Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Diocese de Barra do Garças
Barragartiensis
Localização
País Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Cuiabá
Estatísticas
População 145 549 (IBGE 2000)
Área 59 840 km²
Informação
Rito Romano
Criação 27 de fevereiro de 1982
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Guia
Governo da diocese
Bispo Protógenes José Luft
Jurisdição Diocese
Página oficial Página da diocese
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Barra do Garças (Dioecesis Barragartiensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica Apostólica Romana no Brasil, pertencente à Província Eclesiástica de Cuiabá e ao Conselho Episcopal Regional Oeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, sendo sufragânea da Arquidiocese de Cuiabá. A sé episcopal está na Catedral Nossa Senhora da Guia, na cidade de Barra do Garças, no estado do Mato Grosso.

HistóricoEditar

A diocese de Barra do Garças foi criada pelo Papa João Paulo II, por meio da Constituição Apostólica Barragartiensis[1][2], de 27 de fevereiro de 1982, a partir de território desmembrado da Diocese de Guiratinga [3].

DemografiaEditar

A diocese de Barra do Garças tem uma área 64.236 km² e uma população de 155.000 habitantes, sendo aproximadamente 124.000 católicos.

Possui 18 paróquias e 23 sacerdotes diocesanos

Desde o dia 25 de junho de 2014 os municípios que constituem a nova Circunscrição eclesiástica são 13: Água Boa, Araguaiana, Araguainha, Barra do Garças, Canarana, Cocalinho, General Carneiro, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Pontal do Araguaia, Ponte Branca, Ribeirãozinho e Torixoréu.[4]

BisposEditar

Nome Período Notas
Bispos
Dom Protógenes José Luft, SdC 2001- Atual
Dom Antônio Sarto, SDB 1982-2001 Bispo Emérito


Referências

  1. Ioannes Paulus II (1982). «Constitutio Apostolica Barragartiensis». Roma. Acta Apostolicae Sedis (em latim). 74 (8): 817-819 
  2. Ioannes Paulus II (27 de fevereiro de 1982). «Constitutio Apostolica Barragartiensis» (em latim). Consultado em 12 de fevereiro de 2013 
  3. Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (2009). Anuário Católico do Brasil. 2009/2010 12 ed. Brasília: CERIS; CNBB; CRB. p. 939-940. 1424 páginas 
  4. Radio Vaticana. «Chiesa Brasile. Papa ristruttura Provincia di Cuiabá» (em italiano). Consultado em 25 de junho de 2014 

Ligações externasEditar