Abrir menu principal

Elías Jaua Milano

político venezuelano
(Redirecionado de Elías Jaua)
Elías Jaua
24.° Vice-presidente da Venezuela Venezuela
Período 27 de janeiro de 2010
até 10 de outubro de 2012
Presidente Hugo Chávez
Antecessor Ramón Carrizales
Sucessor Nicolás Maduro
Ministro das Relações Exteriores da Venezuela Venezuela
Período 15 de janeiro de 2013
até a atualidade[1]
Presidentes Hugo Chávez
Nicolás Maduro
Antecessor Nicolás Maduro
Ministro da Agricultura e Terras da Venezuela Venezuela
Período 24 de Fevereiro de 2006 até 22 de Junho de 2010
29 de Janeiro de 2012 até 10 de outubro de 2012
Antecessor Antonio Albarrán
Juan Carlos Loyo
Sucessor Juan Carlos Loyo
2º Juan Carlos Loyo
Ministro para a Economia Popular da Venezuela Venezuela
Período 12 de Setembro de 2003
até 2006
Sucessor Oly Millán
Ministro da Secretaria da Presidência da Venezuela Venezuela
Período Outubro de 2000
até Maio de 2001
Antecessor Juan Carlos Loyo
Sucessor Juan Carlos Loyo
Dados pessoais
Nome completo Elías Jaua Milano
Nascimento 17 de dezembro de 1969 (49 anos)
Caucagua, Miranda, Venezuela
Nacionalidade Venezuela Venezuelano
Cônjuge Natacha Castillo de Jaua
Partido PSUV
Religião Católico
Profissão Sociólogo, Professor e Político

Elías José Jaua Milano (Caucagua, 17 de dezembro de 1969) é um político, sociólogo e ex-professor universitário venezuelano, que ocupou diversos cargos na administração de Hugo Chávez e foi o primeiro vice-presidente da República Bolivariana da Venezuela,[2] ocupando essa posição desde 27 de janeiro de 2010,[2] além de ser vice-presidente "sectorial"[2] encarregado dos temas econômicos e produtivos do país e Ministro do Poder Popular para la Agricultura e Terras.[2]

Sociólogo egresso da Universidad Central de Venezuela, em 1996 se uniu a Hugo Chávez e participou da criação de seu partido, o Movimento Quinta República, atual PSUV (Partido Socialista Unido da Venezuela), sendo um dos co-redatores da Constituição da Venezuela de 1999 ao ser eleito como constituinte. Serviu como segundo vice-presidente da Comissão Legislativa Nacional (conhecida como Congresillo) em 2000,[3] e membro do Comando Tático Nacional do Partido esquerdista MVR, foi designado ministro da Secretaria da Presidência[3] em outubro de 2000, cargo em que se manteve até maio de 2001.

Em julho de 2003 o presidente Chávez nomeou-o presidente do Fundo Intergovernamental para a Descentralização (FIDES).[3] Posteriormente, serviu como Ministro da Economía Popular, até em 24 de fevereiro de 2006, ser nomeado ministro da Agricultura e Terras e, finalmente, em janeiro de 2010, vice-presidente executivo.

Em 29 de janeiro de 2012 foi nomeado novamente Ministro da Agricultura e Tierras, conservando o cargo de Vice-presidente Executivo. Foi candidato pelo PSUV a Governador de Miranda,[4] Em janeiro de 2013, sob o governo de Hugo Chávez foi nomeado ministro das Relações Exteriores, substituindo Nicolás Maduro, que manteve a vice-presidente após a morte de Chávez foi confirmado no cargo por Maduro.[5]

Referências

  1. «El presidente nombró a Elías Jaua Ministro de Exteriores": Nicolás Maduro». 15 de janeiro de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 27 de abril de 2013 
  2. a b c d «Chávez nomeia novo vice-presidente na Venezuela». Estadão. 27 de janeiro de 2010. Consultado em 14 de janeiro de 2018 
  3. a b c «Elías Jaua Milano». Veneconomía. Consultado em 14 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 20 de fevereiro de 2010 
  4. «Chávez designa a Jaua como nuevo ministro de Agricultura y Tierras». El Mundo. 1 de dezembro de 2017. Consultado em 14 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 
  5. «Elías Jaua nuevo ministro de Relaciones Exteriores». Últimas Noticias. 16 de janeiro de 2013. Consultado em 14 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 20 de outubro de 2013 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.