Abrir menu principal

Wikipédia β

Envenenamento por cerveja em Moçambique

Em 11 de janeiro de 2015, as autoridades de Moçambique informaram que 69 pessoas morreram e quase 200 foram hospitalizadas após beberem cerveja contaminada em um funeral na localidade de Chitina, província de Tete, dois dias antes.[1] De acordo com autoridades locais, todas as pessoas afetadas tinham consumido a cerveja local, o pombe, que provavelmente estava envenenada com bile de crocodilo. No entanto, um artigo da revista Forbes se opôs a esta hipótese e aponta para a planta dedaleira (Digitalis purpurea) como a fonte provável fonte do veneno.[2] O governo local disse que as pessoas que consumiram a cerveja se queixaram de dores musculares e diarreia. Amostras de cerveja e sangue foram enviadas para a capital do país, Maputo, para análises laboratoriais.[3][4][5]

Envenenamento em Chitima
Mozambique location map.svg
ChitimaChitima
Local Tete,  Moçambique
Número de mortos 73 (200 enfermos)
Data 11 de Janeiro de 2015

Até 14 de janeiro, o número total vítimas era 73.[2]

Referências

  1. Exame, ed. (12 de janeiro de 2015). «Consumo de cerveja caseira contaminada mata 69 em Moçambique». Consultado em 16 de janeiro de 2015. 
  2. a b Kroll, David (12 de janeiro de 2015). «Did Crocodile Bile In Beer Really Kill 69 People In Mozambique?». Forbes. Consultado em 13 de janeiro de 2015. 
  3. «'Crocodile poison' beer kills nearly 70 at funeral in Mozambique». rt.com. Reuters. 12 de janeiro de 2015. Consultado em 12 de janeiro de 2015. 
  4. «At least 69 die after drinking contaminated beer at Mozambique funeral». The Guardian. Associated Press. 12 de janeiro de 2015. Consultado em 12 de janeiro de 2015. 
  5. Camillo, Emmanuel (12 de janeiro de 2015). «At Least 52 Dead After Drinking Poisoned Beer In Mozambique». The Huffington Post. Associated Press. Consultado em 12 de janeiro de 2015. 
  Este artigo sobre Moçambique é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.