldi
 
14 de Julho
 
Pradense
1993
Detalhes
 
Veranópolis
Quadrangular Final  
Bagé
 
Taquariense
 
Tresmaiense
1994
Detalhes
 
Atlético Carazinho
Decagonal Final  
15 de Novembro
 
Guarany de Bagé
 
São Borja
1995[b]
Detalhes
 
Santo Ângelo
2 - 0
2 - 2
 
Palmeirense
 
Pratense
 
Taquariense
1996[b]
Detalhes
 
Novo Hamburgo
Octogonal Final  
São José
 
São Borja
 
Farroupilha
1997[b]
Detalhes
 
São José-CS
Quadrangular Final  
Lajeadense
 
Guarany de Bagé
 
Juventus
1998[b]
Detalhes
 
Torrense
Hexagonal Final  
Avenida
 
Rio Grande
 
Bagé
DIVISÃO DE ACESSO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
1999[c]
Detalhes
 
Esportivo
Quadrangular Final  
15 de Novembro
 
Glória
 
Rio Grande
2000
Detalhes
 
Novo Hamburgo
Hexagonal Final  
São Paulo
 
Glória
 
Brasil de Pelotas
2001
Detalhes
 
Palmeirense
Quadrangular Final  
São Gabriel FC
 
Internacional-SM
 
Grêmio Santanense
2002
Detalhes
 
São José-CS
Hexagonal Final  
Glória
 
Brasil de Pelotas
 
Avenida
SEGUNDA DIVISÃO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
2003
Detalhes
 
ULBRA[d]
Octogonal Final  
Novo Hamburgo
 
Internacional-SM
 
Gaúcho
2004
Detalhes
 
Brasil de Pelotas
Quadrangular Final  
Farroupilha
 
Sapiranga
 
Brasil de Farroupilha
2005
Detalhes
 
São Luiz
Quadrangular Final  
Gaúcho
 
Santo Ângelo
 
Internacional-SM
2006
Detalhes
 
Guarany de Bagé
Octogonal Final  
Guarani-VA
 
Internacional B
 
Internacional-SM
2007
Detalhes
 
Sapucaiense
Octogonal Final  
Internacional-SM
 
Santo Ângelo
 
Pelotas
2008
Detalhes
 
Ypiranga de Erechim
Octogonal Final  
Avenida
 
Pelotas
 
Brasil de Farroupilha
2009
Detalhes
 
Porto Alegre
Quadrangular Final  
Pelotas
 
Cerâmica
 
Riograndense-SM
2010
Detalhes
 
Cruzeiro[e]
1 - 1
3 - 0
 
Lajeadense
 
Brasil de Farroupilha
 
São Paulo
2011
Detalhes
 
Avenida
Quadrangular Final  
Cerâmica
 
Brasil de Farroupilha
 
Juventus
DIVISÃO DE ACESSO
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
2012
Detalhes
 
Esportivo
2 - 1
1 - 1
 
Passo Fundo
 
Guarany-Cam
 
União Frederiquense
2013
Detalhes
 
Brasil de Pelotas
4 - 1
1 - 0
 
São Paulo
 
Aimoré
 
Riograndense-SM
2014
Detalhes
 
Ypiranga de Erechim
1 - 0
4 - 1
 
Avenida
 
União Frederiquense
 
Brasil de Farroupilha
2015
Detalhes
 
Glória
Quadrangular Final  
Guarani-VA
 
Brasil de Farroupilha
 
São Gabriel
2016
Detalhes
 
Caxias
Quadrangular Final  
Pelotas
 
Brasil de Farroupilha
 
União Frederiquense
2017
Detalhes
 
São Luiz
1 - 1
0 - 0
(9 - 8 pen.)
 
Avenida
 
Lajeadense
 
Internacional-SM
2018
Detalhes
 
Pelotas
1 - 1
4 - 0
 
Aimoré
 
Ypiranga de Erechim
 
Internacional-SM
2019
Detalhes
 
Ypiranga de Erechim
2 - 1
2 - 1
 
Esportivo
 
Glória
 
Guarani-VA

a. ^ Atualmente Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul.
b. ^ Na prática era a Terceira Divisão, porém a FGF considera oficialmente como a Segunda Divisão (Seguindo o modelo paulista, a FGF criou uma primeira divisão com duas séries: A e B, disputada de 1995 a 1998).
c. ^ Repescagem para a primeira divisão de 2000.
d. ^ Atualmente Canoas Sport Club.
e. ^ Atualmente sediado em Cachoeirinha, na época o Cruzeiro era de Porto Alegre.
nota. ^ O torneio chamado Divisão de Ascenso (1968 e 1969) foi disputado separadamente em Zonas A e B. As equipes listadas foram as venceram suas zonas e não houve decisão entre elas.

Títulos por EquipeEditar

Clube Campeão Anos dos Títulos Vice Anos dos Vice-Campeonatos
  Ypiranga (Erechim) 5 1967, 1989, 2008, 2014 e 2019
0
  São Luiz (Ijuí) 4 1975, 1990, 2005 e 2017 0
  Brasil de Pelotas (Pelotas) 3 1961, 2004 e 2013 0
  Guarany (Cruz Alta) 3 1954, 1955 e 1987 2 1956 e 1989
  Gaúcho (Passo Fundo) 3 1966, 1977 e 1984 2 1965 e 2005
  Esportivo (Bento Gonçalves) 3 1969, 1999 e 2012 2 1981 e 2019
  Bagé (Bagé) 3 1964, 1982 e 1985 1 1993
  Lajeadense (Lajeado) 2 1959 e 1979 5 1955, 1957, 1986, 1997 e 2010
  Pelotas (Pelotas) 2 1983 e 2018 2 2009 e 2016
  Novo Hamburgo (Novo Hamburgo) 2 1996 e 2000 2 1988 e 2003
  Glória (Vacaria) 2 1988 e 2015 1 2002
  Internacional (Santa Maria) 2 1968 e 1991 1 2007
  São José (Porto Alegre) 2 1963 e 1981 1 1996
  Caxias (Caxias do Sul) 2 1953 e 2016 0
  Guarany (Bagé) 2 1969 e 2006 0
  São José (Cachoeira do Sul) 2 1997 e 2002 0
  Avenida (Santa Cruz do Sul) 1 2011 6 1964, 1969, 1998, 2008, 2014 e 2017
  São Paulo (Rio Grande) 1 1970 4 1967, 1985, 2000 e 2013
  Rio-Grandense (Rio Grande) 1 1965 2 1963 e 1984
  Palmeirense (Palmeira das Missões) 1 2001 1 1995
  Passo Fundo (Passo Fundo) 1 1986 1 2012
  Armour (Santana do Livramento) 1 1980 1 1975
  Tamoyo (Santo Ângelo) 1 1960 1 1970
  Nacional (Cruz Alta) 1 1957 1 1959
  Cruzeiro (Cachoeirinha) 1 2010 0
  Porto Alegre (Porto Alegre) 1 2009 0
  Sapucaiense (Sapucaia do Sul) 1 2007 0
  ULBRA (Canoas) 1 2003 0
  Torrense (Torres) 1 1998 0
  Santo Ângelo (Santo Ângelo) 1 1995 0
  Atlético Carazinho (Carazinho) 1 1994 0
  Veranópolis (Veranópolis) 1 1993 0
  Brasil de Farroupilha (Farroupilha) 1 1992 0
  Riograndense (Santa Maria) 1 1978 0
  14 de Julho (Passo Fundo) 1 1968 0
  Rio Grande (Rio Grande) 1 1962 0
  Elite (Santo Ângelo) 1 1958 0
  Glória (Carazinho) 1 1956 0
  Sá Viana (Uruguaiana) 1 1952 0
  Atlântico (Erechim) 0 4 1954, 1958, 1961 e 1962
  Aimoré (São Leopoldo) 0 3 1982, 1987 e 2018
  Guarani (Venâncio Aires) 0 3 1990, 2006 e 2015
  15 de Novembro (Campo Bom) 0 2 1994 e 1999
  Santa Cruz (Santa Cruz do Sul) 0 2 1952 e 1983
  Estrela (Estrela) 0 2 1960 e 1977
  Cerâmica (Gravataí) 0 1 2011
  Farroupilha (Pelotas) 0 1 2004
  São Gabriel FC (São Gabriel) 0 1 2001
  Guarany (Garibaldi) 0 1 1992
  Grêmio Santanense (Santana do Livramento) 0 1 1991
  SER São Gabriel (São Gabriel) 0 1 1980
  14 de Julho (Santana do Livramento) 0 1 1979
  Cachoeira (Cachoeira do Sul) 0 1 1978
  Uruguaiana (Uruguaiana) 0 1 1966
  Ferro Carril (Uruguaiana) 0 1 1953

ReferênciasEditar

  1. «Rio Grande do Sul -- List of Second Division Champions». RSSSF Brasil. Consultado em 9 de março de 2017 
  2. «Segunda Divisão de Profissionais 1952». RSSSF Brasil. Consultado em 8 de março de 2017