Desmundo

filme de 2002 dirigido por Alain Fresnot

Desmundo é um filme de drama brasileiro de 2002, dirigido por Alain Fresnot. Conta com roteiro de Alain Fresnot, Sabina Anzuategui e Anna Muylaert, baseado no livro de Ana Miranda.

Desmundo
Pôster de lançamento do filme
 Brasil
2002 •  cor •  101 min 
Direção Alain Fresnot
Roteiro Alain Fresnot
Sabina Anzuategui
Anna Muylaert
Baseado em Desmundo de Ana Miranda
Elenco Simone Spoladore
Osmar Prado
Caco Ciocler
Gênero drama
Música John Neschling
Cinematografia Pedro Farkas
Edição Junior Carone
Alain Fresnot
Mayalu Oliveira
Companhia(s) produtora(s) A.F. Cinema e Vídeo
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Brasil 5 de outubro de 2002 (Festival do Rio)
Brasil 30 de maio de 2003
Idioma galego-português
Orçamento R$ 4,5 milhões[1]
Receita R$ 692,921[2]

SinopseEditar

O filme é ambientado em 1570, época em que os portugueses enviavam órfãs ao Brasil para que casassem com os colonizadores. A tentativa era minimizar o nascimento dos filhos com as índias e que os portugueses tivessem casamentos brancos e cristãos. Essas órfãs viviam em conventos e muitas delas desejavam ser religiosas. Oribela, uma dessas jovens, é obrigada a casar com Francisco de Albuquerque.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Para ser mais fiel ao período em que o filme é ambientado, o diretor do filme decidiu que, além de usar roupas, móveis e figurinos de época, os personagens também falariam galego-português, a forma arcaica da língua portuguesa. Ele afirmou que foi uma "decisão muito difícil", mas achou que seria superficial usar uma linguagem moderna e coloquial em um filme histórico. Assim, o filme tem legendas em português contemporâneo para facilitar a compreensão do público.[3] As filmagens foram realizadas em Ubatuba, São Paulo.[4]

Principais prêmios e indicaçõesEditar

Grande Prêmio BR do Cinema Brasileiro 2004 (Brasil)

  • Recebeu prêmios nas categorias de Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Melhor Direção de Arte.
  • Indicado nas categorias de Melhor Atriz (Simone Spoladore), Melhor Ator Coadjuvante (Caco Ciocler) e Melhor Atriz Coadjuvante (Beatriz Segall).

Festival de Cinema Brasileiro de Paris (França)

  • Recebeu o prêmio de Melhor Filme.

Festival de Brasília 2002 (Brasil)

  • Venceu nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Atriz Coadjuvante (Berta Zemel).

Prêmio ABC de Cinematografia 2004 (Brasil)

  • Recebeu prêmios nas categorias de Melhor Direção de Arte e Melhor Fotografia de Longa-metragem.

Troféu APCA 2004 (Brasil)

  • Venceu na categoria de Melhor Atriz (Simone Spoladore).

FesTroia - Festival Internacional de Cinema de Troia 2003 (Portugal)

  • Venceu na categoria de Melhor Fotografia.
  • Indicado ao Troféu Golfinho de Ouro

Referências

  1. Veras, Luciana (27 de novembro de 2002). «Produções de baixo custo dão tom a festival». Diário de Pernambuco. Consultado em 23 de julho de 2021. Arquivado do original em 25 de maio de 2014 
  2. «Filmes Brasileiros Lançados - 1995 a 2013» (PDF). Ancine: 32. Consultado em 23 de julho de 2021. Arquivado do original (PDF) em 16 de junho de 2014 
  3. «"Desmundo": Filme reconstitui Brasil do século 16 com saga pessoal». Folha de S.Paulo. 25 de outubro de 2002. Consultado em 23 de julho de 2021 
  4. «Bate-papo com Alain Fresnot, diretor do filme "Desmundo"». UOL. 23 de maio de 2003. Consultado em 22 de julho de 2021. Arquivado do original em 16 de junho de 2014 

Ligações externasEditar

  A Wikipédia tem o