Abrir menu principal
Esquerda Basca
Euskadiko Ezkerra
Fundação 1977
Dissolução 1993
Ideologia 1977-1982:
Comunismo
Marxismo-leninismo
Socialismo Abertzale
Independentismo basco
1982-1988:
Eurocomunismo
Socialismo democrático
Nacionalismo basco
1988-1993:
Social-democracia
Basquismo
Espectro político 1977-1982:
Extrema-esquerda
1982-1988:
Esquerda
1988-1993:
Centro-esquerda
Sucessor Partido Socialista do País Basco - Esquerda Basca
Grupo no Parlamento Europeu 1986-1987:
Arco-Irís[1]
1989-1993:
Verdes[1]
Cores Verde, Preto e Branco

A Esquerda Basca (em basco: Euskadiko Ezkerra, EE) foi um partido político do País Basco.

O partido foi fundado em 1977, através de uma coligação de diversos partidos e movimentos (o EIA - Euskal Iraultzarako Alderdia/Partido da Revolução Basca, ligado à ETA político-militar; o MC - Movimento Comunista; e o Euskal Komunistak), que pretendiam a restauração do estatuto autonómico basco e o direito à auto-determinação[2][3]. Em 1978, o partido foi legalizado pelo Ministério do Interior Espanhol[4]

Importa realçar que, em 1982, o partido integrou vários ex-militantes da ETA, após estes terem renunciado à luta armada.

Ideologicamente, EE começou como um partido de ideologia comunista e marxista-leninista, defendendo a independência basca[5][6], mas, a partir de 1982, o partido começou a seguir o eurocomunismo[7], e, finalmente, em 1988, o partido decidiu aceitar a constituição espanhola e afastar-se do marxismo, tornando-se social-democrata[8].

Em 1993, o partido decidiu fundir-se com a secção basca do PSOE, dando origem ao Partido Socialista do País Basco - Esquerda Basca[9].

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativas de EspanhaEditar

Resultados referentes ao País BascoEditar

Data Votos % Deputados +/- Status
1977 61 417 6,1 (#5)
1 / 21
Oposição
1979 80 098 8,0 (#5)
1 / 21
= Oposição
1982 91 927 7,7 (#5)
1 / 21
= Oposição
1986 99 408 9,1 (#5)
2 / 21
 1 Oposição
1989 97 289 8,8 (#6)
2 / 21
= Oposição

Eleições regionais do País BascoEditar

Data Votos % Deputados +/- Status
1980 89 953 9,8 (#4)
6 / 60
Oposição
1984 85 671 8,0 (#5)
6 / 75
= Oposição
1986 124 423 10,9 (#5)
9 / 75
 3 Oposição
1990 79 105 7,8 (#6)
6 / 75
 3 Oposição

Referências

  1. a b Boissieu, Laurent de. «Élections européennes Espagne». Europe Politique (em francês). Consultado em 3 de setembro de 2016 
  2. País, Ediciones El (18 de março de 1977). «Euskal Komunistak acudirá a las elecciones». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  3. País, Ediciones El (1 de outubro de 1977). «Nacionalistas vascos de izquierda buscan un frente común para las municipales». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  4. País, Ediciones El (24 de novembro de 1978). «Euskadiko Ezkerra, legalizada como partido político». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  5. «Edición del martes, 23 marzo 1982, página 12 - Hemeroteca - Lavanguardia.es». hemeroteca.lavanguardia.com. Consultado em 13 de janeiro de 2016  line feed character character in |título= at position 48 (ajuda)
  6. País, Ediciones El (21 de março de 1982). «El congreso de Euskadiko Ezkerra define a este partido como "socialista abertzale"». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  7. «ABC (Madrid) - 19/12/1982, p. 38 - ABC.es Hemeroteca». hemeroteca.abc.es. Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  8. País, Ediciones El (11 de dezembro de 1988). «Un sector de Euskadiko Ezkerra protesta por el apoyo del partido a la Constitución». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016 
  9. País, Ediciones El (22 de fevereiro de 1993). «318 afiliados de Euskadiko Ezkerra aprueban la fusión con el PSE-PSOE». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 13 de janeiro de 2016