Abrir menu principal

DeMarcus Cousins

basquetebolista estadunidense

DeMarcus Amir Cousins (Mobile, 13 de agosto de 1990) é um basquetebolista profissional norte-americano que atualmente defende o Los Angeles Lakers da National Basketball Association (NBA).[1]

DeMarcus Cousins
1 demarcus cousins 2019 (cropped).jpg
Informações pessoais
Nome completo DeMarcus Amir Cousins
Data de nasc. 13 de agosto de 1990 (29 anos)
Local de nasc. Alabama, Estados Unidos
Altura 6 ft 11 in (2.11 m)
Peso 270 lb (122 kg)
Apelido Boogie
Informações no clube
Clube atual Los Angeles Lakers
Número 15
Posição Pivô
Clubes de juventude
2009–2010 Kentucky Wildcats
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2010–2017
2017–2018
2018–2019
2019–Presente
Sacramento Kings
New Orleans Pelicans
Golden State Warriors
Los Angeles Lakers
00470 000(9.894)
00065 000(1.624)
000 30 000(488)
Seleção nacional
Estados Unidos
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Rio 2016 Equipe
Campeonatos Mundiais
Ouro Espanha 2014 Equipe

Ele jogou basquete universitário na Universidade de Kentucky e foi selecionado pelo Sacramento Kings com a 5° escolha geral no Draft da NBA de 2010. Além dos Kings, ele jogou no New Orleans Pelicans e no Golden State Warriors.

Carreira no ensino médioEditar

Cousins estudaram na LeFlore Magnet High School, em sua cidade natal, Mobile, Alabama. Ele levou LeFlore para o campeonato estadual Classe 6A.

Nome Cidade natal Escola Altura Peso Data
DeMarcus Cousins

PF/C

Mobile, Alabama LeFlore Magnet 2,06 m 110 kg 9 de Abril de 2009
Recrutamento: Rivais:    247Sports:    Scout:  
  • Nota : Em muitos casos, Scout, Rivals e 247Sports podem entrar em conflito em suas listas de altura e peso, nestes casos, a média foi obtida.
  • Fonte:[2][3][4]

Carreira na faculdadeEditar

 
Cousins em Kentucky em 2009.

Cousins se comprometeu coma Universidade do Alabama-Birmingham em 28 de fevereiro de 2008, mas nunca assinou uma carta de intenções.[5] Cousins se retirou da UAB e se comprometeu com Memphis em 9 de março de 2009. Ele reabriu seu recrutamento depois que o treinador de Memphis, John Calipari, foi contratado por Kentucky. Em 7 de abril de 2009, Cousins decidiu seguir John Calipari e ir para Kentucky.

Em sua única temporada em Kentucky, Cousins obteve uma média de 15,1 pontos, 9,8 rebotes e 1,8 bloqueios por jogo. Liderados por Cousins e John Wall, os Wildcats alcançaram a Elite Oito do Torneio da NCAA de 2010.[6]

Carreira profissionalEditar

Sacramento Kings (2010-2017)Editar

Temporada de 2010-11Editar

Em 7 de abril de 2010, Cousins ​​anunciou que renunciaria às três últimas temporadas de elegibilidade colegiada e entraria no Draft da NBA de 2010, onde foi selecionado pelo Sacramento Kings com a quinta escolha geral.[7]

Em 7 de julho de 2010, Cousins assinou seu contrato de novato com os Kings no valor de US $ 7 milhões nos dois primeiros anos, com opção de renovação em seu terceiro ou quarto ano.[8]

Em sua primeira temporada, ele teve médias de 28.5 minutos, 14.1 pontos, 8.6 rebotes e 0.8 bloqueios e foi nomeado para a Primeira-Equipe de Novatos.[9]

Temporada de 2011-12Editar

Em 1º de janeiro de 2012, o técnico Paul Westphal enviou Cousins ​​para casa antes do jogo contra o New Orleans Hornets, dizendo que Cousins ​​estava "relutante e incapaz de seguir na mesma direção que o resto da equipe."[10] Cousins, que estava com média de 13,0 pontos e 11,3 rebotes por jogo no momento da dispensa, supostamente exigiu ser trocado pelos Kings. Ele mais tarde negou pedir para ser negociado.

Em 5 de janeiro de 2012, Westphal foi demitido dos Kings, levando muitos a especularem que a tumultuada relação do treinador com Cousins foi um fator para sua substituição.[11]

Nessa temporada, ele jogou em 64 jogos e teve médias de 30.5 minutos, 18.1 pontos, 11.0 rebotes e 1.2 bloqueios.[12]

Temporada de 2012–13Editar

 
Cousins com Andrew Bogut

Em 11 de novembro de 2012, a liga suspendeu Cousins ​​por dois jogos por confrontar Sean Elliott, comentarista do San Antonio Spurs "de maneira hostil", depois de criticar Cousins ​​por tentar intimidar Tim Duncan na quadra.[13] Alguns criticaram a suspensão como sendo excessivamente dura e basearam-se mais na reputação de Cousins do que no realmente aconteceu, enquanto outros disseram que ele precisava crescer e aprender uma lição sobre o confronto com a mídia.[14] Cousins pediu desculpas pessoalmente a Elliott antes de um jogo contra os Spurs em março de 2014.[15]

Em 22 de dezembro de 2012, Cousins foi suspenso indefinidamente pelos Kings, que o acusaram de "comportamento não profissional e conduta prejudicial à equipe".[16] A suspensão foi suspensa em 24 de dezembro de 2012.[17]

Nessa temporada, ele jogou em 75 jogos e teve médias de 30.5 minutos, 17.1 pontos, 9.9 rebotes e 0.7 bloqueios.[18] Ele liderou a NBA com 16 infrações por falta técnica, foi expulso várias vezes e suspenso pela liga e pela franquia.

Temporada de 2013-14Editar

 
Primos com os Kings em dezembro de 2013

Em 30 de setembro de 2013, Cousins assinou uma extensão de contrato de quatro anos e US $ 62 milhões com os Kings.[19] Depois de assinar o contrato, Cousins ​​anunciou que doaria US $ 1 milhão de seu salário para as famílias e a comunidade de Sacramento.[20] Ele abriu a temporada registrando 30 pontos e 14 rebotes contra o Denver Nuggets.[21]

Em 26 de fevereiro de 2014, Cousins ​​recebeu uma suspensão de um jogo por socar Patrick Beverley no estômago.

Nessa temporada, ele jogou em 71 jogos e teve médias de 32.4 minutos, 22.7 pontos, 11.7 rebotes e 1.3 bloqueios.[22]

Temporada de 2014-15Editar

Após uma média de 23,5 pontos, 12,6 rebotes e 1,5 bloqueios nos primeiros 15 jogos da temporada, Cousins ​​foi diagnosticado com meningite viral em 7 de dezembro de 2014.[23] Ele perdeu 10 jogos com o vírus e retornou à ação em 18 de dezembro contra o Milwaukee Bucks, registrando 27 pontos e 11 rebotes na derrota por 107-108.[24]

Em 30 de janeiro de 2015, Cousins ​​foi nomeado para substituir o machucado Kobe Bryant no All-Star Game da NBA de 2015. A seleção de Cousins marcou a primeira vez que um jogador dos Kings foi selecionado All-Star desde que Brad Miller e Peja Stojaković representaram Sacramento em 2004.[25]

Em 1º de abril de 2015, Cousins ​​registrou seu segundo triplo-duplo da carreira com 24 pontos, 21 rebotes, 10 assistências, 6 bloqueios e 3 roubadas de bola em uma derrota por 111-115 para o Houston Rockets.[26] Ao fazer isso, ele se tornou o quarto jogador na história da NBA a acumular mais de 20 pontos, mais de 20 rebotes, mais de 10 assistências e mais de 5 bloqueios em um único jogo, juntando-se a Kareem Abdul-Jabbar, Chris Webber e Tim Duncan. No jogo seguinte, em 3 de abril contra o New Orleans Pelicans, Cousins ​​se tornou o primeiro jogador dos Kings a registrar triplos-duplos consecutivos desde que Chris Webber o fez em 2005. Em pouco menos de 42 minutos de ação, ele registrou 24 pontos, 20 rebotes e 13 assistências em uma derrota de 95-101.[27] Ele se tornou um dos únicos três jogadores a ter jogos consecutivos de 20 pontos, 20 rebotes e 10 assistências; os outros são Elgin Baylor e Wilt Chamberlain.

Nessa temporada, ele jogou em 59 jogos e teve médias de 34.1 minutos, 24.1 pontos, 12.7 rebotes e 1.7 bloqueios.[28]

Temporada de 2015-16Editar

Em 28 de outubro de 2015, Cousins ​​registrou 32 pontos e 13 rebotes em uma derrota para o Los Angeles Clippers.[29] Depois de perder quatro jogos com uma lesão no Aquiles entre os dias 3 e 7 de novembro, Cousins ​​voltou à ação em 9 de novembro e registrou 21 pontos e 12 rebotes em uma derrota para o San Antonio Spurs.[30]

Em 16 de novembro, ele foi nomeado Jogador da Semana da Conferência Oeste pelos jogos disputados de 9 de novembro a 15 de novembro. Foi o terceiro prêmio de Jogador da Semana da carreira de Cousins, que levou os Kings a um recorde de 3-1 na semana.[31]

Em 25 de janeiro, ele foi nomeado Jogador da Semana da Conferência Oeste pela segunda vez na temporada.[32] Naquela noite, ele alcançou a marca de 56 pontos em uma derrota por 129-128 após duas prorrogações para o Charlotte Hornets.[33] Seus 56 pontos estabeleceram um recorde da temporada de 2015-16 e quebraram o recorde de mais pontos em um único jogo na história da franquia.

Em 28 de janeiro, ele foi nomeado reserva da Conferência Oeste no All-Star Game da NBA de 2016.[34]

Em 5 de fevereiro, ele teve seu primeiro triplo-duplo da temporada e o quarto de sua carreira com 24 pontos, 10 rebotes e 10 assistências em uma derrota por 128-119 para o Brooklyn Nets.[35] Em 19 de fevereiro, ele registrou 37 pontos, 20 rebotes e quatro bloqueios contra o Denver Nuggets, registrando seu nono duplo-duplo da carreira com mais de 20 pontos e rebotes, quebrando o recorde anterior de Sacramento estabelecido por Webber.[36]

Nessa temporada, ele jogou em 65 jogos e teve médias de 34.6 minutos, 26.9 pontos, 11.5 rebotes e 1.4 bloqueios.[37]

Temporada de 2016-17Editar

Em 31 de outubro, com 14 pontos e 12 rebotes contra o Atlanta Hawks, Cousins ​​se tornou o jogador com mais duplos-duplos dos Kings com 246, superando os 245 de Chris Webber.[38]

Em 20 de dezembro, ele fez 55 pontos em uma vitória de 126–121 sobre o Portland Trail Blazers.[39] Em 18 de janeiro de 2017, ele teve seu quinto triplo-duplo da carreira com 25 pontos, 12 rebotes e 10 assistências em uma derrota de 106-100 para o Indiana Pacers.[40]

Em 30 de janeiro de 2017, ele foi nomeado Jogador da Semana da Conferência Oeste pelos jogos disputados de segunda-feira, 23 de janeiro a domingo, 29 de janeiro.[41]

Em 3 de fevereiro de 2017, Cousins ​​ele registrou seu sexto triplo-duplo da carreira com 22 pontos, 12 rebotes e 12 assistências na derrota de 105-103 para o Phoenix Suns.[42] Quatro dias depois, ele foi suspenso de um jogo por receber sua 16ª falta técnica na temporada de 2016-17. Além disso, Cousins ​​foi multado em US $ 25.000 por fazer uma declaração e um gesto inapropriado depois de deixar a quadra de jogo após a vitória dos Kings por 109-106 sobre o Golden State Warriors.[43]

Em 7 temporadas nos Kings, ele jogou em 470 jogos e teve médias de 31.9 minutos, 21.1 pontos, 10.8 rebotes e 1.2 bloqueios. Ele terminou sua carreira em Sacramento como o 6° jogador com mais rebotes (5.056), 4° com mais roubadas de bolas (661), 4° com mais bloqueios (558) e 6° com mais pontos (9.894).[44]

New Orleans Pelicans (2017-2018)Editar

 
Cousins com o New Orleans Pelicans em 2017

Em 20 de fevereiro de 2017, Cousins e seu companheiro de equipe Omri Casspi foram negociados com o New Orleans Pelicans em troca de Tyreke Evans, Buddy Hield, Langston Galloway e escolhas de draft de primeira e segunda rodada de 2017.[45]

Ele estreou no Pelicans três dias depois, registrando 27 pontos e 14 rebotes em uma derrota por 129-99 para o Houston Rockets.[46] Em 3 de março de 2017, ele registrou 19 pontos e 24 rebotes em uma derrota de 101-98 para o San Antonio Spurs.[47] Seus 23 rebotes empataram o recorde de mais rebotes em um jogo na história da franquia de Tyson Chandler.

Em 26 de outubro de 2017, Cousins ​​registrou 41 pontos e 23 rebotes em uma vitória de 114-106 sobre os Kings em Sacramento.[48] Dois dias depois, ele teve seu primeiro triplo-duplo da temporada com 29 pontos, 12 rebotes e 10 assistências na vitória de 123-101 sobre o Cleveland Cavaliers.[49] Posteriormente, foi nomeado Jogador da Semana da Conferência Oeste pelos jogos de 23 a 29 de outubro.[50]

Em 29 de dezembro de 2017, ele registrou 32 pontos e 20 rebotes em uma derrota de 128-120 para o Dallas Mavericks.[51] Foi o terceiro jogo da temporada com pelo menos 30 pontos e 20 rebotes, tornando-o o primeiro jogador a fazer isso desde Kevin Love na temporada de 2010-11.[52]

Em 22 de janeiro de 2018, Cousins ​​registrou 44 pontos, 24 rebotes e 10 assistências na vitória por 132–128 sobre o Chicago Bulls.[53] Ele se tornou o primeiro jogador da NBA desde Kareem Abdul-Jabbar em 1972, a ter até 40 pontos, 20 rebotes e 10 assistências em um jogo.[54] Foi também apenas o 10º jogo de 40 pontos, 20 rebotes e 10 assistências da história da NBA.[55]

Em 26 de janeiro de 2018, ele registrou 15 pontos, 13 rebotes e 11 assistências antes de machucar o seu Aquiles esquerdo nos segundos finais da vitória por 115-113 sobre o Houston Rockets. Após o jogo, ele foi diagnosticado com uma lesão no tendão de Aquiles esquerdo e, em 31 de janeiro, passou por uma cirurgia que o retirou da temporada.[56][57]

Em 2 temporadas nos Pelicans, ele jogou em 65 jogos e teve médias de 35.6 minutos, 25.0 pontos, 12.7 rebotes e 1.5 bloqueios.

Golden State Warriors (2018-2019)Editar

Depois de não receber nenhuma oferta de contrato, Cousins ​​voltou sua atenção para assinar com uma equipe de elite. Cousins ligou para o gerente geral do Golden State Warriors, Bob Myers, sobre o seu ingresso nos Warriors. Posteriormente, ele assinou um contrato de um ano por US $ 5,3 milhões em 6 de julho de 2018.[58][59]

Em 18 de janeiro de 2019, Cousins ​​estreou nos Warriors marcando 14 pontos em uma derrota por 112-94 sobre o Los Angeles Clippers.[60]

Em 16 de abril, Cousins ​​foi descartado indefinidamente após sofrer uma lesão no quadríceps esquerdo no Jogo 2 da primeira rodada dos playoffs.[61] Ele fez um retorno no Jogo 1 das Finais da NBA de 2019 contra o Toronto Raptors.[62]

Los Angeles Lakers (2019 – Presente)Editar

Em 6 de julho de 2019, ele assinou um contrato de um ano com o Los Angeles Lakers.[63] No entanto, ele rasgou seu Ligamento cruzado anterior em exercícios de pré-temporada em 15 de agosto.[64]

Carreira na seleçãoEditar

 
Cousins com a Seleção Americana em 2014.

Cousins era membro da Seleção Americana que ganhou a medalha de ouro na Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino de 2014.[65] Em 2016, ele ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016.[66]

Vida pessoalEditar

Cousins é filho de Monique e Jessie Cousins.[67] Ele tem quatro irmãs e um irmão, Jaleel, que também é jogador profissional de basquete.

Cousins tem dois filhos. Ele se casou com sua namorada de longa data, Morgan Lang, em Atlanta, em 24 de agosto de 2019.[68]

Em agosto de 2019, Cousins estava envolvido em polêmica quando o TMZ divulgou um vídeo de Cousins supostamente ameaçando matar sua ex-namorada, ele pronunciou as palavras: "Eu vou me certificar de colocar uma bala na sua cabeça".[69] Os Lakers emitiram a seguinte declaração após a controvérsia: "Estamos cientes da alegação envolvendo DeMarcus Cousins e, é claro, levamos a sério essa alegação. Estamos no processo de coleta de informações e reservamos mais comentários neste momento".[70] No dia 29, foi emitido um mandado de prisão contra Cousins por uma acusação de violência doméstica por contravenção e uma acusação de comunicação de assédio de terceiro grau.[71]

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBAEditar

Temporada RegularEditar

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2010–11 Sacramento 81 28.5 .430 .167 .687 8.6 2.5 1.0 .8 14.1
2011–12 Sacramento 64 30.5 .448 .143 .702 11.0 1.6 1.5 1.2 18.1
2012–13 Sacramento 75 30.5 .465 .182 .738 9.9 2.7 1.4 .7 17.1
2013–14 Sacramento 71 32.4 .496 .000 .726 11.7 2.9 1.5 1.3 22.7
2014–15 Sacramento 59 34.1 .467 .250 .782 12.7 3.6 1.5 1.8 24.1
2015–16 Sacramento 65 34.6 .451 .333 .718 11.5 3.3 1.6 1.4 26.9
2016–17 Sacramento 55 34.4 .451 .356 .770 10.6 4.8 1.4 1.3 27.8
2016–17 New Orleans 17 33.8 .452 .375 .777 12.5 3.9 1.5 1.1 24.4
2017–18 New Orleans 48 36.2 .470 .354 .746 12.9 5.4 1.6 1.6 25.2
2018–19 Golden State 30 25.7 .480 .274 .736 8.2 3.6 1.3 1.5 16.3
All-Star 3 10.4 .800 .500 .667 3.7 .3 .3 .0 9.3
Carreira 565 32.0 .461 .332 .737 10.9 3.2 1.4 1.2 21.2

PlayoffsEditar

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2019 Golden State 8 16.6 .396 .250 .640 4.9 2.4 .6 .8 7.6
Carreira 8 16.6 .396 .250 .640 4.9 2.4 .6 .8 7.6

UniversitárioEditar

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2009–10 Kentucky 38 23.5 .558 .167 .604 9.8 1.0 1.0 1.8 15.1

Fonte:[72][73]

Prêmios e homenagensEditar

Referências

  1. «Official NBA bio of DeMarcus Cousins». NBA.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  2. «CatsIllustrated». kentucky.rivals.com. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  3. «Basketball Recruiting - Late addition gives Texas class a boost». basketballrecruiting.rivals.com. 8 de setembro de 2009. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  4. «College Basketball Recruiting Schools - ESPN». ESPN.com. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  5. And, Al Com (29 de fevereiro de 2008). «Top basketball prospect DeMarcus Cousins commits to UAB». al (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  6. «DeMarcus Cousins College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  7. «2010 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  8. «Cousins' rookie deal includes two Kings options». ESPN.com (em inglês). 7 de julho de 2010. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  9. «DeMarcus Cousins 2010-11 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  10. Amick, Sam (1 de janeiro de 2012). «Westphal: "...unwilling/unable to embrace traveling in the same direction as his team, it cannot be ignored indefinitely."». @sam_amick (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  11. «NBA's slow-starting Kings fire coach Westphal». ESPN.com (em inglês). 5 de janeiro de 2012. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  12. «DeMarcus Cousins 2011-12 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  13. Helin, Kurt (13 de novembro de 2012). «Players union appeals DeMarcus Cousins suspension». ProBasketballTalk (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  14. «DeMarcus Cousins got a confusing suspension for confronting Spurs commentator Sean Elliott». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  15. Pollakoff, Brett (23 de março de 2014). «DeMarcus Cousins delivers unexpected apology to Spurs broadcaster Sean Elliott for last season's incident». ProBasketballTalk (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  16. «Kings suspend Cousins indefinitely for conduct». ESPN.com (em inglês). 22 de dezembro de 2012. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  17. «Cousins' indefinite ban by Kings lasts 1 game». ESPN.com (em inglês). 24 de dezembro de 2012. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  18. «DeMarcus Cousins 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  19. «Cousins officially signs extension with Kings». ESPN.com (em inglês). 30 de setembro de 2013. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  20. «Kings sign DeMarcus Cousins to 4-year extension». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  21. «Denver Nuggets at Sacramento Kings Box Score, October 30, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  22. «DeMarcus Cousins 2013-14 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  23. «Hospitalized Cousins battling viral meningitis». ESPN.com (em inglês). 7 de dezembro de 2014. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  24. «Milwaukee Bucks at Sacramento Kings Box Score, December 18, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  25. «DeMarcus Cousins Named to 2015 NBA All-Star Team». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  26. «Sacramento Kings at Houston Rockets Box Score, April 1, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  27. «New Orleans Pelicans at Sacramento Kings Box Score, April 3, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  28. «DeMarcus Cousins 2014-15 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  29. «Los Angeles Clippers at Sacramento Kings Box Score, October 28, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  30. «San Antonio Spurs at Sacramento Kings Box Score, November 9, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  31. «Cousins Named Western Conference Player of the Week». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  32. «Cousins Named Western Conference Player of the Week». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  33. «Charlotte Hornets at Sacramento Kings Box Score, January 25, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  34. «DeMarcus Cousins Named to 2016 NBA Western Conference All-Star Team». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  35. «Sacramento Kings at Brooklyn Nets Box Score, February 5, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  36. «Denver Nuggets at Sacramento Kings Box Score, February 19, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  37. «DeMarcus Cousins 2015-16 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  38. «Sacramento Kings at Atlanta Hawks Box Score, October 31, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  39. «Portland Trail Blazers at Sacramento Kings Box Score, December 20, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  40. «Indiana Pacers at Sacramento Kings Box Score, January 18, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  41. release, Official. «Dion Waiters, DeMarcus Cousins named NBA Players of the Week». NBA.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  42. «Phoenix Suns at Sacramento Kings Box Score, February 3, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  43. release, Official. «Kings' Cousins suspended one game for 16th technical foul». NBA.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  44. «Sacramento Kings Career Leaders». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  45. «Pelicans Acquire DeMarcus Cousins and Omri Casspi». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  46. «Houston Rockets at New Orleans Pelicans Box Score, February 23, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  47. «San Antonio Spurs at New Orleans Pelicans Box Score, March 3, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  48. «New Orleans Pelicans at Sacramento Kings Box Score, October 26, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  49. «Cleveland Cavaliers at New Orleans Pelicans Box Score, October 28, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  50. «Pelicans forward DeMarcus Cousins named Western Conference Player of the Week». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  51. «Dallas Mavericks at New Orleans Pelicans Box Score, December 29, 2017». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  52. «Knicks vs. Pelicans - Game Recap - December 30, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  53. «Chicago Bulls at New Orleans Pelicans Box Score, January 22, 2018». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  54. «Bulls vs. Pelicans - Game Recap - January 22, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  55. SportsCenter (22 de janeiro de 2018). «DeMarcus Cousins just put up the 10th 40-point, 20-rebound, 10-assist game in NBA history.pic.twitter.com/MSyDXlvjD4». @SportsCenter (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  56. «Pels' Cousins ruptures Achilles, out for season». ESPN.com (em inglês). 27 de janeiro de 2018. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  57. «DeMarcus Cousins Medical Update». New Orleans Pelicans (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  58. «DeMarcus Cousins: 'It Was Very Insulting to Not Receive an Offer'». SLAM (em inglês). 18 de outubro de 2018. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  59. «Warriors Sign Free Agent Center DeMarcus Cousins». Golden State Warriors (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  60. «Golden State Warriors at Los Angeles Clippers Box Score, January 18, 2019». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  61. Press, Janie McCauley | The Associated. «Warriors' Cousins has torn left quadriceps». NBA.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  62. «Warriors vs. Raptors - Game Recap - May 30, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  63. «Lakers agree with Cousins, bring back Rondo». ESPN.com (em inglês). 6 de julho de 2019. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  64. reports, From NBA Twitter and media. «DeMarcus Cousins out indefinitely with torn ACL». NBA.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  65. «FIBA Basketball World Cup 2014». FIBA.basketball (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  66. Amick, Sam. «Kevin Durant, USA blow out Serbia to win Olympic gold». USA TODAY (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  67. «DeMarcus Cousins». www.usab.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  68. «DeMarcus Cousins Is Married! Lakers Star Weds Longtime Love Morgan Lang in Atlanta Wedding». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  69. «DeMarcus Cousins Audio Allegedly Threatening to Shoot Baby Mama Before Wedding». TMZ (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  70. Youngmisuk, Ohm (2019T11:43). «Lakers' statement on the @TMZ_Sports report on DeMarcus Cousins: "We are aware of the allegation involving DeMarcus Cousins and, of course, take this claim seriously. We are in the process of gathering information and will reserve further comment at this time."». @NotoriousOHM (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  71. «DeMarcus Cousins sought on arrest warrant for domestic violence charge». amp.usatoday.com. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  72. «DeMarcus Cousins Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 
  73. «DeMarcus Cousins College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2019 

Ligações externasEditar