Galhada

(Redirecionado de Esgalho)

Esgalhos, galhadas ou hastes são extensões do crânio de um animal encontrado em 36 dos 40 membros da família dos cervos.[1] Galhadas são ossos verdadeiros e são uma única estrutura. Geralmente, elas são encontradas apenas em machos, com exceção da rena. Galhadas caem e crescem novamente todo ano e funcionam primariamente como objetos de atração sexual e como armas em lutas entre machos para o controle de haréns.[2][3]

Um macho de Cariacu.

Em contraste, chifres (ou cornos), encontrados em antilocapras e bovídeos como ovelhas, bodes, bisões e gado, são estruturas com duas partes. Uma parte interior feita de osso (também uma extensão do crânio) é coberta por um revestimento exterior desenvolvida por folículos capilares especializados, o mesmo material que unhas humanas. Chifres nunca caem e continuam a crescer durante toda a vida do animal. A exceção à essa regra é a antilocapra, cujo revestimento do chifre cai e cresce novamente todo ano. Eles normalmente crescem em pares simétricos.[carece de fontes?]

Ver tambémEditar


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons
  Categoria no Commons

ReferênciasEditar

  1. Lincoln, G. A. (1992). «Biology of antlers». Journal of Zoology (em inglês) (3): 517–528. ISSN 1469-7998. doi:10.1111/j.1469-7998.1992.tb07495.x. Consultado em 9 de setembro de 2021 
  2. Infopédia. «veado - Infopédia». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 9 de setembro de 2021 
  3. Clutton-Brock, T. H. (1 de janeiro de 1982). «The Functions of Antlers». Behaviour (em inglês) (2-4): 108–124. ISSN 0005-7959. doi:10.1163/156853982X00201. Consultado em 9 de setembro de 2021 
  Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.