Embaixada da Suíça em Brasília

A Embaixada da Suíça em Brasília é a principal representação diplomática suíça no Brasil. O atual embaixador é Andrea Semadeni.[1][2]

Embaixada da Suíça em Brasília
Suíça
Suíça
Brasil
Brasil
Localização
Endereço SES 811, Lote 41, Avenida das Nações, Setor de Embaixadas Sul - Asa Sul, Brasília, DF 70448-900 Brasil
Coordenadas 15° 49′ 50,9″ S, 47° 53′ 52,2″ O
Responsável
Embaixador Andrea Semadeni
No cargo desde julho de 2020
Embaixada do Brasil em Berna • Lista de embaixadores • Página oficial

Está localizada na Avenida das Nações, na quadra SES 811, Lote 41, no Setor de Embaixadas Sul, na Asa Sul. Além da embaixada, os suiços contam no Brasil com mais dois consulados-gerais no Rio de Janeiro e em São Paulo e mais oito consulados honorários.

HistóriaEditar

 
Nova Friburgo em 1972. A cidade é conhecida como "A Suíça Brasileira" por ter sido fundada por imigrantes suíços.

O primeiro primeiro consulado da Suíça na América do Sul foi aberto no Rio de Janeiro em 1819, antes mesmo da independência brasileira. Os imigrantes suíços estiveram entre os primeiros migrantes europeus no Brasil, fundando cidades como Nova Friburgo. Devido a migração, a Suíça criou uma missão diplomática em 1907 no país.[3]

Assim como outros países, a Suíça recebeu de graça um terreno no Setor de Embaixadas Sul na época da construção de Brasília, medida que visava a instalação mais rápida das representações estrangeiras na nova capital. Pouco antes, em 1958, a representação suíça no Brasil foi elevado a categoria de embaixada. A embaixada foi transferida para Brasília em 1972.[4][5][6]

A Embaixada da Suíça em Brasília foi projetada pela equipe de Hans e Annemarie Hubacher. De dimensões modestas se comparadas a de outros países, segue a tendência da época de sua construção, seguindo os preceitos da arquitetura brutalista dos anos 1970. Outro destaque é a qualidade de construção e acabamentos. O complexo foi concluído em 1977.[7]

ServiçosEditar

A embaixada realiza os serviços protocolares das representações estrangeiras, como o auxílio aos suíços que moram no Brasil e aos visitantes vindos da Suíça e também para os brasileiros que desejam visitar ou se mudar para o país europeu - cerca de 40 mil brasileiros vivem na Suíça atualmente.[8] Além da embaixada de Brasília, que também conta com serviços consulares, a Suíça conta com mais dois consulados gerais no Rio de Janeiro e em São Paulo e mais oito consulados honorários em Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Florianópolis, Manaus, Porto Alegre, Recife e Salvador.[9][10]

Outras ações que passam pela embaixada são as relações diplomáticas com o governo brasileiro nas áreas política, econômica, cultural e científica. A embaixada realiza eventos culturais e com outros países francófonos e germanófonos. Os países são parceiros nas áreas de ciência, tecnologia e inovação. O comércio entre os países fica perto de 4,5 bilhões de dólares, e cerca de 350 empresas suíças operam no Brasil, incluindo grandes conglomerados como a Nestlé. Muitas empresas brasileiras escolheram a Suíça para sediar suas divisões europeias.[6][11][12][13]

ReferênciasEditar

  1. «Mensagem de boas vindas». Embaixada Suíça em Brasíla. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  2. Vasconcelos, Tiago (28 de janeiro de 2020). «Irritado com ruído, embaixador suíço no Brasil diz que 'não há leis neste País'». Diário do Poder. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  3. Nicoulin, Martin (1998). A gênese de Nova Friburgo. Rio de Janeiro: [s.n.] ISBN 978-8533300651 
  4. «Embaixadas: um capítulo importante na construção de Brasília». Agência Brasília. 26 de dezembro de 2019. Consultado em 28 de julho de 2020 
  5. «Suíça em Brasília». Embaixadas.net. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  6. a b «Confederação Suíça». Ministério das Relações Exteriores. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  7. Ficher, Sylvia (9 de agosto de 2014). «Conexões internacionais: arquiteturas estrangeiras em Brasília / Sylvia Ficher e Paulo Roberto Alves dos Santos». ArchDaily Brasil. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  8. «Suíça». Portal Consular - Itamaraty. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  9. «Embaixadas e Consulados estrangeiros no Brasil». Ministério das Relações Exteriores. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  10. «Representações Diplomáticas». Suíços do Brasil. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  11. «O Que Fazemos». swissnex Brazil. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  12. «Festival da Francofonia começa na próxima semana em Brasília». Correio Braziliense. 6 de março de 2020. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  13. Rusky, Renata (15 de setembro de 2019). «Conheça o mundo através da programação das embaixadas de Brasília». Correio Braziliense. Consultado em 7 de setembro de 2020 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar